conecte-se conosco


Mato Grosso

Dez motoristas são presos por embriaguez ao volante durante Lei Seca

Publicados

em


A 31ª edição da Operação Lei Seca, realizada na madrugada deste domingo (01.08), em Cuiabá, resultou na prisão de 10 motoristas por embriaguez ao volante. Ao todo, 87 testes de alcoolemia foram realizados e um total de 71 autos de infração de trânsito foram lavrados.

Entre os autos de infração mais comuns, 22 foram lavrados por conduzir veículo sob efeito de álcool, 14 por conduzir veículo sem CNH, outros 14 por conduzir veículo sem registro ou não licenciado e cinco por recusa à realização do teste de alcoolemia.

Também foram lavrados 10 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) para motoristas não habilitados. O TCO é lavrado no caso de crimes de menor potencial ofensivo.

A operação fiscalizou um total de 80 veículos e terminou com o recolhimento de 33, sendo 27 carros e seis motocicletas. A fiscalização teve início às 0h e terminou por volta de 1h30.

Sob coordenação do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), esta edição contou com a participação da Polícia Militar (PM-MT), por meio do Batalhão de Trânsito (BPMTRAN); Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), por meio da Delegacia Especializada de Trânsito (Deletran); Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT); Polícia Rodoviária Federal (PRF); Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob); e Sistema Penitenciário.

Veja Também:  Auditório de sede de conselhos homenageará ecologista Arne Sucksdorff
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Mais de 400 passageiros de ônibus recebem orientações de segurança no trânsito

Publicados

em


Mais de 400 passageiros de ônibus receberam, no final da tarde de segunda-feira (20.09), orientações de segurança no trânsito na ação educativa “Passageiro Consciente”.  

A abordagem ocorreu no Terminal Rodoviário de Cuiabá e faz parte da programação da Semana Nacional de Trânsito em Mato Grosso. Este ano o tema da campanha é “No trânsito, sua responsabilidade salva vidas”.

Participaram da ação o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar, por meio do Batalhão de Trânsito, e Polícia Judiciária Civil, por meio da Deletran.

As equipes adentraram em 19 ônibus intermunicipais e interestaduais e abordaram os passageiros levando informações sobre comportamentos seguros no trânsito, como a importância do uso do cinto de segurança, de acomodar de forma correta as bagagens, segurança dos pertences pessoais como dinheiro e objetos de valor, entre outras orientações para que todos fizessem uma boa viagem.

A passageira Alcileya Rodrigues Matos, de 67 anos, gostou da abordagem e das orientações recebidas. “É sempre bom ter informações para deixar a gente mais seguro e fazer uma viagem mais tranquila”, comentou.

O foco da ação foi na segurança dos passageiros, explicou a gerente de Ações Educativas do Detran-MT, Rosane Pölzl. “Este papel que também devemos desenvolver com muita responsabilidade e que, por vezes, acaba esquecido quando se fala em segurança no trânsito. Muitas vezes, no caso de acidentes, o ato de não usar o cinto de segurança, por exemplo, pode causar lesões graves ou até mesmo a morte de outros passageiros. Sem o uso do cinto, dependendo da velocidade do veículo, o peso do corpo pode ser lançado contra os demais passageiros, causando graves lesões”, falou Rosane.

Veja Também:  Efeito Codonavírus - Taxa de desemprego no Brasil pode dobrar

A chefe substituta do Grupo de Educação para o Trânsito da PRF, inspetora Iara Santos, disse que o objetivo das abordagens educativas é fazer com que esses passageiros cheguem ao seu destino em segurança.

Paralelo às abordagens aos passageiros nos ônibus, o Serviço Social do Transporte (Sest) e Serviço Nacional de Aprendizagem do Trânsito (Senat) também ofereceram atendimentos de saúde com informações para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos que transitavam pelo Terminal Rodoviário de Cuiabá.

Semana Nacional de Trânsito

A Semana Nacional de Trânsito é comemorada anualmente entre os dias 18 e 25 de setembro. Nesse período, são realizadas ações em todo o País voltadas para educação, engenharia e fiscalização com o objetivo de sensibilizar todos os envolvidos no dia a dia do trânsito, sejam eles motoristas, passageiros, motociclistas, ciclistas ou pedestres, para a construção de um trânsito mais seguro.

Em Mato Grosso, as ações conjuntas contarão com a participação de equipes do Detran-MT, Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Segurança Pública (Sesp-MT), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob), Guarda Municipal de Várzea Grande, Sest Senat e concessionária Rota do Oeste.  

Veja Também:  Criação de delegacia é elogiada por ministro e terá foco nos crimes de corrupção e lavagem de ativos em MT

Confira a programação:

Dia 22/09 – Blitz educativa: Caminhões (freios)

Horário: das 8h às 14h

Local: BR-163/364 (Serra de São Vicente)

Dia 22/09 – Blitz educativa “Amigo da Rodada – Eu que levo!”

Horário: a partir das 19 horas

Local: bares da avenida Beira Rio e da rua jornalista Jaques Brunini, em Cuiabá.

Dia 23/09 – Blitz Educativa “Cinemoto” para motociclistas de aplicativo

Horário: das 21h às 22h30

Local: avenida Getúlio Vargas, em Cuiabá.

Dia 23/09 – Blitz educativa: Caminhões (freios)

Horário: das 8h às 14h

Local: BR-163/364 (Serra de São Vicente)

Dia 24/09 – Blitz educativa “Amigo da Rodada”

Horário: a partir das 19 horas

Locais: Baronês, Choppão, Ponto do Porco (sujeito à adequações, conforme público)

Dia 26/09 – Cerimônia de encerramento e “Pedal Legal: SNT 2021”

Horário: 5h30 (concentração) – saída às 6h
Local: Sinuelo, em Cuiabá

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Poder Judiciário de Mato Grosso

Publicados

em


Uma em cada quatro mulheres acima de 16 anos afirma ter sofrido algum tipo de violência ou agressão no ano de 2020. Esse percentual, de 24,4%, é resultado de um estudo do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e realizado pelo Datafolha. Em Mato Grosso, o Poder Judiciário promove ações de enfrentamento à violência doméstica com vistas a minimizar esses números. A Ouvidoria da Mulher do Tribunal de Justiça é um dos meios disponíveis para manifestações e denúncias de qualquer crime ou violência de gênero.
 
Na Ouvidoria da Mulher a denúncia pode ser feita pela vítima ou por qualquer pessoa e é uma das formas de quebrar o ciclo da violência doméstica e inclusive evitar o feminicídio. Conforme a pesquisa, de cada 10 brasileiros, cinco disseram ter visto uma mulher sofrer algum tipo de violência e 48,8% das vítimas informaram que a violência mais grave vivenciada nos últimos 12 meses ocorreu dentro de casa.
 
Além da denúncia ou qualquer violação dos direitos da mulher, a Ouvidoria da Mulher recebe sugestões, reclamações, disponibiliza informações sobre processos em trâmite sobre o tema e é também um espaço de escuta ativa.
 
“Números alarmantes como esses reforçam a importância de nos unirmos para minimizarmos o índice de mulheres vítimas de violência doméstica. A Ouvidoria da Mulher está aí para isso, uma ferramenta de fácil acesso para receber denúncias e quebrar o ciclo da violência doméstica. Não podemos nos calar, temos que trabalhar para mudarmos essa realidade de tantas mulheres que sofrem em seus lares, um lugar que deveria ser de paz e segurança para ela e seus filhos”, ressalta a presidente do TJMT, Maria Helena Póvoas.
 
As manifestações são realizadas na página da Ouvidoria, localizada no portal do TJMT (clique AQUI) mediante preenchimento de formulário eletrônico. 
 
 
O acesso pode ser feito também pelo aplicativo Clickjud (confira AQUI) ou pelo e-mail: [email protected]
 
Quebre o ciclo – O TJMT, sob a presidência da desembargadora Maria Helena Póvoas, lançou em março deste ano a campanha ‘A vida recomeça quando a violência termina: quebre o ciclo’ para enfrentamento da violência doméstica contra a mulher. O fortalecimento de ações como esta, voltada à violência contra a mulher é uma das seis diretrizes da atual gestão do Poder Judiciário estadual (biênio 2021/2022).
 
Confira mais informações AQUI, no hotsite da campanha.
 
 
Saiba mais:
 
 
 
 
 
Informações sobre a pesquisa: Agência Patrícia Galvão
 
Dani Cunha
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
 
 
 

Veja Também:  Após notificação do TCE-MT, Prefeitura de Cuiabá suspende pregão estimado em quase 30 mi

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana