conecte-se conosco


Esportes

Flamengo supera Barcelona e desfalques pela covid-19 na Libertadores

Publicado

Esportes

O Flamengo se recuperou da goleada por 5 a 0 sofrida na última quinta-feira (17) para o Independiente Del Valle (Equador) em grande estilo. Nesta terça-feira (22), novamente em território equatoriano, o Rubro-Negro deixou para trás os problemas causados pelos 11 desfalques da equipe, sete deles contaminados pelo novo coronavírus (covid-19), e superou o Barcelona local no estádio Monumental de Guayaquil. A vitória por 2 a 1, na raça, deixou o time carioca com a classificação encaminhada às oitavas de final da Libertadores.

O resultado levou o Flamengo a nove pontos, na segunda posição do Grupo A, após quatro rodadas. O líder é o Del Valle, com quem os brasileiros se reencontrarão na próxima quarta-feira (30), no Maracanã, às 21h30 (horário de Brasília). Antes disso, neste domingo (27), o Rubro-negro visita o Palmeiras, no Allianz Parque, às 16h, pela 12ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Já o Barcelona, zerado na Libertadores, está eliminado e só cumpre tabela nas duas partidas finais da primeira fase.

As ausências por causa da covid-19 foram os laterais Maurício Isla, Matheuzinho e Filipe Luís, o meia Diego Ribas e os atacantes Michael, Vitinho e Bruno Henrique. Além deles, o goleiro Diego Alves (lesão no ombro esquerdo), o zagueiro Gustavo Henrique (suspenso) e os atacantes Gabriel Barbosa e Pedro Rocha (ambos com lesões na coxa) também não estiveram à disposição.

Mesmo com tantos desfalques, o Flamengo atuou solto, com tramas rápidas, aproveitando-se da marcação frouxa do Barcelona. Aos cinco minutos, após jogada individual pela esquerda, o volante Gerson encontrou Pedro livre na entrada da área. O centroavante, substituto de Gabriel, teve tempo de dominar e bater entre as pernas do goleiro Javier Burrai, abrindo o placar.

Veja Também:  Jogo do União teve público 5 vezes maior que na Arena Pantanal pela Copa do Brasil

O Rubro-negro serguiu envolvendo o time equatoriano. Aos 17 minutos, os meias Everton Ribeiro e De Arrascaeta bombardearam a meta em sequência, mas pararam em Burrai. Aos 25, a dupla não desperdiçou. Aberto na direita, Everton Ribeiro recebeu de Pedro e cruzou para Arrascaeta, que recebeu com liberdade e chutou na saída do goleiro, ampliando em Guayaquil.

Na etapa final, foi a vez de a defesa rubro-negra bobear. Aos três minutos, o atacante Cristian Colmán foi lançado pelo meia Michael Arroyo, às costas do lateral-esquerdo Renê, que atuou no lugar de Filipe Luís. Ele rolou para dentro da área, encontrando o meia Emmanuel Martínez livre, após se desvencilhar da marcação, para diminuir.

O Flamengo sentiu o gol e já não encontrava a mesma facilidade para chegar à área do Barcelona, apesar da marcação rival seguir frouxa. Já o time equatoriano passou a encontrar brechas na defesa rubro-negra. Aos 16 minutos, o lateral Gustavo Vallecilla levantou na pequena área, Martínez dominou a frente de Léo Pereira e rolou para Colmán, que, mesmo com o goleiro César deslocado e o gol vazio, pegou de canela na bola, facilitando a defesa.

Precisando buscar o resultado, o técnico do Barcelona, Fabián Bustos, recheou o time da casa de atacantes. Apesar de sufocado e de sofrer com o desgaste físico, o Flamengo segurou a pressão e garantiu uma vitória memorável em Guayaquil.

Logística extra

O time carioca teve que fretar um voo e trazer quatro jogadores do Brasil: o lateral João Lucas (único deles que já integra o elenco profissional), o zagueiro Natan e os atacantes Guilherme Bala e Rodrigo Muniz. O voo saiu de Goiânia na segunda-feira (21) à noite e teve de fazer escala em Manaus para abastecimento. Inicialmente impedido de sobrevoar o espaço aéreo do Peru, o avião com os rubro-negros só foi liberado por volta das 13h (horário de Brasília) desta terça-feira. Os atletas chegaram a Guayaquil cerca de três horas antes do jogo começar.

Veja Também:  Nova Mutum disputará mato-grossense pela 1ª vez com jogos em em seu estádio

Vai ou não vai?

A realização da partida esteve ameaçada durante todo o dia. Pela manhã, o Flamengo revelou que, além dos jogadores contaminados, o médico Márcio Tannure e o ex-zagueiro Juan (que integra o departamento de futebol) também contraíram o vírus. No início da tarde, a prefeita de Guayaquil, Cynthia Viteri, anunciou que autoridades sanitárias locais visitariam o hotel onde o Rubro-Negro está hospedado. Em seguida, o diretor municipal de Saúde, Carlos Luís Salvador, afirmou que o estádio Monumental estaria “inabilitado” para o jogo.

A informação, porém, foi negada pela prefeita. Pelo Twitter, Viteri disse que estava à espera de uma posição do governo equatoriano e que adotaria os protocolos determinados pelo Ministério da Saúde do país. A resposta definitiva veio por volta das 16h15, a três horas de a bola rolar. Também em postagem na rede social, o ministro Juan Carlos Zevallos liberou a disputa da partida.

Veja a classificação atualizada da Taça Libertadores.

Edição: Fábio Lisboa

Fonte: EBC Esportes

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Tiarinha faz no último minuto, Sinop vence São Raimundo e cola no G4 da Série D

Publicado

Com o resultado, o Sinop deixa a lanterna do grupo 2, assume a 5ª posição, com 6 pontos, e fica colado na zona de classificação. O São Raimundo, por outro lado, se mantém em 4º, com 7.

Na próxima quarta-feira (14), o Sinop encara o Juventude Samas, do Maranhão, novamente no estádio Gigante do Norte. Já o São Raimundo encara o Moto Club, fora de casa, na quinta-feira (15).

O jogo – A equipe do São Raimundo começou pressionando, porém, foi o Sinop que criou a primeira chance real de gol. Aos 11, Fogaça tentou chute de fora da área e a bola passou perto da trave adversária. Aos 17, o São Raimundo levou perigo, em cobrança de falta na intermediária. Vicente cobrou direto para o gol e o goleiro Tedy encaixou.

O Sinop respondeu, aos 19, também em cobrança de falta, muito perto da linha da grande área. José bateu no canto, a bola passou pela barreira, mas o goleiro do São Raimundo conseguiu alcançar. Aos 27, a equipe de Roraima chegou novamente, em bonita jogada de Rai. O camisa 9 recebeu cruzamento, dominou no peito, girou e emendou um voleio. A bola passou perto da trave direita do goleiro Tedy.

Veja Também:  Vitória no domingo deixa União líder na reta final do primeiro turno do mato-grossense

Aos 34, foi a vez de Fogaça arriscar chute de fora da área e levar perigo à meta defendida por Diego. Por outro lado, o São Raimundo chegou muito perto de abrir o placar. Ygor aproveitou a zaga aberta do Sinop, disparou e saiu na cara do gol. Deninha consegui acompanhar, se atirou na bola e, com um desvio, amorteceu o chute do adversário, facilitando a defesa de Tedy.

A resposta do Sinop foi à altura. Aos 40, Fogaça cobrou escanteio, Natan cabeceou sozinho e mandou à esquerda do goleiro do São Raimundo. A bola saiu pela linha de fundo tirando tinta da trave.

Após o intervalo, o Sinop passou a pressionar mais no campo de ataque. Aos 12, Fogaça avançou, tocou para José, que dominou e bateu. A bola acabou saindo sem muita força pela linha de fundo. Aos 17, o Galo passou a ter superioridade numérica na partida. Isso porque, em disputa de bola, Rai acabou deixando o braço no rosto de Deninha. O árbitro marcou falta e deu cartão vermelho para o atacante do São Raimundo.

Veja Também:  Nova Mutum disputará mato-grossense pela 1ª vez com jogos em em seu estádio

Aos 32, o Sinop chegou com perigo pelo lado direito. Fogaça tocou para Willian, que cruzou fechado. O goleiro do São Raimundo espalmou e a bola sobrou para Ajala, que encheu o pé. O chute forte explodiu na zaga.

Mesmo com um a menos, o São Raimundo ainda ameaçou o Sinop, aos 36. A bola sobrou para Felipe, que disparou. O atleta da equipe de Roraima ganhou na corrida e chegou com boa condição para finalizar. O arremate, porém, não foi como esperado e a bola passou longe do gol.

Quando o jogo já estava nos acréscimos e parecia se encaminhar para um empate, o Sinop conseguiu uma última chance de levantar a bola na área, em escanteio. Fogaça cobrou e Tiarinha, sozinho, cabeceou, sem chances para o goleiro adversário.

Só Notícias/Herbert de Souza (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo)

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Cuiabá enfrenta o Guarani em Campinas hoje e pode ampliar vantagem na liderança da Série B

Publicado

Fora as lesões que tiraram jogadores importantes do Dourado, Chamusca está de olho na condição física dos atletas que sofrem com a sequência desgastante. Semanalmente são feitos exames para verificar o risco de lesão e o treinador tem apresentado surpresas na escalação.

Contra o Guarani, levando em consideração o grupo que viajou, Chamusca pode começar com João Carlos, Hayner, Éverton Sena, Anderson Conceição e Romário; Matheus Barbosa, Luiz Gustavo (Ferrugem) e Élvis; Felipe Marques, Yago e Élton.

As duas equipes vêm de vitórias, já que o Cuiabá bateu a Ponte Preta, na última sexta-feira, por 2 a 1, na Arena Pantanal, e o Guarani, que briga na parte baixa da tabela (em 18º na zona de rebaixamento com 14 pontos) venceu o CRB, por 3 a 1, no sábado e esboça uma reação, o que preocupa Chamusca, que conhece bem o clube por tê-lo treinado em 2016.

Veja Também:  Cuiabá estreia contra o Juventude-RS na Copa São Paulo de Futebol Jr

“Nossa expectativa é para mais um jogo difícil. Conheço bem o Guarani, por ter trabalhado aqui. É um clube que a torcida cobra muito pelos resultados, até mesmo pela grandeza e história do Guarani. Todas as vezes que se joga no Brinco de Ouro são partidas difíceis e está também será, já que o Guarani vem de vitória e busca sair do G4”, declarou Chamusca.

Além do reencontro de Chamusca, os jogadores também reencontrarão velhos conhecidos. Os mais antigos de Cuiabá têm o atacante bugrino Júnior Todinho como amigo, já que até o ano passado o atleta defendeu as cores auriverde. O recém-chegado Luiz Gustavo também encara o jogo com sentimentos especiais. Em 2019 o zagueiro vestiu a camisa do Bugre, foi capitão do time e caiu nas graças da torcida pelo seu desempenho e dedicação ao clube do interior paulista, mas agora, diz que quer escrever sua história com o Cuiabá.

“Tenho ótimas lembranças de quando joguei no Guarani. Cheguei no meio da temporada, mas acabei me adaptando bem ao time e o rendimento coletivo foi melhorando. Guardo com carinho minha passagem pelo Bugre e, com certeza, vai ser muito bacana reencontrar com o pessoal, mas, claro, depois que o juiz apitar, minha história fica fora de campo. Nosso foco é sair de Campinas com os três pontos, e eu, particularmente, quero manter minha invencibilidade pelo Cuiabá. Desde que cheguei aqui, não perdemos nenhuma partida, e no que depender de mim vamos manter essa escrita”, afirmou.

Veja Também:  Vitória no domingo deixa União líder na reta final do primeiro turno do mato-grossense

Classificação
1º – Cuiabá – 32 pontos
2º – Ponte Preta – 27 pontos
3º – Chapecoense – 26 pontos
4º – América-MG – 26 pontos
5º – Juventude – 23 pontos
6º – Paraná – 23 pontos
7º – Avaí – 22 pontos
8º – Operário – 22 pontos
9º – CRB – 20 pontos
10º – CSA – 19 pontos
11º – Confiança – 19 pontos
12º – Vitória – 18 pontos
13º – Brasil de Pelotas – 18 pontos
14º – Sampaio Correia – 17 pontos
15º – Náutico – 15 pontos
16º – Botafogo-SP – 14 pontos
17º – Figueirense – 14 pontos
18º – Guarani – 14 pontos
19º – Cruzeiro – 12 pontos
20º – Oeste – 7 pontos

Fonte: Só Notícia

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

COM OS NOMES QUE SURGEM COMO PRÉ-CANDIDATOS A PREFEITO EM BARRA DO BUGRES VEJO QUE...

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana