conecte-se conosco


Barra do Bugres

Garota de 15 anos é agredida e estuprada por 3 homens em Barra do Bugres

Publicado

GAZETA DIGITAL -Yuri Ramires

Foto:Google/Reprodução

Adolescente de 15 anos foi sequestrada na rua, agredida e estuprada por 3 homens encapuzados, por volta das 19h de quinta-feira (13), no município de Barra do Bugres. Ela acordou em um matagal com várias mordidas e arranhões pelo corpo. Polícia Civil vai investigar o caso.

De acordo com as informações, a vítima relatou que por volta das 19h foi até a casa de uma amiga, mas que chegando lá, não a encontrou e foi embora.

No caminho de casa, foi abordada por 3 homens encapuzados dentro de um carro prata, que um deles disse “você é muito metida hein, tá aqui o que você merece!”, a puxando para dentro do veículo e agredindo com tapas na cara.

Foi relatado ainda que ela desmaiou com as agressões e só acordou por volta das 23h dentro de um matagal com várias mordidas pelo corpo, além de arranhões e completamente nua.

Ela pediu ajuda para populares que acionaram a Polícia Militar. A vítima acredita que o carro era um modelo Corolla, mas que não recorda dos rostos dos suspeitos, já que estavam cobertos.

Veja Também:  Alto Paraguai: Menina com leucemia encontra em casa, doadora de medula; família faz campanha para custear o tratamento

A vítima foi encaminhada para uma unidade saúde, onde ela recebeu o atendimento necessário. Polícia registrou o caso e será investigado.

Fonte: GAZETA DIGITAL -Yuri Ramires

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT.

Comentários Facebook
publicidade

Barra do Bugres

Barra do Bugres tem cinco candidaturas na majoritária

Publicado

Fabíola Tormes / Redação DS

O Município Barra do Bugres terá cinco candidaturas a prefeito e vice-prefeito nas Eleições Municipais deste ano, que ocorrerão em novembro, conforme dados do portal de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais.

Registraram pedidos de candidaturas Divino Henrique Rodrigues dos Santos, o Dr. Divino Henrique e Maria Azenilda Pereira, pela coligação ‘Barra nos braços do povo’ (PDT / PSB / MDB / PATRIOTA); Ezequiel Alves de Jesus, o Ezequiel Tur, e Marcos Joel Mafei da Costa, Marcão, da coligação ‘Renovação por Barra do Bugres respeito, dignidade e seriedade’ (DC / REPUBLICANOS / PSL); Célia Aparecida Dias Ferreira Louzada, a Professora Célia, e Viviane Ribeiro da Silva, pela coligação ‘Coragem para fazer a diferença’ (PODE / PV); João Nestor de Gois Alves, o Professor Nestor, e Sebastião Antonio de Lima, Tião do Sindicato, do Partido dos Trabalhadores; e o atual prefeito de Barra do Bugres Raimundo Nonato de Abreu Sobrinho tentará a reeleição ao lado do candidato a vice-prefeito, Regivaldo Alves dos Santos, pela coligação ‘Desenvolvimento continua’ (PP / DEM).

Com relação aos pedidos de candidaturas de postulantes ao cargo de vereador por Barra do Bugres, o portal registrou 175 pedidos de candidaturas.

Fonte: Diário da Serra 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Veja Também:  Mulher fica ferida em colisão entre carro e moto em Tangará da Serra

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres

Aldeia Umutina: Indígena é morta a tiros durante caça em aldeia de MT, diz polícia

Publicado

De acordo com a Polícia Civil, a indígena Marinalva Zaquimae Corezomae, de 33 anos, chegou sem vida no hospital. Ela foi alvejada ao ser confundida com um animal por outros membros da tribo.

Por Denise Soares, G1 MT

Indígena Marinalva Zaquimae Corezomae, de 33 anos, foi morta a tiros em Mato Grosso — Foto: Facebook

Uma indígena foi morta a tiros nessa quinta-feira (24) confundida por outros indígenas que caçavam na região conhecida como ‘Piapó’, em Barra do Bugres, a 169 km de Cuiabá. A informação é da Polícia Civil, que trata a ocorrência caso como homicídio culposo (sem intenção de matar) após disparo acidental.

De acordo com a Polícia Civil, a indígena Marinalva Zaquimae Corezomae, de 33 anos, chegou sem vida no hospital do município. Ela foi atingida na clavícula.

Marinalva estava dentro das terras da Aldeia Umutina quando foi baleada. Os parentes dela contaram que estavam caçando na região e teriam confundido a vítima com um animal.

A Polícia Civil investiga o caso e a Fundação Nacional do Índio (Funai) foi comunicada sobre a morte de Marinalva. A entidade que protege os indígenas se comprometeu a levar o autor do disparo para prestar depoimento à polícia.

Veja Também:  Mais de 120 motoristas foram presos em operações da lei seca no 1º semestre de 2019 em MT

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

COM OS NOMES QUE SURGEM COMO PRÉ-CANDIDATOS A PREFEITO EM BARRA DO BUGRES VEJO QUE...

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Esportes

Mais Lidas da Semana