conecte-se conosco


Tecnologia

Elon Musk cortou o fio? Internautas fazem piadas com queda do Twitter

Publicados

em

Elon Musk vira meme após queda do Twitter
Steve Jurvetson/Flickr

Elon Musk vira meme após queda do Twitter

A interrupção do Twitter na manhã desta quinta-feira  (14) rendeu memes entre internautas brasileiros. Minutos depois de a plataforma deixar de apresentar instabilidade, usuários aproveitaram para zombar da queda, dizendo até que o bilionário Elon Musk – que  desistiu de comprar a rede social na semana passada – teria “puxado os fios” que conectam a rede.

“Elon musk cortou o fio que liga o twitter”, escreveu um usuário. Já outro internauta brincou dizendo que o bilionário teria tropeçado nos cabos, derrubando a plataforma.

“O elon musk derrubando os servidores para não pagar o processo kk”, riu outro.

Veja Também:  TikTok anuncia ferramenta para usuários ganharem dinheiro

Teve quem dissesse ainda que o bilionário teria ido até a sede da empresa pagar a quebra de contrato e saiu “puxando os fios tudo”.

“É verdade que o Elon Musk queria sair sem pagar e tirou o Twitter da tomada hoje de manhã?”, ironizou outra usuária da rede social.

Twitter enfrenta batalha legal

O Twitter está no meio de uma batalha legal  com o bilionário Elon Musk, que está tentando desistir de um acordo para comprar o site de mídia social por US$ 44 bilhões.

A empresa disse que precisa de apenas quatro dias no tribunal para provar que o bilionário deve ser forçado a honrar sua promessa. A empresa chamou sua estratégia de saída de “um modelo de hipocrisia”, segundo documentos judiciais.

Veja Também:  Galaxy M13 chega ao Brasil com câmera de 50 MP por menos de R$ 2 mil

A ação foi movida na terça-feira (12) no estado norte-americano de Delaware e pede que o tribunal ordene que o bilionário complete seu acordo para comprar o Twitter, argumentando que nenhum valor financeiro poderia reparar o dano que ele causou.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Comentários Facebook
Propaganda

Tecnologia

Leilão da Receita tem iPhone por R$ 500, celulares Xiaomi e mais

Publicados

em

Celulares serão leiloados
Unsplash/Jenny Ueberberg

Celulares serão leiloados

A Receita Federal abriu, nesta segunda-feira (8), mais um leilão de produtos apreendidos. Nas próximas semanas, o órgão realizará um pregão com iPhones a partir de R$ 500, lotes com diversos celulares Xiaomi e até máquina de lavar com preço inicial em R$ 390. Os lances podem ser dados até dia 23 de agosto de 2022 por pessoas físicas e jurídicas.

Apesar de diversos produtos estarem disponíveis por valores mais altos, alguns são mais acessíveis. É o caso do iPhone 8 com preço inicial de R$ 500 nos lotes 311, 312, 313 e 314. Além disso, também é possível arrematar um iPhone 11 Pro Max por a partir de R$ 1.800 nos pacotes 318 e 319.

Celulares Xiaomi também estão disponíveis por menos de R$ 2.000. Como no caso do pacote 270 que oferece cinco Redmi Note 8 por R$ 1 mil de lance inicial, e do lote 274 que traz Redmi 9, Note 8 e Note 9 por a partir de R$ 1.500.

Veja Também:  Amazon Music Unlimited fica grátis por 4 meses em promoção

Outro destaque positivo é a presença de uma máquina de lavar roupas Electrolux por apenas R$ 390 no pacote 256.

A Receita Federal também traz diversos fones de ouvido, smartbands, um drone da DJI e uma Scooter Elétrica – confira a tabela completa ao final do texto.

De acordo com o edital, os lotes estão disponíveis para visitação e retirada em sete cidades diferentes: Goiânia (GO), Campo Grande, Ponta Porã, Corumbá e Mundo Novo (MS), Cuiabá (MT) e Palmas (TO).

Como participar do leilão?

Os leilões da Receita Federal têm lotes destinados a pessoas físicas ou jurídicas. Você pode participar, mas o processo é um pouco complicado.

  1. Obtenha um certificado digital (comprado à parte).
  2. Consiga um código de acesso pelo Portal e-CAC.
  3. Procure pelo edital no site da Receita Federal. O número é 0817600/000002/2022.
  4. Faça sua proposta.

A Receita receberá os lances entre 9 de agosto, às 8h, e 22 de agosto, às 21h. A sessão para lance está programada para 23 de agosto, às 10h30. Todos os horários são de Brasília.

Se você quer participar, tenha em mente que a Receita não faz entregas. É preciso agendar um horário pelos telefones disponíveis no edital e ir até o local retirar.

Celulares e itens de destaque no leilão

O Tecnoblog selecionou alguns lotes que chamam a atenção na tabela a seguir.

Lote(s) Principais itens Lance inicial
180 ao 184 1x Scooter Elétrico R$ 2.500
195 1005x Xiaomi Redmi Airdots 2 R$ 35.000
196 725x Xiaomi Mi Smartband 5 R$ 40.000
197 724x Xiaomi Mi Smartband 5 R$ 40.000
198 373x Xiaomi Mi Body Composition Scale R$ 25.000
199 372x Xiaomi Mi Body Composition Scale R$ 25.000
200 20x Mi Robot Vacuum-Mop Essential (aspirador robô) R$ 20.000
201 804x Xiaomi Earbuds Basic 2 R$ 25.000
202 803x Xiaomi Earbuds Basic 2 R$ 25.000
203 ao 205 594x Xiaomi Mi TV Stick R$ 65.000
256 1x Máquina de lavar 16Kg Electrolux (LAC16) R$ 390
257 1x Drone DJI Mini Fly More Combo R$ 1.400
269 5x Xiaomi Redmi Note 9S R$ 2.000
270 5x Xiaomi Redmi Note 8 R$ 1.000
271 10x Xiaomi Redmi Note 9S R$ 4.000
273 10x Xiaomi Mi Band 4 14x Xiaomi Redmi Note 8 1x Redmi 8A 9x Redmi Note 9S 2x Redmi Note 9 Pro 1x Mi 9 Lite 1x Mochila Frozen usada 1x Lancheira Frozen usada 1x Bolsa térmica usada R$ 7.500
274 3x Redmi Note 8 1x Redmi Note 9 1x Redmi 9 R$ 1.500
292 1x iPhone 8 Plus R$ 900
293 ao 299 1x iPhone 7 R$ 600
308 25x iPhone 7 Plus R$ 12.000
309 e 310 1x iPhone 12 Pro Max R$ 3.050
311 ao 314 1x iPhone 8 R$ 500
315 ao 317 1x iPhone XR R$ 930
318 e 319 1x iPhone 11 Pro Max R$ 1.800

Fonte: IG TECNOLOGIA

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Instagram vai testar exibição de fotos que ocupam a tela toda

Publicados

em

Instagram testa feed em tela cheia
Unsplash/Kate Torline

Instagram testa feed em tela cheia

O Instagram vai começar a testar fotos verticais, de acordo com o chefe da rede social, Adam Mosseri. Depois de  receber críticas e desistir de reformular o feed e focar em vídeos, a plataforma agora pensa em deixar as fotos em um formato mais parecido com os Reels.

Segundo Mosseri, as fotos poderão atingir a proporção de até 9:16, e os testes devem começar “em uma ou duas semanas”. “Você pode ter vídeos verticais, mas não pode ter fotos verticais no Instagram. Então pensamos que talvez devêssemos nos certificar de que tratamos os dois igualmente”, disse ele, em um Story.

Aparentemente, os testes trarão uma opção para quem quer postar fotos verticais, mas sem obrigar todas as publicações a serem assim. O objetivo é que as imagens ocupem a tela toda, assim como os vídeos já fazem.

Por enquanto, não é possível saber quais mercados receberão os testes, nem se o Instagram lançará a ferramenta oficialmente no futuro.


Fonte: IG TECNOLOGIA

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana