conecte-se conosco


Agronegócio

ETANOL/CEPEA: Quantidade de hidratado vendida em julho é a menor desde fev/17

Publicados

em


Cepea, 3/8/2021 – O volume de etanol hidratado vendido pelas usinas no mercado spot de São Paulo em julho foi o menor desde fev/2017 e 13% inferior ao de jun/21, segundo dados apurados pelo Cepea. Na comparação com jul20, o recuo foi ainda mais expressivo: de 28,4%. Conforme pesquisadores do Cepea, esse cenário está atrelado, em algum grau, aos desdobramentos das medidas restritivas impostas pela pandemia de covid-19 no Brasil, com consequência no deslocamento das pessoas. É fato que o volume utilizado de combustíveis, de forma geral, ainda não voltou aos níveis observados em anos anteriores. Ainda de acordo com pesquisadores do Cepea, os preços relativos entre etanol hidratado e gasolina, que têm ultrapassado o ponto tido pela maior parte dos proprietários de veículos flex como de indiferença, também explicam a queda nas vendas de hidratado. Dados do Cepea mostram ainda que a queda no volume de etanol hidratado comercializado se deve também à baixa ocorrida na modalidade de contratos: na média dos três primeiros meses do presente ano-safra, relativamente ao mesmo período de 2020, o recuo foi de 39%. Quanto aos preços dos etanóis combustíveis, seguem firmes para o atual momento do ano-safra. Em julho (considerando-se as semanas cheias), a média do Indicador CEPEA/ESALQ semanal do hidratado (semanas cheias) foi de R$ 2,9411/litro, alta de 1,32% na comparação com a das semanas de junho. No mesmo comparativo, para o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol anidro, considerando somente o mercado spot, houve ajuste positivo de 1,1% entre as médias de junho e julho, a R$ 3,3873/litro. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Veja Também:  Além do ganho de peso, confinamento precisa garantir bem-estar animal
Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Propaganda

Agronegócio

ETANOL/CEPEA: Preço do hidratado sobe; anidro se desvaloriza

Publicados

em


Cepea, 21/09/2021 – As cotações do etanol hidratado subiram por mais uma semana no estado de São Paulo. Entre 13 e 17 de setembro, o Indicador CEPEA/ESALQ do hidratado fechou em R$ 3,2635/litro, alta de 0,83% frente ao período anterior. De acordo com informações do Cepea, a menor oferta do biocombustível e a proximidade da finalização da moagem de cana-de-açúcar nas usinas da região Centro-Sul do País resultaram em novos avanços nos valores. Já no caso do etanol anidro, o movimento de alta nos preços, que era verificado desde a primeira semana de julho, foi interrompido.  Assim, de 13 a 17 de setembro, o Indicador CEPEA/ESALQ fechou a R$ 3,8026/litro, queda de 0,59% em relação ao da semana anterior. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Veja Também:  Brasil embarcou 45,8 mil toneladas de carne suína na parcial de dezembro
Continue lendo

Agronegócio

CENOURA/CEPEA: Preço continua em alta em MG

Publicados

em


Cepea, 21/09/2021 – Os preços da cenoura estão em alta devido à baixa oferta em todo o País, de acordo com informações do Hortifruti/Cepea. Em São Gotardo (MG), a cenoura “suja” foi negociada a R$ 28,00/cx de 29 kg de 13 a 17 de setembro, avanço de 19,10%. Segundo pesquisadores do Cepea, o volume em Minas Gerais tem sido afetado pelo longo período de estiagem – a falta de chuvas prejudica diretamente o desenvolvimento das raízes, reduzindo também a disponibilidade do padrão “AAA” de comercialização. Além disso, de acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, a demanda de outros estados pelas cenouras mineiras vem crescendo frente à oferta reduzida nas demais regiões produtoras. Fonte: Cepea/Hortifruti – www.hfbrasil.org.br

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Veja Também:  Aprosoja segue contrária à reedição do Fethab
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana