conecte-se conosco


Mulher

Descobri ter câncer de mama em meio a uma promoção no trabalho

Publicados

em

Vanessa Verea é do time de  Marketing da marca NIVEA
Divulgação/ NIVEA

Vanessa Verea é do time de Marketing da marca NIVEA


“A minha história começa com um desafio que recebi no trabalho e que me fez pensar muito. Pensar qual era o meu proposito foi um desafio feito à nossa equipe na empresa durante uma sessão e esse estímulo me fez pensar muito e impactou como eu escolhi lidar com o meu câncer.

Descobri ter um nódulo na mama em janeiro deste ano, depois disso precisei fazer um exame complementar, que foi uma biópsia para entender exatamente como o nódulo era, porque é muito comum nódulos benignos aparecerem depois de uma certa idade.  Alguns dados mostram que o câncer é algo relativamente comum na vida adulta, principalmente com a entrada da terceira idade, uma em cada oito mulheres norte-americanas, que viveram em até 75 anos, provavelmente vão ter câncer de mama e os números no Brasil não são muito diferentes. 

Entre no canal do iG Delas no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre beleza, moda, comportamento, sexo e muito mais!

Apesar do  câncer de mama não ser frequente na minha faixa etária, a primeira reação do médico foi calma, devido o nódulo ser benigno, ele também me pediu para fazer uma biópsia para não haver precipitações. O resultado saiu muito rápido, entre quatro dias, no sábado mesmo, eu nem sabia que poderia sair durante o final de semana, mas saiu e justo no aniversário da minha mãe. Esse momento foi delicado, por conta do aniversário dela, mas pelo menos estávamos com toda a família junta e pude contar o  diagnóstico para todos de uma única vez. 

Veja Também:  Ensaio fotográficomostra vítima de violência doméstica nua e amamentando

Siga também o perfil geral do Portal iG.

Senti o peso dessa doença desde o primeiro momento em que eu recebi o diagnóstico, o médico até conversou comigo sobre o susto com que as pessoas reagem quando sabem que estão com câncer. Essa é uma doença vista com muito impacto, sempre quando conto para as pessoas que tenho câncer elas ficam muito assustadas. Contudo, será que o câncer precisa ser visto dessa maneira? Acredito que deveríamos tratar ele de forma mais natural, porque ele é uma doença mais comum do que imaginamos. 

Além disso, quando as pessoas pensam em câncer, elas logo imaginam o estágio final da doença, eu mesma já me via naquela cena da Carolina Dieckmann raspando a cabeça e não foi nada assim, eu não queria alimentar esse tabu. 

Logo na segunda-feira eu comecei a fazer uma bateria de exames, tive que fazer diversas consultas com diferentes médicos, não é um único profissional que cuida do tratamento inteiro. A primeira semana foi de muitos exames e muitas consultas médicas, até que eu entendi qual que seria o tratamento e a função dos médicos. 

Desde o início eu me dispus a fazer exatamente o que eles falassem, inclusive quando me pediram para colocar o cateter. Eu sei que muitas pessoas resistem a colocar ele, mas eu decidi seguir todas as recomendações médicas e fazer o que precisava ser feito.

Depois de três semanas comecei a quimioterapia e para ela era necessário usar uma touca, essa touca exige que a pessoa tenha o cabelo mais curto, por isso eu precisei cortar o cabelo no ombro e não foi nada daquelas cenas de dramáticas de raspar o cabelo que imaginamos.

Veja Também:  Confira as tendências de cores para cabelos que estarão em alta neste outono

Em meio a esse turbilhão, recebi a minha promoção no trabalho e conversando com o médico ele contou que ele teve um paciente que não ficou um dia sem trabalhar durante todo o processo de quimioterapia, isso acabou me motivando mais ainda, eu queria continuar a curtir a minha vida, o meu trabalho e a minha família. 

Outro acontecimento que acabou me alegrando também, foi a gravidez  da minha cunhada, acompanhar a jornada de gestação dela, com o meu tratamento foi uma alegria tão grande para mim, ver a barriga dela crescendo e saber que mais uma pessoa iria vir ao mundo. 

Com o tempo eu comecei a perceber os sinais do meu corpo e a me a organizar em relação a eles, como quando eu começo a sentir a minha língua mais áspera, devido aos remédios, eu já sei que não é uma boa ideia comer comidas como uma salada. 

Ainda estou em processo de tratamento e ter o apoio da minha família e no trabalho foi muito importante para mim, eu me senti muito acolhida nesses dois ambientes e isso fez muita diferença. 

Poder trabalhar, almoçar com os meus colegas,  conversar e seguir com a minha rotina no meu novo cargo me deixa super animada. Estou feliz e orgulhosa de como eu conseguir nessa jornada de forma positiva e sempre mirando na cura. Desde o primeiro minuto, em que eu recebi a notícia do câncer, eu queria quebrar esse tabu em torno do câncer e inspirar a outras pessoas a encararem ele com mais otimismo”.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Propaganda

Mulher

Gusttavo Lima lança GL Embaixador, perfume inspirado em sua trajetória

Publicados

em

Gusttavo Lima agora tem linha de perfume
Divulgação

Gusttavo Lima agora tem linha de perfume

Gusttavo Lima não faz sucesso apenas como cantor sertanejo. Ele também é empreendedor e  participa ativamente da gestão de sua carreira. Desde o início,  sempre teve o desejo de traduzir sua história em produtos. Após o lançamento bem-sucedido de sua primeira bebida, no início deste ano, Gusttavo agora aposta no mercado de cuidados masculinos e lança GL Embaixador, perfume marcante e sofisticado, que conecta a ancestralidade, a força e o poder conquistados nas últimas décadas, com o selo de qualidade da suíça Givaudan, maior casa de perfumaria do mundo.

Entre no  canal do iG Delas no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre beleza, moda, comportamento, sexo e muito mais!  

É neste cenário nostálgico que é possível adentrar ao sentir a essência do GL Embaixador: “Eu queria que esse cheiro lembrasse a terra molhada do interior, a lenha queimada e todas as especiarias que sempre fizeram parte da nossa rotina”, explica o cantor. Hernan Figoli, perfumista da Givaudan responsável por essa alquimia ainda completa: “A jornada sensorial deste produto passa por um amadeirado oriental, quente e sofisticado, que traduz a virilidade do artista, uma de suas principais características. As notas doces de âmbar refletem elegância e sedução”.

Gusttavo já tinha em seu imaginário qual seria o resultado ideal para esse produto, não só na escolha de ingredientes que conseguissem traduzir todas suas memórias, mas também na definição de uma empresa ambientalmente responsável, que imprimisse a qualidade e a elegância esperada por ele. 

A pesquisa e desenvolvimento do perfume se deu por diversas etapas até chegar na combinação perfeita do GL Embaixador. A escolha do segmento também não foi acidental: como homem de negócios, Gusttavo apostou na crescente do mercado de beleza masculino e, também, no fato de o Brasil ser o maior mercado de perfumes do mundo, decidindo assim unir o desejo do público por fragrâncias de qualidade com seu desejo pessoal de transpor toda sua história inspiradora em produtos. 

 Acompanhe também perfil geral do Portal iG no Telegram !

A expectativa é que o perfume se torne um grande sucesso de vendas, oferecendo ao público uma experiência olfativa que remeta à história desse grande ídolo nacional e dê início à uma linha de cuidados pessoais masculinos com produtos para a barba, o cabelo e o corpo. Quem quiser adquirir já pode se cadastrar no  site a partir desta quinta-feira (18), data de início da pré-venda.

Veja Também:  No sofá ou na folia: como cada signo curte o Carnaval

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Hana Khalil fala sobre educação sexual na série Não é por Akhaso

Publicados

em

Hana Khalil
Divulgação

Hana Khalil fala de abuso sexual de crianças em série no Instagram

A comunicadora, produtora audiovisual e criadora de conteúdo Hana Khalil lança nesta quinta-feira (18) no seu  Instagram o novo episódio da série Não é Por Akhaso. Trazendo a educação sexual como tema, ela discute sobre a importância de se trabalhar o assunto nas escolas como ferramenta para ensinar as crianças a conhecerem seu próprio corpo e protegê-las do abuso sexual.

Entre no  canal do iG Delas no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre beleza, moda, comportamento, sexo e muito mais! 

Um recente levantamento feito pelo pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública em parceria com a Unicef, mostra que cerca de 100 crianças e adolescentes de até 14 anos são estupradas por dia no Brasil, o número mostra a importância de se discutir políticas públicas que protejam as crianças e a educação sexual é uma delas, pois incentiva que elas falem que algo errado está acontecendo.  

Acompanhe também perfil geral do Portal iG no Telegram !

“Crianças saberem o que é sexo, como se protegerem e que suas partes genitais podem significar não fará elas MENOS INOCENTES, ou suscetíveis a sexo, pois o que acontece é justamente o contrário. Elas entenderem que isso existe, mas que elas são crianças e não podem fazer isso ainda, pode destacar para elas o fato que isso não é algo natural quanto quando abusos acontecem”, acredita Hana.

Veja Também:  Ensaio fotográficomostra vítima de violência doméstica nua e amamentando

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana