conecte-se conosco


Mato Grosso

Com taxa de ocupação em cerca de 50%, SES notifica municípios sobre leitos de UTI Covid-19

Publicados

em


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou cinco municípios de Mato Grosso sobre o bloqueio e suspensão do cofinanciamento de um total de 100 leitos de UTI Covid-19. A medida levou em consideração a redução na taxa de ocupação dos leitos de internação de pacientes em tratamento do coronavírus que, conforme dados do Painel Interativo da Covid-19 desta quarta-feira (15.09), estava em 51,46%.

Conforme notificação, enviada às Secretarias Municipais de Saúde no dia 10 de setembro, foram bloqueados e suspensos o cofinanciamento estadual ao custeio de 10 leitos de UTI do Hospital Santa Casa de Rondonópolis; 10 leitos de UTI do Hospital Santa Rita, em Alta Floresta; 15 leitos de UTI do Hospital Regional de Nova Mutum; 5 leitos de UTI do Hospital Coração de Jesus, em Campo Verde, e 60 leitos de UTI do Hospital São Benedito, em Cuiabá.

Se não fossem bloqueados, esses leitos seriam pagos sem a devida utilização, uma vez que há queda constante na taxa de internação por Covid-19.

Veja Também:  Campanha incentiva leitores a apresentar seus locais preferidos para ler um livro

As gestões municipais têm ciência de que o cofinanciamento de leitos é realizado enquanto perdura a necessidade, podendo haver a suspensão imediata no momento em que há a diminuição da demanda por internação.

Além da constante redução na taxa de ocupação dos leitos, a decisão considera ainda a necessidade do retorno gradativo a o atendimento público e à realização de cirurgias eletivas. 

Hospitais Regionais

A SES-MT também trabalha no reordenamento de leitos Covid-19 da própria Rede Estadual. No momento, cerca de 80 leitos de UTI dos hospitais geridos pelo Estado foram bloqueados. Parte desses leitos serão destinados para o atendimento de cirurgias eletivas

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Assinada ordem de serviço para reforma de quadra poliesportiva em Lucas do Rio Verde

Publicados

em

Por


A Escola Estadual Márcio Schabatt Souza, em Lucas do Rio Verde, contará com quadra poliesportiva coberta e arquibancada. A ordem de serviço para o início da obra foi assinada nesta quarta-feira (26.01) pelo secretário estadual de Educação, Alan Porto, e pelo prefeito do município, Miguel Vaz. Ao todo serão investidos R$ 1,027 milhão do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Educação (Seduc).

O projeto contempla arquitetura, estrutura, rede elétrica, drenagem do terreno e combate à incêndio. A escola localizada na Avenida Sergipe foi criada em 2019, no prédio onde funcionava o Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) José de Alencar. A construção da quadra era muito aguardada por toda a comunidade escolar e beneficiará mais de 1,4 mil estudantes. As obras devem ser concluídas em 120 dias.

“Estou muito feliz em assinar esta ordem de serviço. Para que a construção fosse iniciada teve todo um processo de licitação, prazos e agora finalmente vamos poder entregar esse espaço que será muito útil para os estudantes e toda a comunidade escolar”, ressaltou o secretário de educação, Alan Porto. 

Veja Também:  Mais de 70% dos municípios não têm respiradores mecânicos disponíveis na rede pública de saúde em MT

Já o prefeito Miguel Vaz afirma: “Só temos que agradecer ao Governo de Mato Grosso por mais essa conquista para a educação de Lucas do Rio Verde. A quadra vai trazer mais qualidade para a prática de esportes e dará um novo ânimo para os nossos alunos”. 

Também participaram da reunião de assinatura a secretária adjunta de Gestão Educacional, Alcimaria Ataides da Costa, a secretária adjunta de infraestrutura, Karina França, a secretária de Educação de Lucas do Rio Verde, Elaine Lovatel, a assessora pedagógica do Estado, Denise Dalberto, o diretor da escola Márcio Schabatt Souza, Wellington Zarelli, e o representante da comunidade escolar Macsuel de Marchi.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo publica edital para construção do Hospital Regional de Tangará da Serra

Publicados

em

Por


O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), publicou na edição do Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (27.01), o aviso de abertura do edital para a construção do Hospital Regional de Tangará da Serra. O valor estimado da obra é de R$ R$ 117,2 milhões.

“Mato Grosso vai ganhar quatro novos hospitais regionais para atender de forma digna a população. As construções começam ainda este ano e quero agradecer o apoio de todos, principalmente, as prefeituras dos municípios definidos: Tangará da Serra, Confresa, Alta Floresta e Juína, que cederam os terrenos. A união de todos vai trazer mais desenvolvimento ao Estado e melhores condições de vida a todos que aqui moram. Estamos na torcida para que possamos contratar uma excelente empresa para construir esse belíssimo hospital em Tangará, que irá atender a saúde de Mato Grosso, principalmente da Região Leste”, destacou o governador Mauro Mendes.

A licitação ocorrerá na modalidade concorrência, ou seja, ganha aquela empresa que apresentar o menor preço. As empresas interessadas no certame devem seguir as regras estabelecidas no edital.

Veja Também:  Campanha incentiva leitores a apresentar seus locais preferidos para ler um livro

“A região Leste do Estado ganha muito com esse Hospital Regional no município de Tangará da Serra. Os novos Hospitais Regionais já nascem maiores e mais modernos do que os demais hospitais que temos na Rede Estadual. Seguimos em 2022 no cumprimento das metas estabelecidas pelo governador Mauro Mendes, que é de fazer a saúde funcionar e atender melhor ao cidadão”, declarou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo. 

O edital ficará disponível na Coordenadoria de Aquisições, da Superintendência de Aquisições e Contratos, no horário de expediente (das 8h às 18h), e também poderá ser acessado pelo Portal de Aquisições. A sessão de concorrência está marcada para o dia 3 de março de 2022, às 9h30, na sala de licitações da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), situada no Centro Político Administrativo, Rua C, Bloco III.

A estrutura

O Hospital Regional de Tangará da Serra contará com 111 leitos de enfermaria e 40 UTIs, entre adultas, pediátricas, neonatal e unidade semi-intensiva neonatal, para atendimento na média e alta complexidade. A unidade de Saúde também vai ter 10 consultórios médicos, 2 consultórios para atendimento a gestantes, 6 salas de centro cirúrgico, além de espaços para banco de sangue, banco de leite materno e realização de exames, como tomografia e colonoscopia.

Veja Também:  Serviço de emissão de RG foi retomado gradativamente no dia de ontem

Outros hospitais

O Governo do Estado também irá iniciar em 2022 a construção do Hospital Regional de Juína. A SES-MT habilitou cinco empresas interessadas na ocorrência para a construção da unidade de saúde. O hospital está estimado em R$ 119 milhões e contará com aproximadamente 17.000 metros quadrados.

Para a concorrência da construção do Hospital Regional do Araguaia, localizado em Confresa, a SES está analisando a documentação para habilitação de empresas interessadas na obra. O valor estimado da obra é de R$ R$ 116,7 milhões.

Também foi publicado o aviso de abertura do edital de licitação para a construção do Hospital Regional de Alta Floresta, estimada em R$ R$ 116,4 milhões. A licitação será na modalidade concorrência. A sessão de concorrência está marcada para o dia 1º de fevereiro de 2022, às 9h30, na sala de licitações da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), situada no Centro Político Administrativo, Rua C, Bloco III.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana