conecte-se conosco


Entretenimento

Edi Rock, do Racionais MC’s, é acusado de abuso sexual por influencer

Publicados

em

source
Edi Rock, do Racionais MC's, é acusado de abuso sexual por influencer
Reprodução

Edi Rock, do Racionais MC’s, é acusado de abuso sexual por influencer

Edi Rock, integrante do Racionais MC’s, um dos principais grupos de rap do país, está sendo acusado de assédio sexual. Na terça-feira (21), a influenciadora Juliana Thaisa postou um desabafo no Instagram acusando o membro do grupo. Através das redes sociais, o artista negou o caso.

Edivaldo Pereira Alves, de 51 anos, mais conhecido como Edi Rock está envolvido num suposto caso de assédio. Juliana Thaisa alega que o rapper teria cometido o crime durante uma visita no apartamento da influenciadora, no ano passado.

“Tem um pouco mais de 1 ano que fui violentada, e na época eu não expus para preservar a minha filha, fiquei com MEDO. E há pouco tempo decidi expor tudo, tanto as violências do núcleo familiar, como a violência do cantor de rap”, disse Juliana nos Stories

Nas redes sociais, a influenciadora publicou capturas de telas e gravações da câmera de segurança que mostram a presença do artista no dia do suposto ocorrido.

Em uma publicação no Instagram, a influenciadora utilizou um verso da música ‘Diário de um Detento’, do grupo Racionais MC’s, para enfatizar a acusação.

“Homem é homem, mulher é mulher, ESTUPRADOR É DIFERENTE NÉ, EDI ROCK?! #temjacknorap DENÚNCIA NOS STORIES”, escreveu.

Nos stories, a influenciadora explica que durante a visita recusou as tentativas de aproximação do artista, mas que ele ignorou a falta de consentimento. 

Na noite do ocorrido, policiais prestaram suporte a influenciadora e o caso foi levado para a justiça de São Paulo. No entanto, segundo Juliana, apesar dos boletins e denúncias realizadas, o caso foi arquivado por falta de provas.

“A justiça sabe que acontece clandestinamente, e mesmo assim, arquivou o inquérito sem que eu fosse ouvida. Porque todas as provas não foram o suficiente. Queria o que? Que eu filmasse ele tentando me levar a força para o banheiro e tirar a minha roupa. Que momento eu ia conseguir fazer isso? Que ÓDIO”, desabafou ela que ainda diz temer por sua vida.

“Se acontecer alguma coisa comigo, investiguem o EDI ROCK. Existe um drive com todas as provas que não foram o suficiente para o Ministério Público. As pessoas certas já tem acesso, caso aconteça alguma coisa comigo”.

Veja Também:  Sonia Abrão responde críticas de GKay: 'Constrangedora'

“Existem VÁRIAS filmagens da câmera de segurança do prédio, e só eu sei a humilhação que eu passei para conseguir essas imagens. Laudo psicológico, até porque no dia seguinte eu solicitei uma sessão de emergência, BO, print pedindo socorro, print das ligações dele mesmo após o ocorrido porque ele ainda ficou atrás de mim. INQUÉRITO ARQUIVADO E EU NÃO FUI OUVIDA. EU NÃO FUI OUVIDA, EU NÃO FUI OUVIDA, EU NÃO FUI OUVIDA. ELE NEGOU, E PALAVRA DELE FOI VALIDADA. O SISTEMA É PATRIARCAL, MACHISTA, MISÓGINO E OPRESSOR”, criticou.

Após a exposição do caso, o rapper utilizou as próprias redes sociais para negar as acusações. 

“Salve família! Sobre as acusações contra mim nas redes, já foi comprovado pela justiça que é MENTIRA! Os fatos expostos tornaram a narrativa apresentada ilegítima e caluniosa. Meus advogados cientes, tomaram as medidas cabíveis. Atenciosamente: Edivaldo Pereira Alves”, escreveu no Twitter.





Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Hospital abre sindicância e apura crime cometido contra Klara Castanho

Publicados

em

Por

source
Klara Castanho teve sua intimidade exposta pela equipe médica que a atendeu
Reprodução/Instagram

Klara Castanho teve sua intimidade exposta pela equipe médica que a atendeu


Após o vazamento de dados sigilosos de Klara Castanho , o hospital que atendeu a atriz para a realização do parto abriu uma sindicância interna para apurar os fatos e identificar quais funcionários se envolveram na divulgação de informações que nunca deveriam ter sido retiradas dos prontuários.


Em nota enviada a este colunista que vos fala, a Rede D’Or lamentou o vazamento dos dados e afirmou que iniciará a investigação na unidade de saúde que atendeu a atriz.

“A Rede D’Or tem como princípio preservar a privacidade de seus pacientes bem como o sigilo das informações do prontuário médico. O hospital se solidariza com a paciente e familiares e informa que abriu uma sindicância interna para a apuração desse fato”, disse a rede em nota.

A profissional de saúde que vazou as informações à imprensa, quando identificada, infringiu o artigo 154 do Código Penal, que fala sobre a revelação de informações sigilosas e que possam trazer prejuízos ou danos a outrem. Caso venha a ser julgada e culpabilizada, ela poderá ser presa e pegar até um ano de detenção.

Veja Também:  Otávio Martins faz postagem e é alertado sobre novo golpe na internet

Exposição dolorosa

Na noite de sábado (25), Klara Castanho usou suas redes sociais para informar que havia sido vítima de um estupro, que lhe resultou em uma gravidez. A criança foi entregue legalmente à adoção, porém uma enfermeira do hospital em que ela foi atendida procurou alguns veículos para vazar as informações, que estavam sob sigilo desde então.

Em seu desabafo, bastante doloroso, a atriz relata o desprezo que sentiu por parte da equipe médica que a atendeu e também das dores emocionais que a violação ao seu corpo lhe causou. Uma história triste e que merece ser tratada com respeito.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Renato Goés mostra filho pronto para festa junina: ‘Maior São João’

Publicados

em

Por

source
Francisco, filho de Renato Goés e Thaila Ayala
Reprodução/Instagram

Francisco, filho de Renato Goés e Thaila Ayala

Renato Goés, que deu vida ao jovem Zé Leôncio na primeira fase de “Pantanal”, se mostrou empolgado nas redes sociais ao compartilhar a foto do filho Francisco, de 6 meses, fantasiado para a festa junina.

“Meu São João fantasiado de meu pai. PS: Maria Andrade fez a camisa e a calça pra mim. E agora, 30 anos depois, ela me enviou de presente surpresa a camisa de retalhos pro meu filho, assim como era a minha”, escreveu o ator.

Para compl”Te amo, Mô. Francisco ainda ganhou a calça costurada pela mãe Thaila Ayala!! Maior São João do mundo é aqui!!”, completou, mostrando o bebê com a mãe, a atriz Thaila Ayala.


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Veja Também:  Atriz de “Antônia”, Quelynah pede por emprego e nega ter desaparecido
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana