conecte-se conosco


Entretenimento

Cristiano Burlan encerra trilogia do luto com filme sobre assassinato de sua mãe

Publicados

em

Resiliente, corajoso, sobrevivente. Adjetivar Cristiano Burlan é fácil. Difícil é assistir a trilogia do luto, cujo último filme, “Elegia de um Crime”, chega aos cinemas neste fim de semana sem sentir-se só, limado de perspectivas e da humanidade.

Leia também: “Happy Hour” une política e amor para opor masculino e feminino nas relações


O cineasta Cristiano Burlan
Divulgação

Cristiano Burlan fala ao iG sobre sua trilogia do luto

No filme, Cristiano Burlan
investiga a morte de sua mãe. Mas não se trata de uma investigação formal. O culpado é sabido, embora esteja foragido. A obra abre com o diretor, também personagem, informando a polícia do paradeiro do responsável pela morte de sua mãe e esbarrando numa inerte e invisível parede de burocracia.

“Elegia de um Crime”
dá sequência a “Construção” (2006), sobre a morte de seu pai, e “Mataram Meu Irmão” (2013), sobre o assassinato de um de seus irmãos. Se a tragédia familiar assombra, a capacidade do cineasta de transformá-la em arte que propõe um debate plural, importante e ressonante assombra mais.

Veja Também:  “Bem-Estar”deixa de ser programa e vira quadro do “Encontro”

Esses três longas, especialmente o último, expõem um cineasta visceral, preocupado com questões tão íntimas quanto sociais. “Antes de mais nada, é um filme. Eles saem do âmbito pessoal e privado e dialogam com o público em geral”, observa em conversa com o iG Gente
.

Leia também: “Uma Viagem Inesperada” relaciona bullying à irresponsabilidade afetiva dos pais

O cineasta, que também é personagem central do filme, fala sobre esse dolorido, ruidoso e singular processo criativo. “Como cineasta eu preciso ter uma relação com o meu objeto e ela não pode ser fria. No entanto, é impossível fazer cinema sem um prisma pessoal. Há sempre um olhar humano sobre o outro”.

Na frente das câmeras


Mulher segura criança pequena em foto de família
Divulgação

Cena de Elegia de um Crime, já em cartaz nos cinemas brasileiros

Burlan diz que prefere “pensar muito” no que não quer fazer e pacificou-se com o fato de “ir para frente das câmeras” neste filme em que interage com parentes e outras pessoas ligadas ao crime ou à vida de Isabel Burlan da Silva, de quem traça um perfil cheio de memórias e afetos.

Veja Também:  Cid Moreira: filho biológico se une a irmão para coro de críticas ao jornalista

Leia também: “Mal Nosso” agrega elementos do terror em produção sem medo de ser trash

Sem deixar de ser um filme denúncia, que abraça um debate
amplo sobre violência e marginalização, para não citar o feminicídio, “Elegia de um Crime” é o esforço de Cristiano Burlan
de “tentar entender como realizador o mundo que a gente vive”. Ele ressalva que muito do que descobriu com seus filmes ficou de fora das montagens finais: “Fui até onde pude por questão de sanidade”.

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Filha de Mário Monjardim conta que AVC deixou dublador quatro anos acamado

Publicados

em


source
Leyla Monjardim homenageia o pai dublador e fala sobre a morte
Reprodução Instagram

Leyla Monjardim homenageia o pai dublador e fala sobre a morte

Leyla Monjardim, filha do dublador Mário Monjardim, que faleceu no último dia 30, aos 86 anos, em decorrência de um AVC sofrido há alguns anos , usou o Instagram para lamentar a morte do pai. Ela também contou que o AVC sofrido pelo pai, que dava voz ao personagem Salsicha do desenho ‘Scooby Doo’, o deixou quatro anos acamado.

“Meu Paizinho partiu, já está fazendo os anjos sorrirem, já está com os familiares e amigos em outro plano. Esta imagem ficará registrada para sempre, foi um dos momentos mais felizes da minha vida e o último encontro que tivemos antes dele sofrer o AVC que o deteve em uma cama por quase 4 anos e meio e o impedia de ser quem ele sempre foi”, conta Leyla, que em seguida descreveu as principais qualidades do pai famoso.

“Marido apaixonado, pai sempre presente, o amigo de todas as horas, o profissional exemplar, a voz das vozes! Enquanto conseguiu, continuou fazendo piada, nem que fosse com gestos ou colocando a língua para fora comprimindo os lábios e soprando, sabe como é? Como eu vou conseguir dormir sem ficar apreensiva de que você vai me chamar a qualquer momento pra pedir alguma coisa?”, diz.

Ela revelou ainda que o agravamento do quadro de saúde de Monjardim se deu por conta da preocupação dele com a saúde de sua mulher. “Ele era tão apaixonado por minha mãe, que desde que ela teve um AVC, no ano passado, ele começou a definhar. Cada vez que ela era hospitalizada, ele piorava, quando ela recebia alta, mesmo ainda estando no hospital, ele melhorava… Desta vez, ela foi hospitalizada no sábado passado e ele piorou drasticamente, falecendo enquanto dormia… Agradeço ao universo por ter tido a honra de cuidar dele, de ter sido mãe do meu pai, ser filha deste ser maravilhoso que me deixou a força dos sonhos, do amor e da alegria como legado! Um ser apaixonado, amoroso, honesto, de caráter irrefutável”, afirmou.


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Termina namoro de Giullia Buscacio com vocalista da banda Lagum

Publicados

em


source
Giullia Buscaccio e Pedro Calais, vocalista da banda Lagum, terminam namoro
Reprodução

Giullia Buscaccio e Pedro Calais, vocalista da banda Lagum, terminam namoro

Chegou ao fim o namoro da  atriz Giullia Buscacio com o cantor Pedro Calais, vocalista da banda Lagum . Os dois estavam juntos desde dezembro de 2019 e chegaram a enfrentar uma crise no relacionamento, em fevereiro deste ano. Procurada, a assessoria de  Giullia confirma o término.

Giullia  também se pronunciou sobre o rompimento: “Não estamos mais juntos há um tempinho. Optamos por continuar amigos e espero que vocês entendam nossa decisão com o mesmo amor que vivemos isso. Tem muitas coisas que envolvem um relacionamento… Fomos muito felizes e construímos uma história linda, mas achamos melhor seguir assim nesse momento”, afirmou a atriz.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Veja Também:  Cacau Protásio se casa em cerimônia intimista; confira fotos e vídeos
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana