conecte-se conosco


Mato Grosso

Eventos e projetos transformam rotina nas bibliotecas públicas de MT

Publicados

em

O 1º Encontro de 2019 do Programa de Qualificação dos Agentes de Bibliotecas Públicas, que ocorreu esta semana, em Cuiabá, reuniu participantes de 24 municípios do Estado para debater sobre Mediação de Leitura. Além do tema proposto e desmistificando uma das crenças populares a respeito de bibliotecas, um dos tópicos mais destacados foi o papel social desses equipamentos culturais. Ou seja, esclarecer que bibliotecas devem ser espaços vivos, dinâmicos e, acima de tudo, úteis para a sociedade. Do contrário, tornam-se apenas locais passivos, onde há livros para pesquisar, mas sem leitores e/ou visitantes.

“Desde que o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de Mato Grosso passou a focar na mudança de conceito sobre o papel das bibliotecas, a partir de 2015, percebemos um grande avanço na gestão desses equipamentos culturais. Percebemos que hoje estão mais autônomas e cumprindo melhor a sua missão, que é transformar a sociedade por meio da cultura e do conhecimento. Uma biblioteca pode ter investimento e o melhor acervo do mundo, se não for útil, será somente um lugar bonito”, destaca a coordenadora do Sistema, Waldineia Almeida.

Um exemplo dessa mudança na gestão ocorreu em Apiacás (1.010 quilômetros ao norte de Cuiabá). A biblioteca municipal foi fechada por falta de visitação. “As pessoas simplesmente não iam, o livro ficou sem registro por vários meses”, explica Angélica Fernandes Nunes. Uma nova tentativa foi feita e a biblioteca foi reaberta em junho do ano passado, com outra proposta de atuação. Hoje, o espaço registra mais de 400 visitas desde a reinauguração, e os moradores da cidade reconhecem a utilidade do equipamento.

Veja Também:  Com menos da metade das vagas de mesário voluntário preenchidas, cartório faz apelo

“Temos uma agenda de eventos. Por exemplo, o Momento da Leitura e o Festival Cultural. As escolas levam os alunos, há os voluntários que se fantasiam, fazem brincadeiras e contam histórias. Os pais levam os filhos para conhecer e emprestar livros porque perceberam que as crianças precisam dessa interação saudável. A cidade é muito carente nesse quesito, não tem parque, não tem museu. O que temos é a biblioteca e a praça”, explica Angélica.

A experiência de Apiacás mostra como a mudança na forma como as pessoas interagem com o equipamento cultural transforma a rotina espaço. De um local sem visitação, para um espaço atraente, onde a comunidade quer estar e se compromete com a revitalização (neste caso pela participação nas atividades e pelo voluntariado). E a promoção de eventos tem sido uma das estratégias utilizadas pelas bibliotecas públicas para revitalizar os espaços.

Isso acontece também em Nova Monte Verde, a 968 quilômetros ao norte de Cuiabá, onde a equipe da biblioteca municipal promove cursos de instrumentos musicais, dança e teatro para o público de 07 a 16 anos. Desta forma, o espaço consegue atrair pessoas e, em outros horários, há atividades de incentivo à leitura e pesquisas nos computadores. “Nos tempos atuais, com celular e televisão, o livro nem sempre é a primeira opção para jovens e crianças. Precisamos de atrativos para levá-los até a biblioteca, e assim, desenvolver projetos de incentivo à leitura”, comenta a Jucélia Queiroz.  

Em Várzea Grande, a estratégia também segue na mesma linha. Luciana Maria Bee, da Biblioteca Municipal Professora Laurinda Coelho Pereira, conta que o espaço foi reinaugurado há um ano, e nesse período já foram realizados 15 eventos entre chás literários, saraus, palestras e declamação de poesia. “A biblioteca não é só um local pra ler livros, é um espaço de informação. O conhecimento é transmitido também nas conversas e diálogos”.

Veja Também:  Governador sugere que farmácias publiquem tabela com composição de preços

Além disso, Luciana destaca a importância do programa de qualificação do Sistema de Bibliotecas para o fortalecimento desses equipamentos culturais. “Participo desde 2015 das capacitações, que são muito boas. Aprendi temas variados, que são fundamentais para a nossa formação e principalmente para melhoria da gestão das bibliotecas”.   

O 1º Encontro de 2019 do Programa de Qualificação dos Agentes de Bibliotecas Públicas começou na terça-feira (26.03) e terminou nesta sexta-feira (29.03). A equipe do Sistema de Bibliotecas realiza outros encontros no ano, sempre em pólos diferentes. Além dos eventos, o Sistema também promove visitas técnicas para vistorias, orientações e revitalização das bibliotecas públicas, além de distribuição de livros.

No ano passado, foram realizados seis encontros regionais, com capacitação de 150 gestores e agentes de bibliotecas. Nos anteriores foram abordados assuntos voltados ao conceito de funcionamento das bibliotecas, que inclui desde organização do acervo até formas de torná-las espaços dinâmicos com participação da sociedade.

O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas possui hoje 154 bibliotecas vinculadas, sendo 142 municipais e 11 comunitárias, além da Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça. Todas atuam de forma integrada, compartilhando experiências de gestão, oferecendo apoio técnico e atuando para informatização e disponibilidade do acervo online para os usuários mato-grossenses.

Para mais informações, acesse: http://www.bibliotecapublica.mt.gov.br/-/9820473-sobre

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

“Este é um Governo diferenciado, que faz as coisas acontecerem”, afirma prefeito de Colíder em inauguração de nova ala do Hospital Regional

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso inaugurou, nesta quinta-feira (27.07), a nova ala do Hospital Regional de Colíder, que é referência para seis municípios da região. A área ampliada conta com 20 leitos de enfermaria e será, inicialmente, destinada ao atendimento de pacientes com Covid-19.

O Estado investiu R$ 8 milhões na estrutura física e mais R$ 1,5 milhão no mobiliário da nova ala.

Durante a solenidade de inauguração dos novos leitos, o governador Mauro Mendes reafirmou o compromisso do atual Governo em modernizar a saúde pública e investir em áreas essenciais. 

“A ala ampliada do Hospital Regional de Colíder traz um novo conceito de saúde pública, o mesmo que estamos levando para todos os hospitais regionais e todas as novas unidades que vamos construir. O objetivo é que a infraestrutura leve a uma mudança comportamental, para melhorarmos a saúde que é oferecida ao cidadão de Mato Grosso. A mesma postura que adotamos na saúde, nós temos na nossa educação, nas nossas estradas. Todos os equipamentos do Governo trabalham para fazer muito, mas fazer com qualidade”, declarou o governador. 

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, enfatizou que essa é uma das entregas feitas pelo atual Governo, que prioriza a modernização de todas as unidades de saúde geridas pelo Estado e a melhoria do serviço prestado à população. 

Veja Também:  Governo garante repasses para 22 instituições filantrópicas

“Essa conquista é fruto da promessa do governador Mauro Mendes, que na campanha falou que ia fazer a saúde funcionar e já está fazendo. Todas as unidades de saúde do Estado estão passando por modernização. O que mostramos hoje é uma prévia do que este hospital irá se transformar e do que queremos para todos os nossos hospitais e unidades especializadas”, disse o secretário, durante a inauguração. 

O prefeito de Colíder, Hemerson Máximo, elogiou e reconheceu o trabalho positivo do Governo de Mato Grosso no município de Colíder e em toda a região. 

“Esse é um momento histórico. O Governo do Estado vem sendo um grande parceiro de Colíder. Esse é um Governo diferenciado, que conversa com seriedade e faz as coisas acontecerem. Colíder está muito grata por tudo o que tem sido feito por Mato Grosso. Muito obrigado ao governador Mauro Mendes e parabéns ao secretário Gilberto Figueiredo”, declarou.

Para o deputado estadual Ondanir Bortolini, o Nininho, a entrega é resultado de uma gestão responsável. “Isso é a prova de que, quando se faz gestão com responsabilidade, os benefícios chegam na ponta. Nós estamos juntos, governador, porque é isso que nos orgulha: fazer política de resultado.” 

Veja Também:  Bombeiros de Nova Mutum salvam vida de criança de um ano

O deputado federal Juarez Costa também elogiou as ações feitas pelo Governo do Estado e enfatizou a relação de parceria com o Poder Legislativo.

“Colíder, como toda a região norte, merece essa atenção. O Norte, principalmente o extremo norte, não tinha essa atenção que o governador Mauro Mendes tem dado em infraestrutura, saúde, educação e demais áreas. Estamos juntos com a bancada federal, com a Assembleia Legislativa ajudando o Governo do Estado e os secretários a fazerem o estado se mover”, concluiu.

Durante a solenidade de inauguração, também foram feitas as entregas de 450 cestas básicas do programa Vem Ser Mais Solidário, 60 caixas de abelha e assinado o termo de entrega de 700 toneladas de calcário, oito resfriadores de leite e uma ensiladeira para a agricultura familiar.

Na inauguração dos novos leitos, também estiveram presentes os deputados federais Carlos Bezerra e Neri Geller, os deputados estaduais Dilmar Dal Bosco, Ondanir Bortolini, Elizeu Nascimento, Sebastião Rezende, e os secretários de Estado, Mauro Carvalho (Casa Civil), Alberto Machado, o Beto Dois a Um (Cultura, Esporte e Lazer), Silvano Amaral (Agricultura Familiar) e Rosamaria Carvalho (Assistência Social e Cidadania), prefeitos e autoridades da região.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Seduc libera contratações para professor, técnico e apoio administrativo

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) autorizou gestores das escolas estaduais a iniciarem a inserção das demandas de contratações de professores, técnicos e apoio administrativo educacional para o retorno das aulas na modalidade híbrida, no dia 3 de agosto, respeitando as vagas existentes na Portaria nº 619/2020/GS/SEDUC/MT. São servidores que participaram do Processo de Atribuição Simplificado (PAS/2021).

O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, explica que os principais objetivos neste momento são a recuperação da aprendizagem dos estudantes e a segurança no ambiente escolar. “Teremos professores atuando com aulas de reforço, no contraturno, e vamos garantir a plena capacidade de funcionamento de todas as escolas com mais técnicos e apoio administrativo”.

O secretário informa, ainda, que as contratações serão feitas de acordo com a demanda de cada unidade escolar e com o diagnóstico sobre aprendizagem dos alunos.

A secretária-adjunta de Gestão de Pessoas da Seduc-MT, Flávia Emanuelle de Souza Soares explica que, quanto ao concurso edital 01/2017, o chamamento está em andamento por município. O prazo termina nesta sexta-feira (30.07). A próxima fase é o chamamento por polo para o total de 150 profissionais.

Veja Também:  Em Nova Olímpia homem de 70 anos é encontrado morto dentro de casa

Já em relação aos profissionais que participaram do PAS/2021, a estimativa é de cerca de 4.700 contratações.

“Todas as escolas foram orientadas de como proceder para realizar as contratações que podem ser feitas nos casos que o quadro de profissionais não tenha sido preenchido ou que for necessária a substituição de servidores em afastamento por questões de saúde”, destaca a secretária.

Orientações

Nos casos de professores, técnicos e apoios administrativo que estejam em teletrabalho e, por motivo de saúde não possam retornar no dia 3 de agosto, os casos serão analisados individualmente quanto à necessidade de substituição.

Para a solicitação, serão necessários os seguintes dados do servidor para análise de liberação do cargo em substituição: nome, CPF, vínculo de matrícula, número do processo de autorização de teletrabalho devidamente autorizado pela NSSE e núcleo de assiduidade, além de cópia da carteira de vacina contra Covid-19.

“Todos os processos de teletrabalho precisam estar autorizados para que a substituição ocorra”, reforça Flávia Emanuelle.

Veja Também:  Setasc realiza ações de combate ao abuso e à exploração sexual infantil
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana