conecte-se conosco


Mato Grosso

Diagnosticado com COVID-19, Vander Masson alerta população para se cuidar com a doença

Publicados

em

Tangará em Foco – Alexandre Rolim 

Empresário testou positivo para COVID-19 e está em isolamento domiciliar (Imagem: Arquivo)

O empresário Vander Masson, pré-candidato a prefeito de Tangará da Serra pelo PSDB, utilizou sua página no Facebook na noite desta quinta-feira, 11, para alertar a população e pedir para que todos se cuidem com o coronavírus (COVID-19). Vander testou positivo para o vírus e está em isolamento domiciliar.

Ele contou que começou a sentir os sintomas da doença no dia 04 de junho, quinta-feira, procurou atendimento médico e iniciou o protocolo por suspeita de COVID, tomando medicamentos e ficando em quarentena.

Ele comenta que as pessoas devem ter sim medo da doença e buscar atendimento médico assim que apresentar os primeiros sintomas. “É uma doença perigosa, que pode levar ao óbito”, disse, alertando para que a população busque atendimento médico quando apresentar um dos sintomas característicos como febre, dor de cabeça, dor no corpo, irritação no corpo e diarreia.

Ao se dirigir às pessoas que insistem em dizer que a doença ‘não pega’, Vander alerta: “eu quero dizer que pega sim, eu sou testemunha viva aqui, estou com COVID”, frisou.

Veja Também:  Servidores exclusivamente comissionados podem aderir ao Mato Grosso Saúde

“Temos que ter responsabilidade, de cuidar também das outras pessoas, do grupo de risco para que não tenha que pedir socorro no sistema público de saúde, que pode estar ausente ou colapsado”, disse, ao finalizar bênçãos divinas e iluminação à ciência para que encontre tratamento eficaz contra a doença.

 

 

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Três homens são presos em flagrante por latrocínio forjado ocorrido em chácara, em Alto Araguaia

Publicados

em


A Polícia Civil em Alto Araguaia esclareceu um latrocínio forjado que ocorreu nesta quinta-feira (22.07), na zona rural do município, e prendeu três pessoas em flagrante por homicídio qualificado.

O crime ocorreu na manhã de 22 de julho, em uma chácara a aproximadamente 20 quilômetros da cidade de Alto Araguaia. Dois homens, a mando de uma terceira pessoa, que é proprietária da chácara, simularam um roubo e mataram com dois disparos de arma de fogo João Marciano Moraes Irigaray, de 44 anos.

Foram presos os dois executores do crime, de 21 e 23 anos, e o proprietário da chácara, de 40 anos.

A equipe do hospital municipal de Alto Araguaia acionou a polícia informando que havia duas pessoas feridas por disparos de arma de fogo em uma chácara e a ambulância estava a caminho. A vítima, João Marciano, foi a óbito no local e a segunda pessoa foi socorrida, com um ferimento no ombro.

Investigações

Imediatamente após o crime, a equipe de investigação da Delegacia de Alto Araguaia, com apoio da Polícia Militar, realizou várias diligências e conseguiu chegar aos executores. Com eles foram apreendidos três revólveres, duas espingardas, várias munições, celulares, talões de cheques e outros objetos levados da chácara durante o roubo forjado.

Veja Também:  Seduc-MT cede à prefeitura de Barra do Garças prédio que vai abrigar escola municipal

A apuração da Polícia Civil constatou que o crime foi forjado pelo dono da chácara, que inclusive, disse aos executores para que disparassem contra ele como forma de dar mais veracidade à trama.

A terceira pessoa, identificada como o mandante do crime, foi presa em flagrante em uma unidade hospitalar em Rondonópolis, para onde foi encaminhado para atendimento. Após receber alta médica, ele será encaminhado à Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa.

Os três foram autuados em flagrante pelo delegado Fábio Nahas Pereira por homicídio qualificado. O delegado fará representação à Justiça pela conversão do flagrante em prisão preventiva.

As investigações prosseguem para apurar a motivação do crime.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Operação cumpre 24 mandados em MT e MG contra envolvidos em esquema de desvio e receptação de cargas de soja

Publicados

em


A Polícia Civil em Sorriso deflagrou na manhã desta sexta-feira (23) a Operação Silo de Areia para cumprimento de 24 mandados judiciais de prisão e de busca e apreensão contra investigados por desvio e receptação de cargas de soja.

De acordo com o delegado que coordena a operação, Márcio Henrique Portela, também estão sendo realizados bloqueios de ativos financeiros, sequestro e indisponibilidade de bens móveis e imóveis de 11 envolvidos no esquema criminoso. As investigações tiveram inicio no ano passado, a partir do registro da ocorrência de desvios de cargas de soja na região de Sorriso.

A Operação Silo de Areia cumpre mandados nas cidades de Sorriso, Ipiranga do Norte, Jaciara, Rosário Oeste, Várzea Grande e também nas cidades mineiras de Uberlândia e Tupaciguara.

As ordens judiciais foram decretadas pelo juízo da 2ª Vara Criminal de Sorriso.

Participam da operação equipes das Delegacias da Regional de Sinop, Delegacia de Rosário Oeste, Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande e Delegacia de Jaciara, além do apoio da Gerência de Operações Especiais da Polícia Civil, unidade do Ciopaer de Sorriso e a Polícia Civil de Minas Gerais.

Veja Também:  Seduc-MT cede à prefeitura de Barra do Garças prédio que vai abrigar escola municipal

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana