conecte-se conosco


Mato Grosso

Com investimentos de R$ 17 mi, PM vai modernizar núcleos e construir Vila Militar para policiais no interior

Publicados

em


O Governo do Estado vai investir mais de R$ 17 milhões na construção e modernização de cinco Núcleos de Polícia Militar no interior de Mato Grosso. Cada unidade contará com condomínios residenciais destinados aos policiais que trabalham nessas cidades.

O valor está incluído nos R$ 41 milhões anunciados pelo Estado para a construção e reforma predial de unidades da PM. Neste primeiro momento, os Núcleos de Polícia Militar serão construídos nos municípios de Cocalinho, Santa Cruz do Xingu, Itaúba, União do Sul e no distrito de Santo Antônio do Fontoura, em São José do Xingu.  

Todo o projeto de construção, reforma e modernização das unidades foi elaborado pela equipe de policiais da Coordenadoria de Infraestrutura da PM. O planejamento dos novos núcleos foi desenvolvido de acordo com o regulamento geral da PM, que prevê ambientes adequados como sala do comandante e do subcomandante, reserva de armamento e um espaço moderno, humanizado e acolhedor para atender o cidadão.   

Cada núcleo terá um condomínio agregado, destinado exclusivamente aos policiais. A iniciativa inédita tem como objetivo valorizar o policial que trabalha nas cidades mais distantes.  A vila militar ou condomínio residencial militar será composta por 12 casas padrão destinada ao policial e sua família.

Veja Também:  Centro de Equoterapia e Equitação da Cavalaria da PM dobra atendimento a população

“Essa Vila Militar é algo inédito, um diferencial em Mato Grosso. Com esse recurso disponibilizado pelo governador Mauro Mendes e com o apoio dos prefeitos e vereadores vamos oferecer qualidade de vida e condições melhores de trabalho ao nosso militar que se dedica à segurança pública nos municípios mais longínquos de Mato Grosso” destaca comandante da PM, coronel Jonildo Assis.   

O coronel Assis conta ainda que as unidades Núcleo PM no interior estão deterioradas e que esse projeto de modernização, vai deixar tudo isso no passado. “Valorizando nosso policial e o ambiente de trabalho deles, isso automaticamente fortalece ainda mais os laços da Polícia Militar com a comunidade local. Com a Polícia Militar atuante e parceira dos moradores destes municípios, a criminalidade não terá vez”, afirma o comandante.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Com 92 testes de alcoolemia realizados, Lei Seca prende 13 pessoas por embriaguez ao volante

Publicados

em


Durante a 28ª edição da Operação Lei Seca, realizada na madrugada deste sábado (24.07), 13 pessoas foram presas por dirigirem veículo sob efeito de álcool, conforme Art. 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A blitz ocorreu na Av. Isaac Póvoas, no centro, em Cuiabá, e foi concluída com 92 testes de alcoolemia.

Foram lavrados 58 Autos de Infração de Trânsito (AITs). Deste total, 23 foram por conduzir veículo sob efeito de álcool; 13 por recusar-se a realizar o teste de alcoolemia; cinco por conduzir veículo sem possuir CNH; nove por conduzir veículo sem registro ou não licenciado; e oito por outros motivos.

A operação resultou ainda em três Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) de motoristas dirigindo sem habilitação. Foram removidos 38 veículos, sendo 35 carros e três motocicletas, além de 39 veículos autuados.

Os agentes de trânsito e de segurança também recolheram 23 documentos, sendo 21 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e dois Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs).

Veja Também:  Drogas são apreendidas e sete são detidos em duas cidades

Sob coordenação do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), esta edição da Lei Seca contou com a participação da Polícia Militar (PM-MT), por meio do Batalhão de Trânsito (BPMTRAN); Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), por meio da Delegacia Especializada de Trânsito (Deletran); Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT); Polícia Rodoviária Federal (PRF); Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob); e Sistema Penitenciário.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

“Esse Governo tem um olhar diferente para as pessoas mais carentes”, afirma prefeito de Nova Nazaré”

Publicados

em


“Esse Governo tem um olhar diferente para as pessoas mais carentes”, disse o prefeito de Nova Nazaré, João Filho, ao receber a visita do governador Mauro Mendes nessa sexta-feira (23.07). O governador percorreu 13 municípios da Região Araguaia para entregar e vistoriar diversas obras de infraestrutura entre os dias 22 e 24 de julho. Além dar ordem de serviço para novas obras e promover ações em parceria com os prefeitos, o governador ainda realizou a entrega simbólica de cestas básicas do programa “Vem Ser Mais Solidário”.

No total, serão entregues 84 mil kits de alimentos, de limpeza e de higiene pessoal para todos os municípios mato-grossenses. As cestas são retiradas em Cuiabá, de acordo com cronograma estabelecido pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

“Desde que esse Governo assumiu a gestão do Estado, é possível perceber um olhar diferente para as pessoas mais carentes. Tem assistido bem o município de Nova Nazaré, sob a atenção constante da primeira-dama Virginia Mendes”, acrescentou Filho.  O prefeito de Querência, Fernando Gorgen, destacou a parceira com o Estados nas obras essenciais para o município. “É um Governo que está fazendo melhorias em todas as áreas e para todo o Estado”.

Veja Também:  Drogas são apreendidas e sete são detidos em duas cidades

A comitiva e o governador também estiveram nos municípios de Água Boa e Cocalinho. “Estamos fazendo o nosso papel enquanto Estado. Na área da Assistência Social, na parceria com os municípios, estamos entregando cestas básicas, cobertores e auxílio financeiro que estão chegando nas mãos de famílias que realmente precisam”, pontuou Mendes.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana