conecte-se conosco


Tecnologia

Claro vence de novo em testes de velocidade no 4G; confira o ranking

Publicados

em

Claro tem a internet mais rápida do Brasil
Divulgação

Claro tem a internet mais rápida do Brasil

O novo relatório referente ao segundo trimestre de 2022 da Ookla Speedtest revelou que a Claro é, mais uma vez, a operadora com a maior velocidade de download na internet móvel 4G no Brasil. Além disso, também é a empresa que oferece a melhor consistência. Enquanto isso, a TIM liderou com a menor latência de rede, ou ping.

No quadro geral, a velocidade média de download no Brasil foi de 22,77 Mb/s no período analisado, enquanto a de upload foi de 8.35 Mb/s, com uma latência de 28 ms no país. Isso coloca o Brasil na 80ª posição no ranking global de internet móvel.

A nova avaliação foi positiva para o Brasil, que subiu duas posições em relação ao relatório do trimestre anterior deste ano. A velocidade média de download registrada no primeiro trimestre do ano foi de 22,3 Mb/s e a de upload foi de 7,7 Mb/s. No entanto, o país já esteve no 76º lugar do ranking global no terceiro trimestre de 2021, com um download médio de 33,9 MB/s.

Veja Também:  Com Elon Musk no páreo, internet via satélite deve crescer no Brasil

Claro lidera em velocidade de download com folga

A análise da Ookla Speedtest levou em consideração as velocidades médias de download, consistência e ping das quatro principais operadoras móveis do Brasil: Vivo, Claro, TIM e Oi. A Claro assumiu a liderança na velocidade de download e consistência, enquanto a TIM apresentou a menor latência de rede. A Oi ficou em último lugar em todos os quesitos.

Na velocidade de download, a Claro conquistou novamente o primeiro lugar com 31,93 Mb/s, enquanto a Vivo e a TIM quase empataram na categoria, respectivamente com 20,76 Mb/s e 19,44 Mb/s. A Oi, que deve deixar de existir em breve, ficou em último lugar, com 12,67 Mb/s. Confira o ranking:

Operadora Velocidade média de download
1º lugar: Claro 31,93 Mb/s
2º lugar: Vivo 20,76 Mb/s
3º lugar: TIM 19,44 Mb/s
4º lugar: Oi 12,67 Mb/s

O relatório também considerou a consistência da experiência de uso das redes móveis. Isso equivale à porcentagem de testes que alcançaram download mínimo de 5 Mb/s e pelo menos 1 Mb/s de upload. Nesse ranking, a Claro também lidera, seguida pela Vivo no segundo lugar.

Veja Também:  EUA tornam Kaspersky a primeira empresa russa na lista de proibidas
Operadora Índice de consistência
1º lugar: Claro 84.2%
2º lugar: Vivo 78.6%
3º lugar: TIM 78.1%
4º lugar: Oi 65.6%

Quanto à latência (ping), a TIM assumiu o pódio no segundo trimestre de 2022. Isso significa que a taxa de resposta da internet móvel oferecida pela operadora é a mais rápida.

Operadora Ping médio
1º lugar: TIM 25 ms
2º lugar: Claro 27 ms
3º lugar: Vivo 28 ms
4º lugar: Oi 33 ms

Brasília é a capital com o melhor 4G

O estudo também listou as dez capitais do Brasil com os melhores indicadores gerais de internet móvel. Nesse ranking, Brasília liderou com uma velocidade de download média de 29,45 Mb/s, seguida por Curitiba e São Paulo. Manaus ficou em último lugar.

Cidade Download Upload Ping médio
1° lugar: Brasília 29,45 Mb/s 11,36 Mb/s 20 ms
2° lugar: Curitiba 28,50 Mb/s 9,36 Mb/s 23 ms
3° lugar: São Paulo 26,87 Mb/s 9,51 Mb/s 24 ms
4° lugar: Belo Horizonte 25,44 Mb/s 9,66 Mb/s 25 ms
5° lugar: Rio de Janeiro 24,64 Mb/s 9,20 Mb/s 23 ms
6° lugar: Salvador 24,52 Mb/s 9,54 Mb/s 22 ms
7° lugar: Fortaleza 21,88 Mb/s 9,58 Mb/s 20 ms
8° lugar: Recife 21,76 Mb/s 9,38 Mb/s 29 ms
9° lugar: Goiânia 21,28 Mb/s 9,22 Mb/s 36 ms
10° lugar: Manaus 19,00 Mb/s 8,76 Mb/s 21 ms

Fonte: IG TECNOLOGIA

Comentários Facebook
Propaganda

Tecnologia

WhatsApp: promoção falsa promete 5 mil passagens aéreas de graça

Publicados

em

Golpe circula no WhatsApp
Unsplash/Mourizal Zativa

Golpe circula no WhatsApp

Mais um golpe circula no WhatsApp, desta vez prometendo passagens aéreas gratuitas da companhia Iberia. Na mensagem, golpistas prometem até 5 mil passagens de idade e volta para a Europa.

Segundo a empresa de cibersegurança ESET, o objetivo dos criminosos é fazer com que os usuários instalem um aplicativo que exibe publicidade no celular, além de roubar dados pessoais. A própria Iberia confirmou que a promoção é falsa.

O link enviado junto à mensagem da suposta promoção leva o usuário a um site que imita o da Iberia, mas é falso – ele apresenta comentários falsos de clientes dizendo que a promoção funcionou, a fim de fazer mais pessoas caírem na fraude. O golpe funciona da seguinte forma:

  • Ao clicar, o site pede que a vítima preencha um formulário, etapa que pode ser usada pelos cibercriminosos para roubar dados pessoais;

  • Depois das perguntas, o site mostra um jogo com várias caixas na qual o usuário deve escolher a premiada. Não importa a escolha: o site informará que a vítima ganhou as passagens aéres;

  • Em seguida, o site exige que o usuário compartilhe a suposta promoção no WhatsApp para receber o prêmio, o que faz com que a fraude se dissemine;

  • Por fim, o usuário é redirecionado para um site que informa que o smartphone está lento. Então, a vítima é redirecionada à loja de aplicativos para baixar um app que teoricamente otimizaria o desemprenho do celular. Na verdade, o aplicativo exibe anúncios constantemente, mesmo quando está fechado.

Veja Também:  Google promete diminuir rastreamento de dados; veja o que vai mudar

“Embora uma das práticas de segurança mais recomendadas para usuários de celular seja baixar aplicativos de lojas oficiais, como o Google Play ou a App Store, como já vimos repetidamente, isso não é suficiente. É verdade que o Google aplica filtros de segurança para impedir que aplicativos maliciosos cheguem à loja – algo que garante maior segurança em comparação com sites desconhecidos -, mas os cibercriminosos, ainda assim, conseguem colocar seus aplicativos em lojas oficiais. Aplicativos que prometem limpar ou melhorar o desempenho do telefone geralmente são usados para distribuir publicidade invasiva nos computadores dos usuários e, dessa forma, as operadoras monetizam esses golpes”, explica Camilo Gutiérrez Amaya, Chefe do Laboratório de Pesquisa da ESET.

Para evitar cair neste tipo de golpe, sempre desconfie de promoções boas demais. Na dúvida, procure pela oferta no site oficial da empresa pela qual o golpista se passa (neste caso, a Iberia) e confira os links recebidos antes de clicar – neste caso, a URL nada tem a ver com o site oficial da companhia aérea.

Veja Também:  Como a Starlink, de Elon Musk, está ajudando drones da Ucrânia

Fonte: IG TECNOLOGIA

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Google TV se prepara para adicionar mais canais ao vivo gratuitos

Publicados

em

Google TV vai lançar 50 canais
Unsplash/Kai Wenzel

Google TV vai lançar 50 canais

O Google TV deve implementar em breve 50 novos canais ao vivo gratuitos. A expectativa é de que eles sejam suportados por anúncios e veiculados ao próprio aplicativo, o que poderia excluir a necessidade de uso de serviços concorrentes, como o Pluto TV. A informação foi encontrada em um código recente da plataforma.

Divulgada pelo site 9to5Google, a descoberta foi feita após a análise da versão mais recente do aplicativo do Google TV (antigo Android TV) enviado à Play Store. No código descompilado foi possível ter acesso à frase “desfrute de 50 canais de TV ao vivo sem a necessidade de assinatura, inscrição ou download”, além de uma imagem com trinta dos canais que estariam disponíveis no momento do seu lançamento.

Atualmente, o Google TV é conhecido por ser um agregador de indicações de conteúdos de outros streamings (tal qual a Apple TV) e também oferecer suporte de aluguel e compra de produções na própria plataforma. No Brasil, além de estar presente em televisores, boxes, dongles e dispositivos Android, em junho desse ano ele também foi disponibilizado para iOS e iPadOS.

Veja Também:  iOS 15.4 traz mais de 100 novos emojis para o iPhone; confira

Se concretizada, a mudança trará conteúdos ao vivo para a plataforma que vão desde os noticiários até programas de culinária, filmes e esportes. Além disso, ela traz um diferencial ao sistema que o deixava atrás de outros serviços parecidos, como a Samsung TV Plus e a Pluto TV – sendo essa última, inclusive, quem, até então, transmitia sua grade de programação ao vivo no Google TV.

Abaixo, seguem os canais vistos na imagem ao que o 9to5Google teve acesso e que possivelmente estarão disponíveis ao vivo e gratuitamente na plataforma:

  • ABC News Live
  • America’s Test Kitchen
  • American Classics
  • The Asylum
  • Battery Pop
  • CBC News
  • ChiveTV
  • Deal or No Deal
  • Divorce Court
  • Dry Bar Comedy
  • FailArmy
  • Filmrise Free Movies
  • Hallmark Movies & More
  • It’s Showtime at the Apollo!
  • Kevin Hart’s LOL! Network
  • Love Nature
  • Maverick Black Cinema
  • MooviMex
  • Nature Vision
  • NBC News Now
  • Newsmax TV
  • Nosey
  • The Pet Collective
  • Power Nation
  • Reelz
  • Teletubbies
  • Today All Day
  • Toon Goggles
  • USA Today
  • World Poker Tour
  • Wu Tang Collection TV
  • Xumo Crime TV
  • Xumo Movies
  • Xumo Westerns

Google TV ganhou suporte para múltiplos perfis

Em maio, o Google TV deu um importante passo para tornar sua interface mais focada e personalizada para cada um de seus usuários. A plataforma anunciou o lançamento de perfis, recomendações e listas individuais em sua página inicial, um recurso bastante comum em plataformas de streaming.

A ferramenta, que havia sido anunciada ainda em 2021, ajuda a direcionar a experiência do usuário. Dessa maneira, pessoas que moram em uma mesma casa e utilizam o aplicativo do Google TV podem ter seu próprio espaço na plataforma, criando listas individuais do que desejam assistir e recebendo sugestões que, de fato, tem a ver com suas preferências.

Com a mudança, inclusive, é possível vincular diferentes contas do Google para cada um dos perfis, registrando de maneira individual o histórico de buscas e ajudando o Google Assistente a dar respostas mais precisas para o usuário.


Fonte: IG TECNOLOGIA

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana