conecte-se conosco


Mato Grosso

Detran-MT e Semob discutem parceria para intensificar fiscalização de veículos

Publicados

em

O presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), Gustavo Vasconcelos, se reuniu nesta terça-feira (26.03) com o secretário de Mobilidade Urbana de Cuiabá, Antenor Figueiredo, para tratar da parceria entre os dois órgãos na fiscalização contra roubos e furtos de veículos.

A capital mato-grossense possui, atualmente, 15 câmeras de monitoramento de trânsito, com sistema OCR, que reconhece as placas dos veículos. Na conversa, os gestores trataram da utilização do sistema inteligente para dar celeridade na busca de veículos furtados ou roubados, antes que deixem o município.

“Em quatro horas é possível levar um veículo furtado de Cuiabá até Cáceres e atravessar a fronteira para a Bolívia. Queremos evitar isso e dar celeridade nas buscas por um veículo furtado ou roubado assim que o proprietário ligar no 190. Essa comunicação será possível através de uma interligação entre os sistemas da Semob, Detran e da Secretaria de Segurança Pública”, explicou Gustavo, lembrando que a Sesp possui quatro câmeras OCR em Cuiabá.

Veja Também:  Governo licita serviços de manutenção de 190 km da MT-322 na Região Araguaia

O titular da Semob demonstrou interesse na parceria e contou que a capital mato-grossense quer ampliar o número de câmeras OCR, que devem ser instaladas nos radares do município.

“Seria a primeira vez que Cuiabá e Mato Grosso andariam juntos nesse sentido e vejo que essa parceria seria muito benéfica para todos, aumentando nossa segurança. Por parte da prefeitura não mediremos esforços para que efetivamente aconteça e todos nossos equipamentos estarão à disposição”, disse Antenor Figueiredo.

Uma reunião entre os órgãos ainda deve ser marcada para estudar a forma de proceder a interligação entre os sistemas.

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Colegiado define distribuição de 111.240 doses de vacinas contra a Covid-19

Publicados

em


A Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT) aprovou a Resolução Nº 77, que estabelece a distribuição, o armazenamento e a aplicação das 111.240 doses de vacina contra a Covid-19 enviadas neste fim de semana pelo Ministério da Saúde, sendo 50.400 doses da Coronavac e 60.840 doses da Pfizer.

Conforme a Resolução Nº 77, a vacina da Pfizer deve ser aplicada como primeira dose em pessoas entre 40 e 49 anos. As doses da Coronavac contemplarão com a primeira e segunda dose pessoas de 40 a 44 anos.

O prazo de aplicação da segunda dose da Pfizer é de até 12 semanas. Já o prazo da segunda dose da Coronavac varia entre 14 e 28 dias.

O colegiado pontuou na Resolução que os municípios que já completaram a vacinação das pessoas de 40 a 49 anos devem seguir para a próxima faixa etária (ano a ano) em ordem decrescente de prioridade.

Ainda foi acordado o armazenamento de 18 doses da Pfizer na Rede de Frio Estadual, como novo estoque estratégico para reposição de eventuais perdas técnicas. Também foi pactuada a distribuição de um remanescente de 40 doses da Coronavac que estavam armazenadas na Rede de Frio Estadual como estoque estratégico.

Veja Também:  Governo licita serviços de manutenção de 190 km da MT-322 na Região Araguaia

Caso os municípios alcancem a completa vacinação dos públicos-alvo estabelecidos para a imunização, a CIB orienta a continuidade da imunização dos demais públicos elencados pelo Ministério da Saúde.

Após a distribuição dos imunizantes aos municípios, as vacinas deverão ser armazenadas conforme as condições estabelecidas pela fabricante e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e com o apoio da segurança pública.

A aplicação das doses deve ser obrigatoriamente registrada pelos municípios no Sistema Nacional do Programa de Imunização (SI-PNI), do Ministério da Saúde. Até o momento, Mato Grosso já recebeu 2.730.710 doses de imunizantes contra a Covid-19.

Confira em anexo a resolução:

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Tangará da Serra sedia reunião para discutir recursos hídricos nos dias 4 e 5 de agosto

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), e a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) realizam em Tangará da Serra (251 quilômetros distante de Cuiabá) a Oficina e a Reunião Pública para discutir as ações do Plano de Recursos Hídricos (PRH) de duas bacias hidrográficas da região, a do Alto Paraguai Superior e Alto Paraguai Médio.

As reuniões serão presenciais em duas datas: no dia 04/08 às 18h e no dia 05/08 às 8h, no Auditório Municipal. Para participar é necessário realizar a inscrição gratuita por meio de um formulário on-line DISPONÍVEL AQUI. 

O evento colherá contribuições para a elaboração do  Plano de Recursos Hídricos (PRH). O documento define as ações do Poder Público para as próximas décadas para a preservação e manutenção dos rios da região, incluindo informações sobre ações de gestão, projetos, obras e investimentos prioritários. Esta é a segunda cidade a receber o evento. Nos dias 2 e 3/08 uma oficina e uma reunião pública foram realizadas em Diamantino. Está previsto mais um encontro presencial em Cáceres.

Veja Também:  Procon-MT retoma atendimento presencial mediante agendamento a partir desta quarta-feira (10)

Veja a programação:

Oficina e Reunião Pública em Tangará da Serra
Quando: 04/08 às 18h e 05/08 às 8h
Local: Auditório Municipal
Link para inscrições: https://forms.gle/Wn5rFPgHVyYa8SpE8

Oficina e Reunião Pública em Cáceres
Quando: 06/08 às 18h e 07/08 às 8h
Local: Auditório principal da Unemat
Link para inscrições: https://forms.gle/xckfaNqeqfjyZ2mPA

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana