conecte-se conosco


Barra do Bugres

Estado descarta reduzir horário de expediente dos servidores de MT

Publicados

em

LARISSA MALHEIROS-folhamax
maurocarvalho.jpg

O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, avisa que o Governo do Estado estuda a mudança do horário de expediente e não a redução da carga horária do servidor público. A declaração do gestor tem como objetivo esclarecer a proposta estudada pelo Executivo de atingir a meta de redução de energia elétrica em 20% em todos os órgãos da administração direta e indireta.

O secretário também destaca que não existe redução salarial dos servidores. Segundo ele, a ideia é antecipar a entrada e a saída dos servidores em meia hora diariamente, sem alterar a carga horária. Sendo assim, o horário de entrada passaria a ser 7h30 e de saída 17h30.

“Não existe nenhuma conclusão em relação a isso, por enquanto as coisas continuam da forma que está, com a mesma carga horária e o mesmo salário”, assegurou Carvalho.

A proposta passou a ser comparada com a decisão do ex-governador Pedro Taques (PSDB) em 2016, quando diminuiu o horário de expediente para meio período, com discurso também de redução dos custos. No entanto, Carvalho descarta a possibilidade e afirma que não existe nada relacionado a isso.

Veja Também:  Santa Cruz vem com tudo em 2020 com as bênçãos da Padroeira da cidade de Barra do Bugres

“Por enquanto, o Governo ainda não sentou para discutir nenhuma possibilidade com relação à mudança ou carga horária do trabalho de servidor. Não passou pela nossa pauta isso, não dá para se falar em possibilidade se este assunto não foi discutido com o governador Mauro Mendes”, comunicou.

A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) realizou um levantamento sobre a tarifa de energia elétrica, constatando que o deslocamento da carga de consumo trará uma economia de cerca de R$ 100 mil mensais apenas no Centro Político Administrativo, totalizando R$ 1,2 milhão ao ano.

Isso porque, a partir das 17h30min a tarifa de energia elétrica passa de R$ 0,31 o quilowatt hora para R$ 1,48. Um aumento de 380%. A proposta ainda deve ser apresentada ao governador Mauro Mendes (DEM).

Comentários Facebook
Propaganda

Barra do Bugres

Publicados

em

O Vereador Lennon Corezomaé “Podemos”esteve em visita na capital juntamente com o cacique Luciel Boroponepá, o líder jovem Luciano Ariabo Quezo e o Coordenador da Escola Estadual Julá Paré, Marcio Monzilar.
Foi entregue demandas com relação a Educação Escolar Indígena, Agricultura mecanizada em grande escala e maquinários para o Território Indígena Umutina. O gabinete do Deputado Faissal se comprometeu a dar encaminhamento nas solicitações e apresentar uma resposta para os representantes.
O Povo Balatiponé atualmente tem vários Projetos de sustentabilidade em andamento e tem procurado parceiros para fortalecer as iniciativas e fazer com que a população avance na geração de renda e possa acolher novamente parte dos parentes que saíram em busca de trabalho na cidade.
Fonte: Assessoria
 
Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres – MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Prefeitos da região debatem necessidades em encontro realizado em Tangará
Continue lendo

Barra do Bugres

Vereador, Cacique e Lideranças do Povo Balatiponé buscam parceria junto ao Conselheiro Humberto Bosaipo.

Publicados

em

As lideranças indígenas estiveram na casa do conselheiro para tratar de assuntos relacionados aos projetos de geração de renda do Território Umutina. Foi abordado a importância de apoiadores para que o Povo Balatiponé consiga o licenciamento ambiental para legalização de um espaço no Território Indígena Umutina para realizar o plantio mecanizado.
Também foi colocado em pauta a necessidade de melhorias estruturais para Escola Estadual Indígena Julá Paré, como construção de uma quadra poliesportiva e de uma casa tradicional. Foi mencionado a importância da aquisição de um transformador para Escola Estadual que consiga manter o ar condicionado para que se tenha climatização nas salas de aulas.
Outro ponto importante mencionado foi o conserto do trator do Território Umutina e realização dos jogos indígenas a nível regional e estadual.
O conselheiro ouviu as demandas e se propôs a ser parceiro e apoiador dos Projetos de geração de rendo do Povo Balatiponé.
Fonte: Assessoria 
Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres – MT 

Comentários Facebook
Veja Também:  Ministro da Cidadania confirma 13º salário do Bolsa Família
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana