conecte-se conosco


Carros e Motos

Empresa cria bicicleta que funciona como estação de energia

Publicados

em

source
Bicicleta elétrica pode carregar telefone, câmeras e até fornecer energia para televisão
Divulgação

Bicicleta elétrica pode carregar telefone, câmeras e até fornecer energia para televisão

A Califórnia é um dos berços de inovação nos Estados Unidos, e é de lá que vem a Mokwheel, uma empresa que fabrica bicicletas elétricas inteligentes.

A Basalt e-bike é a mais nova criação da fabricante e afirma que é a primeira fusão entre bicicleta elétrica e estação de energia do mundo, permitindo carregar eletrodomésticos e aparelhos portáteis.

A bicicleta tem estilo aventureiro e vem equipada com rodas de aro 26, freios hidráulicos pneus voltados para o uso em terrenos enlameados ou rochosos e também possui um garfo hidráulico com 110 mm de percurso. Isso tudo integrado a um quadro de alumínio capaz de carregar 181 kg.

A Basalt conta com um motor de 750W que produz 8,6 kgfm de torque e alcança a velocidade máxima de 45 km/h. As baterias de 960Wh da Samsung/LG são capazes de 136 km de autonomia com um carga e o nível de bateria e outras informações importantes são informados em um monitor de LED.

Só pela autonomia e motor elétrico, a Basalt já é uma e-bike competitiva, mas seu diferencial é um inversor com capacidade de carregamento solar, que transformam a bicicleta em uma estação de energia elétrica.

Esse inversor permite carregar equipamentos como celular, câmeras fotográficas, notebooks e até mesmo panelas elétricas. O equipamento fornece até 1000W de energia e possui saída USB-C 12v, e doméstica AC, além de compatibilidade com painéis solares de 18 a 48 volts.

Atualmente a Basal t pode ser adquirida através da plataforma de financiamento coletivo Indigogo e segundo o site oficial, o preço será abaixo dos US$ 2.000, ou R$10.350 em conversão simples.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Propaganda

Carros e Motos

Kia revela preços do novo Sportage Híbrido MHEV, que chega no dia 7

Publicados

em

Por


Kia Sportage
Divulgação

Kia Sportage

A Kia anunciou os preços do Sportage Híbrido MHEV, cujo início de venda no mercado brasileiro começa nesta quinta-feira, 07 de julho. Começa por R $ 219.990 (EX) e chega aos  R$ 254.990 (EX Prestige) . Em ambas, a pintura metálica ou perolizada terá acréscimo de R$ 2.800.

O modelo, segundo a marca sul-coreana, é o segundo a contar com motor híbrido leve. Trata-se do Gamma II, de 1.6 litro , turbo, com injeção direta, à gasolina e bateria de 48 volts. Ele gera  180 cv e 27 kgfm , e funciona em conjunto com o câmbio automático de 7 marchas e dupla embreagem, com sistema stop and go.

Na versão mais completa da linha, a EX Prestige , o Sportage se diferencia do modelo de entrada pelo jogo de rodas de liga de aro 19” com acabamento diamantado, detalhes externos em preto brilhante e cromo fosco.

Veja Também:  Hyundai Venue, SUV menor que o Creta, é revelado em novos esboços

Já na lista de itens, o modelo já vem com: ar-condicionado bi-zone digital automático e sensível ao toque; bancos com revestimento em couro e camurça e ventilação; comando do câmbio com seletor rotativo elétrico; carregador de celular por indução; ‘Shift Paddles’ para trocas de marchas atrás do volante; display integrado curvo com duas telas de 12.3”, entre outros.

O novo  Sportage Híbrido MHEV terá concorrentes diretos como Toyota Corolla Cross, Jeep Compass, Volkswagen Taos e Caoa Chery Tiggo 7 PRO.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Diesel fecha com alta de 36,4% no primeiro semestre e passa gasolina

Publicados

em

Por


As altas do diesel indicam fortemente que os custos de frete e até de mercadorias irão subir também
Divulgação

As altas do diesel indicam fortemente que os custos de frete e até de mercadorias irão subir também

O preço do litro do diesel comum fechou o mês de junho com média de R$7,87, valor 9,8% mais alto ante o mês de maio, segundo pesquisa do Índice de Preços Ticket Log (IPTL). O mesmo levantamento ainda registra alta de 9,9% no diesel S-10 (R $ 8) , nos postos de abastecimento do País.

No primeiro semestre de 2022, os dois combustíveis fecharam com altas de 36,4% (diesel) e de 37,3% (gasolina). Desse modo, é a primeira vez em 12 anos de história que o preço do diesel passa o da gasolina, que fechou a R$ 7,56.

Na análise regional, todas as regiões tiveram alta no diesel nos dois últimos meses com maiores médias no Norte: +3,63% ( R$ 7,70 o tipo comum) e +3,05% (R$ 7,79 o S-10). Novamente o Sul liderou as menores médias com o tipo comum por R$ 7,02 e o S-10 a R$ 7,10.

Veja Também:  Frota de usados e seminovos tende a crescer nos próximos anos

Por Estado, o Acre apresentou o maior preço médio para o comum, comercializado a R$ 8,05 (+3,64%) . O acréscimo mais expressivo foi identificado no Amapá (+5,40%) , que passou de R$ 7,52 para R$ 7,93 . O RS teve o menor preço médio ( R$ 6,96 ), mas com alta de 4,33%.

O diesel S-10 mais caro veio do Amapá, a R$ 8,17 (+4,05%) . Além de apresentar o menor preço médio para o diesel comum, o RS também registrou a menor média para o S-10, a R$ 7,05 , porém, apresentou o acréscimo mais significativo do País para esse combustível (4,83%).

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana