conecte-se conosco


Política MT

Deputado Thiago Silva garante a qualificação de mulheres para o mercado de trabalho

Publicados

em


Thiago Silva participa de entrega de certificados do curso

Foto: HENRIQUE COSTA PIMENTA BRAGA

O deputado Thiago Silva entregou, na quinta-feira (15), certificados de conclusão do curso técnico de Costura Industrial em Rondonópolis, criado por meio de emenda do deputado. O curso é ministrado em parceria com o Senai e Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia. Durante a solenidade de entrega dos certificados, o deputado ressaltou a importância da qualificação no momento de pandemia para garantir uma vaga no mercado de trabalho.

“As empresas de hoje em dia exigem qualificação por parte das pessoas e destinamos emendas para garantir a inserção no mercado de trabalho das mulheres que estão com dificuldade de garantir uma renda familiar mensal com o crescente número de desemprego. Vamos continuar trabalhando pela qualificação e novas oportunidades de geração de renda para as mulheres”, disse o deputado Thiago Silva.

A jovem Patrícia Santos, aluna na qualificação, agradeceu pela aprendizagem no curso e já conseguiu uma vaga no mercado de trabalho. “Adorei fazer o curso, aprendi muito, e ainda tive a oportunidade de ser chamada para um serviço e já estou trabalhando graças ao que aprendi no curso. Foi muito gratificante participar dessa formação e agradeço de coração o empenho do deputado Thiago”, disse a aluna.

Veja Também:  Avallone propõe que recursos recuperados pela CPI sejam destinados integralmente à saúde pública

“O curso foi muito bom, pois me deu aprendizado. Já estava procurando esse curso no Senai e quando fiquei sabendo que teria já vim atrás. Agradeço o incentivo do deputado Thiago e gostei bastante do aprendizado na área de costura que irá ajudar as mães como eu que precisa de uma qualificação e oportunidade”, disse Leia de Almeida, moradora do bairro Jardim Pindorama, também participante do curso.

O curso de qualificação teve a duração de 160 horas e iniciou em 14 de junho com a formação de 20 mulheres. Thiago Silva trabalha para destinar mais emendas com objetivo de ampliar as vagas de cursos técnicos que já beneficiaram mais de 100 famílias em Rondonópolis pelo Programa Qualifica MT.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Propaganda

Política MT

Lei assegura atendimento prioritário a doadores de sangue raro

Publicados

em


Foto: Marcos Lopes

Os doadores de sangue raro terão atendimento prioritário nos bancos de sangue de Mato Grosso. É o que determina a Lei 11.461/21, de autoria do primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), sancionada no mês de julho.  

Com a nova lei, os bancos de sangue ficam obrigados a priorizar o atendimento desses colaboradores, quando convocados para a reposição, devido à urgência na coleta, para atender pacientes que necessitem de transfusão ou cirurgia que exija reserva para emergências.

A iniciativa visa acelerar o atendimento dos portadores de sangue raro, que pela regra atual preconiza que o doador, espontaneamente, se dirija ao banco de sangue para fazer a doação e enfrente fila de espera junto com os doadores convencionais.

Especificações – Doadores de sangue fenotipados são aqueles classificados, após a doação convencional, por antígenos do sistema ABO, visando maior similaridade possível com o sangue do eventual paciente receptor da transfusão, evitando a sensibilização e o desenvolvimento de anticorpos irregulares no receptor do sangue.

Veja Também:  Proposta de Paulo Araújo cria o programa de proteção às agentes de segurança pública gestantes

O que diferencia os doadores convocados dos demais, é que nestes casos, o banco de sangue entra em contato com os pré-selecionados, solicitando o comparecimento urgente para a doação espontânea e atender o paciente que depende dessa doação para sobreviver. Daí a importância de priorizar o atendimento aos doadores fenotipados e de sangue raro.

“Com essa lei, vamos criar condições para que o sangue raro ou específico fenotipado chegue o mais rápido possível ao paciente que necessita de transfusão ou que garanta estoque de reserva para possíveis emergências durante cirurgias”, justificou o parlamentar.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Ulysses Moraes requer informações sobre abandono em escola de Peixoto do Azevedo

Publicados

em


Foto: Marcos Lopes

O deputado Ulysses Moraes (PSL) solicitou informações ao governo do estado, através do Requerimento n° 356/2021, sobre o abandono e eventual da obra de reconstrução da Escola Estadual Luciene Cardoso de Oliveira, localizada em Peixoto do Azevedo. O requerimento foi enviado à Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc). 

Moradores do município enviaram fotos da Escola Estadual Luciene Cardoso de Oliveira, cujo prédio antigo foi demolido em janeiro de 2018, mas a obra está paralisada há quase três anos e sem previsão de retomada. E de acordo com informações obtidas, a unidade escolar hoje está em um prédio locado, com salas de aula insalubres. 

“Isso não pode ficar assim. Por isso, precisamos de mais detalhes sobre essa obra, se tem previsão de retomada da reconstrução e então qual seria a previsão de término das obras”, disse Moraes. 

Segundo os dados do Geo Obras, a construção foi iniciada em dezembro de 2017, mas atualmente se encontra paralisada por rescisão contratual. O valor total da obra é de R$ 7.323.586,42 e deveria ter um prazo de conclusão de 300 dias. Contudo, até o presente momento, o local das obras, que fica no Loteamento Nova Esperança, nas ruas Manaus e Parnaíva, encontra-se completamente abandonado.

Veja Também:  Em Porto dos Gaúchos, deputada, vice-governador e secretário da Sinfra debatem asfaltamento

“Queremos saber ainda se o local onde os estudantes da Escola Estadual Luciene Cardoso de Oliveira foram remanejados atende às condições mínimas de salubridade e estrutura para atender os alunos. E ainda pedimos que a Seduc nos encaminhe a íntegra de eventuais convênios firmados entre a Secretaria e a prefeitura de Peixoto de Azevedo para reconstrução dessa escola estadual. Queremos os detalhes, porque vamos cobrar por uma solução. Não dá para ficar sem uma conclusão para população”, finalizou o deputado. 

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana