conecte-se conosco


Economia

Discurso “antipolítica” de Bolsonaro emperra nova Previdência, diz Rodrigo Maia

Publicados

em



Flickr/Palácio do Planalto

“A questão é construir uma aliança [para conseguir aprovar a reforma da Previdência]”, opinou Rodrigo Maia (DEM)

Para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), um dos obstáculos para o presidente Jair Bolsonaro (PSL) conseguir aprovar a reforma da Previdência é seu discurso “antipolítica”. Na visão do parlamentar, se a votação do projeto acontecesse hoje na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), o governo perderia.

Leia também: Tramitação da reforma vai atrasar sem proposta para militares, diz Rodrigo Maia

“O problema é que o presidente está refém do discurso dele de campanha. A questão é construir uma aliança. A gente não pode menosprezar a política, criminalizar a política
em todos os momentos”, opinou Maia. A declaração foi feita nesta terça-feira (26), em São Paulo, durante a 20º CEO Brasil 2019 Conference, organizada pelo banco BTG Pactual.

O presidente da Câmara ainda acrescentou que os parlamentares estarão prontos para votar a reforma da Previdência
até a primeira quinzena de julho, o que dará tempo ao governo para negociar. Antes disso, para Maia, pode ser arriscado para o projeto. “Se a gente sabe que é um processo de construção porque ter pressa em instalar a comissão? Vamos dar tempo ao tempo. Talvez a pressa possa derrotar a reforma”, disse.

Veja Também:  Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar até R$ 1 mil no FGTS

Leia também: Sem reforma da Previdência, Brasil entraria em recessão em 2020, diz governo

O deputado também declaro que, por ora, é impossível saber quantos votos Bolsonaro
teria a favor da reforma, uma vez que sua base aliada ainda está em formação. Na visão de Maia, a articulação do governo precisa melhorar, e que mesmo que o DEM, seu partido, apoie a nova Previdência, seria necessário “convencer” mais 10 ou 12 siglas para viabilizar a aprovação do projeto.

Críticas à comunicação


“A comunicação do governo precisa ser mais ágil. Eu vejo com muita preocupação esse erro
Tânia Rêgo/Agência Brasil

“A comunicação do governo precisa ser mais ágil. Eu vejo com muita preocupação esse erro”, disse o parlamentar

Durante o evento, Rodrigo Maia ainda criticou a comunicação do governo sobre a reforma, considerada lenta pelo parlamentar. “A comunicação precisa ser mais ágil. As redes sociais são muito rápidas. A contaminação é quase que instantânea. Eu vejo com muita preocupação esse erro […], não ter preparado as redes com essa guerrilha”, afirmou.

Leia também: Servidores com altos salários protestam contra alíquota da nova Previdência

Veja Também:  Anatel aprova compra da Oi Móvel por Vivo, TIM e Claro

Para o deputado, essa lentidão pode fazer com que o governo perca o controle da narrativa e seja atingido pela mesma onda de rejeição que impediu Michel Temer (MDB) de aprovar uma reforma da Previdência
. “Se o governo não for rápido, a gente acaba contaminando [a proposta] como acabou contaminada a reforma do Michel Temer. Nós temos a melhor estrutura de comunicação de WhatsApp e não pode perder a oportunidade de utilizá-la”, opinou.

Comentários Facebook
Propaganda

Economia

Aneel realizá leilão que prevê até R$ 15,3 bilhões em investimentos

Publicados

em

Por

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai leiloar na próxima quinta-feira (30) 13 lotes de linhas de transmissão de energia. As empresas que obtiverem a concessão ficarão responsáveis por construir, operar e manter as linhas, que somam um total de 5.425 quilômetros e uma capacidade de 6.180 mega-volt-ampères (MVA).

O leilão vai ocorrer às 10h, na sede da B3, em São Paulo. Os contratos de concessão estão previstos para ser assinados em 30 de setembro, e as empresas vencedoras terão prazos de 42 a 60 meses para iniciar a operação comercial das linhas de transmissão. A Aneel prevê que os contratos de concessão gerem R$ 15,3 bilhões em investimentos, gerando de 31.697 empregos diretos.

Os lotes dos empreendimentos estão localizados em 13 estados: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

O lote de maior extensão e que deve gerar mais empregos é o de número 2, que corta os estados de Minas Gerais e São Paulo em um percurso de 1,7 mil quilômetros. O lote tem finalidade de expandir a capacidade de transmissão da região Norte de Minas Gerais e, se concretizado, deve empregar 9,8 mil pessoas.

Veja Também:  Desenvolve MT disponibiliza linha de crédito emergencial para MEI e microempresas

A disputa dos lances se dará pelo valor de Receita Anual Permitida (RAP). Quando houver mais de uma proposta pelo mesmo lote, vencerá a que propuser o menor valor anual de receita.

Os proponentes deverão depositar para a Aneel uma garantia de proposta no valor de 1% do investimento estimado, com prazo de validade igual ou superior a 120 dias após o leilão e renovável por mais 60 dias.

Para a assinatura do contrato de concessão, o proponente vencedor deverá substituir a garantia anterior por uma correspondente a 5%, 7,5% ou 10% do valor do investimento previsto, a depender do deságio oferecido no leilão.

Edição: Nádia Franco

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Correntistas do BB podem mudar limite de cartão adicional por WhatsApp

Publicados

em

Por

Os clientes do Banco do Brasil (BB) podem consultar e alterar o limite dos cartões de crédito adicionais por meio do WhatsApp. A ferramenta foi lançada nesta semana e já está disponível aos correntistas.

A personalização dos limites dos cartões adicionais só podia ser feita, até agora, pelo site da instituição financeira. Os ajustes no cartão principal estão disponíveis há alguns meses no aplicativo de mensagens.

Para verificar o limite, o correntista deve enviar uma mensagem para o número (61) 4004-0001 e enviar mensagem pedindo a consulta. A partir daí, o sistema de inteligência artificial apresenta opções, bastando selecionar consulta para o adicional e indicar o cartão que deseja consultar. O bot (robô) informa o valor total do limite e o disponível para uso.

Para alterar o limite, é necessário enviar a mensagem pedindo para ajustar o limite do cartão, escolher “Adicional” e indicar o cartão que deseja modificar. Depois, é só informar o novo valor.

Com as novidades, subiu para 21 o número de transações disponíveis para cartões de crédito e de débito do BB via WhatsApp. Entre os serviços que podem ser feitos pelo aplicativo, estão o pedido de segunda via do cartão, a contestação de compras, o envio da fatura por meio de arquivo PDF e a habilitação ou desabilitação do NFC (pagamento por aproximação).

Veja Também:  Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar até R$ 1 mil no FGTS

 

Edição: Claudia Felczak

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana