conecte-se conosco


Carros e Motos

Fiat Pulse e Toro encarecem e têm alteração de itens na linha 2023

Publicados

em

Fiat Pulse fica R$ 1 mil mais caro em todas as versões. Veja a alteração na lista de equipamentos
Divulgação

Fiat Pulse fica R$ 1 mil mais caro em todas as versões. Veja a alteração na lista de equipamentos

A linha 2023 do Fiat Pulse e da Fiat Toro acaba de chegar. Entre os principais destaques, o Pulse passou por um reajuste de preços de R$ 1.000 e teve pequenas alterações na lista de equipamentos de série. Já para a picape, passou por um aumento de preços, ficando até R$ 3.320 mais cara. Os preços do Pulse variam entre R$ 96.290 e R$ 127.990, enquanto a Toro tem intervalo de R$ 139.890 até R$ 215.490.

O Fiat Pulse perdeu as rodas de liga leve de 16 polegadas na versão de entrada Drive 1.3 , tanto com câmbio manual quanto automático. No lugar, agora traz rodas de aço com calotas, mas com o mesmo tamanho de antes. As rodas de liga leve agora são opcionais de R$ 2 mil.

A configuração Audace T200 (motor 1.0 turbo), ganha rodas de liga de 16 polegadas com visual diferenciado. Além disso, passa a contar com o Sound Design, uma nova identidade de sons que a Fiat criou para seus carros, baseada na opinião dos clientes, para criar sons mais agradáveis do que os habituais bipes.

De série, todas as versões contam com ar-condicionado automático, controle de estabilidade, central multimídia com tela de 8,4″ e Apple Car Play e Android Auto sem fio, direção elétrica, faróis e lanternas em LED, 4 airbags, assistente partida em rampa, piloto automático, sensor de estacionamento traseiro e quadro de instrumentos com tela de 3,5″ para as funções de computador de bordo.

Veja Também:  BMW lança R 1250 GS e R 1250 GS Adventure na versão Triple Black

Enquanto isso, a Fiat Toro passa a usar o mesmo volante do Pulse em todas as versões e monitoramento de pressão dos pneus. Na parte visual, a versão Endurance agora tem rodas com calotas escurecidas e todas as configurações recebem a Fiat Flag, o emblema com as cores da bandeira da Itália, usado como etiqueta nos bancos. Ainda recebe o Sound Design , novidade que também chegou ao Pulse — conforme comentamos dois parágrafos acima.

Todas as configurações nas versões Freedom ganham opcional do pacote S-Design como opcional (R$ 6.000). Ele agrega tons de bronze no interior, tanto no acabamento, quanto nas costuras. A mesma cor é usada no emblema da Fiat na grade dianteira.

Além da mudança no design, o kit adiciona santantônio, estribo lateral, chave presencial, carregador wireless para smartphones, sensor de chuva, sensor crepuscular e retrovisor eletrocrômico. Por fim, as configurações Volcano e Ranch ganharam a cor cinza Sting, enquanto a Ultra recebe tanto a cinza Sting quanto a pintura branco Polar.

A seguir, veja os preços e as versões do Pulse e da Toro, na linha 2023

Fiat Pulse

Versão                        Preço anterior             Novo preço           Diferença em

Pulse Drive 1.3              R$ 95.290                 R$ 96.290              R$ 1.000

Pulse Drive 1.3 CVT       R$ 102.290               R$ 103.290             R$ 1.000

Veja Também:  Tem dúvida entre um Compass Flex e um Compass Diesel? Considere o Subaru XV AWD

Pulse Drive 1.0T CVT     R$ 110.290               R$ 111.290              R$ 1.000

Pulse Audace 1.0T CVT  R$ 115.290               R$ 116.290              R$ 1.000

Pulse Impetus 1.0T CVT R$ 126.990               R$ 127.990             R$ 1.000


Fiat Toro

Versão                                     Preço anterior     Novo preço         Diferença

Toro Endurance 1.3T AT6           R$ 139.890       R$ 137.098         R$ 2.792

Toro Freedom 1.3T AT6              R$ 151.390       R$ 148.319         R$ 3.071

Toro Volcano 1.3T AT6               R$ 165.590       R$ 162.270         R$ 3.320

Toro Freedom 2.0T diesel AT9    R$ 190.990        R$ 189.090         R$ 1.900

Toro Volcano 2.0T diesel AT9      R$ 205.490        R$ 203.490        R$ 2.000

Toro Ranch 2.0T diesel AT9        R$ 213.290        R$ 211.190        R$ 2.100

Toro Ultra 2.0T diesel AT9          R$ 215.490        R$ 213.390        R$ 2.100

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Propaganda

Carros e Motos

Toyota reduz preços tanto do Corolla Cross quanto do sedã

Publicados

em

Toyota Corolla GR-S : para-choques e rodas com apelo esportivo, além de suspensão com acerto mais firme
Divulgação

Toyota Corolla GR-S : para-choques e rodas com apelo esportivo, além de suspensão com acerto mais firme

A Toyota promove pela segunda semana consecutiva o corte no IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) nas variantes sedã e SUV do Corolla. No caso de carros 0 km, o abatimento alcançou 24,75%, contra os 18,5% anteriores.

Apesar do novo desconto, os valores praticados não terão uma grande redução. O preço dos modelos varia entre R$ 200 e R$ 1.200, apenas nas versões a combustão. Os interessados nos modelos híbridos, pagarão mais caro.

Quem apresentou o maior desconto foi a versão esportivada do Corolla sedã , a GR-S, que ficou R$ 1.200 mais em conta, e agora parte de R$ 175.390. Nas outras versões com motor 2.0 do sedã, a redução foi de R$ 300.

Veja Também:  Conheça o Afreda S6, o primeiro triciclo elétrico dobrável do mundo

Todas as versões do Corolla sedã equipadas a combustão são equipadas com um propulsor 2.0 flex de 177 cv e 21,4 kgfm de torque, quando abastecido com etanol, e sempre aliado a um câmbio automático do tipo CVT.

Os híbridos ficaram mais caros, o Altis Hybrid agora parte de R$  180.790, R$ 1.400 a mais que o valor praticado no último mês. Veja abaixo as versões e as suas respectivas reduções.

  • GLi 2.0 Flex 2023: de R$ 147.090 para R$ 146.790 (- R$ 300)
  • XEi 2.0 Flex 2023: de R$ 153.490 para R$ 153.190 (- R$ 300)
  • Altis Premium 2.0 Flex 2023: de R$ 176.290 para R$ 175.990 (- R$ 300)
  • GR-S 2.0 Flex 2023: de R$ 176.590 para R$ 175.390 (- R$ 1.200)
  • Altis Hybrid 2023: de R$ 179.390 para R$ 180.790 (+ R$ 1.400)
  • Altis Hybrid Premium 2023: de R$ 188.990 para R$ 190.490 (+ R$ 1.500)

Corolla Cross

No Corolla Cross , as reduções foram menores. A versão de entrada XR, teve uma redução de R$ 1.090, e parte de R$ 157.690. Nas versões XRE e GR-Sport, o desconto fica na casa dos R$ 200 por versão.

Assim como no sedã, o Corolla Cross também ficou mais caro nas versões híbridas. A primeira com motorização eletrificada, agora parte de R$ 198.89, R$ 600 mais caro que anteriormente. Veja os preços das versões.

  • XR 2.0 Flex 2023: de R$ 158.780 para R$ 157.690 (- R$ 1.090)
  • XRE 2.0 Flex 2023: de R$ 172.190 para R$ 171.990 (- R$ 200)
  • GR-S 2.0 Flex 2023: de R$ 190.590 para R$ 190.390 (- R$ 200)
  • XRV Hybrid Flex 2023: de R$ 198.290 para R$ 198.890 (+ R$ 600)
  • XRX Hybrid Flex 2023: de R$ 206.190 para R$ 206.890 (+ R$ 700)

As versões híbridas são equipadas com motor a combustão de 1,8 litro flex, que gera 101 cv. Ele conta com o auxílio de um motor elétrico para proporcionar maior economia de combustível.

O Toyota Yaris também apresenta novos valores, porém, os descontos são bem mais modestos, e chegam a R$ 800.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Toyota reduz preços de Corolla Cross e sedã

Publicados

em

Toyota Corolla 2023 traz descontos nas versões a combustão. Veja as variações de preço na matéria
Divulgação

Toyota Corolla 2023 traz descontos nas versões a combustão. Veja as variações de preço na matéria

A Toyota promove pela segunda semana consecutiva o corte no IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) nas variantes sedã e SUV do Corolla. No caso de carros 0 km, o abatimento alcançou 24,75%, contra os 18,5% anteriores.

Apesar do novo desconto, os valores praticados não terão uma grande redução. O preço dos modelos varia entre R$ 200 e R$ 1.200, apenas nas versões a combustão. Os interessados nos modelos híbridos, pagarão mais caro.

Quem apresentou o maior desconto foi a versão esportivada do Corolla sedã, a GR-S, que ficou R$ 1.200 mais em conta, e agora parte de R$ 175.390. Nas outras versões com motor 2.0 do sedã, a redução foi de R$ 300.

Veja Também:  Tem dúvida entre um Compass Flex e um Compass Diesel? Considere o Subaru XV AWD

Todas as versões do Corolla sedã equipadas a combustão são equipadas com um propulsor 2.0 flex de 177 cv e 21,4 kgfm de torque, quando abastecido com etanol, e sempre aliado a um câmbio automático do tipo CVT.

Os híbridos ficaram mais caros, o Altis Hybrid agora parte de R$  180.790, R$ 1.400 a mais que o valor praticado no último mês. Veja abaixo as versões e as suas respectivas reduções.

  • GLi 2.0 Flex 2023: de R$ 147.090 para R$ 146.790 (- R$ 300)
  • XEi 2.0 Flex 2023: de R$ 153.490 para R$ 153.190 (- R$ 300)
  • Altis Premium 2.0 Flex 2023: de R$ 176.290 para R$ 175.990 (- R$ 300)
  • GR-S 2.0 Flex 2023: de R$ 176.590 para R$ 175.390 (- R$ 1.200)
  • Altis Hybrid 2023: de R$ 179.390 para R$ 180.790 (+ R$ 1.400)
  • Altis Hybrid Premium 2023: de R$ 188.990 para R$ 190.490 (+ R$ 1.500)

Corolla Cross

No Corolla Cross , as reduções foram menores. A versão de entrada XR, teve uma redução de R$ 1.090, e parte de R$ 157.690. Nas versões XRE e GR-Sport, o desconto fica na casa dos R$ 200 por versão.

Assim como no sedã, o Corolla Cross também ficou mais caro nas versões híbridas. A primeira com motorização eletrificada, agora parte de R$ 198.89, R$ 600 mais caro que anteriormente. Veja os preços das versões.

  • XR 2.0 Flex 2023: de R$ 158.780 para R$ 157.690 (- R$ 1.090)
  • XRE 2.0 Flex 2023: de R$ 172.190 para R$ 171.990 (- R$ 200)
  • GR-S 2.0 Flex 2023: de R$ 190.590 para R$ 190.390 (- R$ 200)
  • XRV Hybrid Flex 2023: de R$ 198.290 para R$ 198.890 (+ R$ 600)
  • XRX Hybrid Flex 2023: de R$ 206.190 para R$ 206.890 (+ R$ 700)

As variantes com o motor híbrido são equipadas com um combustão de 1,8 litro flex, que gera 101 cv. Ele conta com o auxílio de um motor elétrico para proporcionar maior economia de combustível.

O Toyota Yaris também apresenta novos valores, porém, os descontos são bem mais modestos, e chegam a no máximo R$ 800.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana