conecte-se conosco


Barra do Bugres

Coronel Assis visita Barra do Bugres para defender MT e Brasil mais seguros

Publicados

em

O coronel Jonildo José Assis, conhecido como Coronel Assis, visita Barra do Bugres nesta quinta-feira (4) e irá reunir- se com lideranças políticas e com a diretoria do clube de tiro do município. A agenda faz parte de visitas que o ex-comandante-geral da PMMT tem feito aos municípios de Mato Grosso liderando o movimento Mato Grosso e Brasil Mais Seguros.

 

Alinhado ao presidente da República, Jair Bolsonaro, Assis tem defendido nas reuniões temas como o armamento civil, como garantia ao direito de autodefesa e defesa patrimonial, além do fortalecimento dos clubes de tiros como espaços familiares onde é possível aprender o manuseio correto das armas e praticar, inclusive, uma modalidade esportiva.

 

“O armamento civil deve ser entendido como um direito de autodefesa que o cidadão pode fazer em relação a si mesmo, à sua família e patrimônio. Infelizmente, no Brasil passamos por uma verdadeira campanha contra as armas atribuindo a elas o problema da violência, mas com meus 28 anos de experiência na Segurança Pública, como policial militar, posso afirmar que o verdadeiro problema da criminalidade tem raízes mais profundas, como o tráfico de drogas, o crime organizado e no mercado ilegal que fornece armas que são utilizadas para o cometimento de crimes”, defende.

Veja Também:  Polícia prende homem com armas, agrotóxicos e carretas roubadas em Diamantino

 

Coronel Assis analisa que é preciso “quebrar o tabu” em relação ao armamento civil. “A possibilidade de democratizar o uso de armas por civis não é obrigar os cidadãos a se armarem, é garantir o direito de possuí-la. E para isso, existe todo um processo burocrático e oneroso, que exigem habilidades mínimas, entre as quais saber usar as armas e também capacidade psicológica”, pondera.

 

No país, a modalidade que tem se tornado mais usual para os possuidores de armas é o CAC, sigla para Colecionador, Atirador e Caçador. A concessão desse registro exige idade mínima de 25 anos, sendo que a pessoa não pode ter antecedentes criminais e não responder a inquérito policial ou processo criminal.

 

O controle sobre o registro de armas no Brasil é feito pelo Exército, que exige entre outros requisitos condições adequadas para armazenamento. Uma das especificações é que o armamento seja guardado em cofre dentro de um cômodo, que pode ser armário ou guarda roupa, com paredes, piso e teto de alvenaria, sendo proibido, por exemplo, forro de PVC.

Veja Também:  NTA de Barra do Bugres usa tecnologia para ajudar no combate da Covid-19

 

No processo burocrático para a solicitação de CAC, que pode levar de 60 a 90 dias, o requerente tem que apresentar entre as documentações: comprovante de ocupação lícita; comprovante de residência fixa; declaração de endereço de quadra do acervo (arma); declaração de segurança de acervo; comprovante de capacidade técnica para o manuseio de arma de fogo; laudo de aptidão psicológico para o manuseio de arma de fogo, fornecido por psicólogo credenciado pela Polícia Federal, entre outros documentos específicos.

 

Nesta sexta-feira (5), o coronel Assis vai participar da convenção partidária do União Brasil, em Cuiabá, onde deverá ter sua candidatura oficializada a deputado federal por Mato Grosso.

Comentários Facebook
Propaganda

Barra do Bugres

Vereador Lennon se afasta e Joselito Campos é empossado como vereador em Barra do Bugres.

Publicados

em

O primeiro suplente de vereador pelo “PODEMOS” Joselito Gonçalves de Campos “Zelito”, foi empossado como vereador no dia de hoje (19) na Câmara municipal de Barra do Bugres.

Ele obteve 187 votos na eleição de 2020, ficando na primeira suplência do vereador Lennon Corezomaé, que por motivos particulares, vai se ausentar por sessenta dias, cedendo sua vaga para Zelito. “É um grande companheiro, homem integro e respeitado, faço questão que ele assuma por determinado tempo, para por seus planos em ação”, frisou Lennon.

Natural de Barra do Bugres, ele tem 51 anos, filho de José Gonçalves Campos “Zé Gato” e Maria Rita de Campos “Dona Zita”, casado com Rosineide Medalha e Silva Campos, pai de Matheus Silva Campos e Izabely Silva Campos. Colaborador da Usina Barralcool a mais de oito anos.

Chego determinado e neste pouco período prometo dar o melhor de mim, fazendo com que meus familiares e eleitores que confiaram seus votos em minha pessoa, possam conhecer meu potencial e vontade de fazer o melhor para minha cidade. “Que Deus me ilumine e de sabedoria em minhas decisões para que eu possa representar todos os cidadãos barrabugrenses, finalizou o vereador”.  

Veja Também:  Grupo Barralcool contrata

Fonte: Assessoria. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres

Vereador Júnior Chaveiro acompanha representantes de comunidades rurais em reunião no gabinete.

Publicados

em

Na manhã de hoje (10), o vereador Júnior Chaveiro, que é o atual Presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Sustentável, acompanhou representantes das comunidades rurais, Baixios, Camarinha, Morro Redondo e assentamento Cabaças para apresentarem sua demanda para a administração municipal.

Eles foram atendidos pelo Secretário de administração, Carlos Pereira “Kaka” e pelo Médico Veterinário, Fábio José de Souza.

Na pauta, problemas enfrentados por cada uma das comunidades como estradas, saúde, suporte agrícola entre outros.

Para eles foi uma oportunidade de reivindicarem suas demandas, que foram pre agendadas com a administração conforme agendamento de outras comunidades.

Para o parlamentar, isso é simplesmente uma forma de aproximação das comunidades rurais com a gestão municipal, que até então não tem medido esforços para auxiliarem no que for preciso.  

Fonte: Assessoria.

Comentários Facebook
Veja Também:  Polícia Militar prende mulher que matou marido com pedaço de madeira
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana