conecte-se conosco


Carros e Motos

Conheça a bike elétrica de quatro rodas que custa mais de R$100 mil

Publicados

em


source


O DryCycle pode ser usado na Inglaterra sem pagar impostos e estacionamentos por ser considerada uma bike elétrica
Divulgação

O DryCycle pode ser usado na Inglaterra sem pagar impostos e estacionamentos por ser considerada uma bike elétrica

O DryCycle , desenvolvido na Inglaterra, é uma bicicleta elétrica com quatro rodas e com teto, ideal para transitar em dias de chuva ou protege-lo dos fortes ventos e do frio.

O primeiro protótipo do curioso veículo que foi mostrado ao público em 2019 é considerado  um “Ciclo de Pedal Eletricamente Assistido” (EAPC) e traz todas as vantagens de uma bicicleta elétrica  com algumas das funcionalidades de um carro.

O DryCycle é equipado com motor E8000 Shimano com 8,15 kgfm de torque e potência contínua de pico de 250W. O motor é alimentado por uma bateria dupla (504Wh cada, também Shimano) e uma bateria auxiliar 870Wh que alimenta a parte eletrônica: luzes e buzina, aquecedor e limpador de para-brisa, entre outros itens.

Veja Também:  Carros com freios automáticos serão obrigatórios em 40 países a partir de 2020

A autonomia combinada é de 80,4 km no nível mais alto de assistência ao pedal, com a opção de aumentar o alcance carregando baterias extras na área de carga atrás do assento.

Você viu?

O veículo que segue os regulamentos atuais do Reino Unido e da União Europeia, pode ser guiado com uma velocidade de até 25 km/h. Outra peculiaridade é o interruptor que permite que a bicicleta rode sozinha, sem pedalar, com velocidade de apenas 6 km/h.

Por ainda ser legalmente uma bile elétrica, a DryCycle não requer autorização ou licença para operar e o dono não precisa se preocupar com impostos, taxas de registro e estacionamento no Reino Unido.


Todo o veículo é feito de policarbonato, um material leve e durável, pesa apenas 120 kg . A carga útil total também é de 120 kg, o que significa que pode transportar o único passageiro e alguma carga nas costas, atrás do assento dobrável.

Veja Também:  Nissan Kicks Surf surge com chuveiro portátil, chave-pulseira e mais. Veja vídeo

O DryCycle custa 14.995 libras esterlinas , algo em torno de salgados R$ 109.370 no mercado europeu. E aí, vai pedalar?

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Propaganda

Carros e Motos

Exposição de carros elétricos acontece em São Paulo, no Pacaembu

Publicados

em


source


Exposição de carros elétricos e congresso sobre o tema será realizado entre os dias 23 e 25 de setembro em São Paulo
Divulgação

Exposição de carros elétricos e congresso sobre o tema será realizado entre os dias 23 e 25 de setembro em São Paulo

A exposição “Veículo Elétrico Latino-Americano” vai acontecer nos dias 23 (quinta-feira), 24 (sexta-feira) e 25 (sábado), na Praça Charles Miller, no Pacaembu, das 12h às 20h.

Será um encontro aberto, seguro, seguindo rigorosamente as determinações da Prefeitura para realização de eventos na capital. Junto da feira, nos dias 22, 23 e 24, vai acontecer em paralelo, dentro do Estádio do Pacaembu, o “ Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos ” (C-MOVE) com a presença de 130 especialistas, incluindo os Secretários Municipais Ricardo Teixeira e César Azevedo.

Em sua 16ª edição, o “ Veículo Elétrico Latino-Americano” é a mais importante e tradicional exposição brasileira sobre o mercado da eletromobilidade no País, reunindo fabricantes e importadores de diferentes veículos eletrificados, produtos e tecnologias desse segmento.

Veja Também:  Gol, Onix, Compass e Volvo V60 na mesma plataformamostram status real do carro

“Esse evento vai marcar a união do mercado brasileiro da eletromobilidade, mostrando tendências e caminhos que vão nortear essa área daqui para frente e contribuir para o seu desenvolvimento”, afirma Ricardo Guggisberg, fundador do “Veículo Elétrico Latino-Americano” e presidente do Instituto Brasileiro de Mobilidade Sustentável (IBMS) , uma das entidades que apóiam o evento.

Entre os participantes, estarão montadoras de automóveis, como Nissan , Fiat , Peugeot e BYD , o representante brasileiro da Tesla , marcas de motocicletas como Bull Motors e Shineray , locadoras de veículos elétricos como Unidas , Movida e Lease Plan .

Haverá também empresas especializadas em carregamento de veículos elétricos como Zletric, Power2go e Electric Mobility Brasil, novos patinetes elétricos feitos no Brasil (da Davinci Micromobilidade), fornecedores de bicicletas, quadriciclos, triciclos e scooters elétricos como a Elemovi.

Ainda entre atrações estarão as sofisticadas bikes elétricas importadas produzidas pela Specialized, um ônibus e um caminhão elétricos da Eletra e o primeiro carro-forte elétrico do mundo (do Grupo Protege).

Os profissionais da área podem fazer o seu credenciamento gratuito, já o público que não trabalha no setor deverá adquirir o ingresso que custa R$ 70 no local e R$ 50 pelo site .

Veja Também:  Jeep lança novaversão do Compass com uma série de itens exclusivos

Têm direito a meia entrada estudantes, deficientes e seus acompanhantes, idosos e jovens de baixa renda de 15 a 29 anos, que façam parte de programas sociais do governo, e cuja renda familiar seja de até dois salários-mínimos. Os estudantes devem apresentar carteirinhas emitidas por entidades estudantis de representatividade nacional.   

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Caoa Chery planeja lançar nova picape rival da Fiat Toro no Brasil

Publicados

em


source
Caoa Chery Tiggo 7 da nova geração deverá servir de base para a nova picape intermediária, rival  de Fiat Toro e companhia
Divulgalção

Caoa Chery Tiggo 7 da nova geração deverá servir de base para a nova picape intermediária, rival de Fiat Toro e companhia

A Caoa Chery quer estar entre as dez marcas mais vendidas no Brasil e, para isso, terá que entrar no segmento de picapes intermediárias, segundo apurou a reportagem de iG Carros. A ideia é oferecer um produto que entre na briga com Fiat Toro, Renault Oroch, a nova Chevrolet Montana, Ford Maverick e companhia.

No Brasil, a nova picape da Caoa Chery ainda está em fase inicial de desenvolvimento. Mas, o modelo chegou a ser mencionado como Tiggo PUP durante uma coletiva de imprensa na África do Sul e, posteriormente, a marca confirmou ao site IOL Motoring que se trata de uma picape. Por lá, o novo utilitário chegará em 2023 e deverá chegar ao Brasil logo em seguida, já que o segmento estará em plena ebolição no país daqui a dois anos.

Veja Também:  MV Agusta Brutale 800 RR Dragster chega na versão especial America

A nova picape da Caoa Chery deverá seguir o visual do novo SUV Tiggo 7 Pro , que vai ser lançado no Brasil em 2022. Como ambos os modelos deverão ter vários itens em comum, estima-se que o conjunto mecânico será um deles. Então, estamos falando do motor 1.6 turbo, de 187 cv e 28 kgfm de torque que funciona com câmbio automatizado de dupla embreagem.

O mais provável é que a nova picape da Caoa Chery seja um dos frutos dos investimentos da ordem de R$ 1,5 bilhão anunciados para ampliação da linha de montagem em Anápolis (GO), de onde já saem os SUVs Tiggo 5X, 7 e 8 . A apresentação do novo modelo para o mercado sul-africado vai acontecer no final do ano que vem.

Interior do novo Tiggo 7 também deverá ser usado na nova picape da Caoa Chery que vai ser fabricada no Brasil
Divulgação

Interior do novo Tiggo 7 também deverá ser usado na nova picape da Caoa Chery que vai ser fabricada no Brasil

Tudo indica que a briga no segmento de picapes intermediárias ficará bastate disputado a partir do ano que vem até, pelo menos, 2025. Neste ano está prevista a chegada da VW Tarok , vinda da Argentina, com a mesma base do SUV Taos. Além dela também haverá a nova Chevrolet Montana , em 2022, ano em que também estreia a Ford Maverick , trazida do México.

Veja Também:  Honda mostra linha 2022 do scooter PCX

Outro modelo do segmento de picapes intermediárias que está para ser lançado é a versão renovada da Renault Oroch , até o início de 2022. Além disso, a Hyundai poderá trazer a  Santa Cruz como parte da linha de importados da marca. Portanto, a Fiat Toro terá muito trabalho pela frente na briga com rivais.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana