conecte-se conosco


Barra do Bugres

Gazin é eleita uma das dez melhores empresas para trabalhar no Brasil

Publicados

em

Prêmio foi concedido pelo Instituto Great Place To Work (GPTW), que pesquisa a qualidade do ambiente de trabalho nas organizações

O Grupo Gazin foi eleito uma das dez melhores empresas para trabalhar no Brasil em 2021. O reconhecimento faz parte da lista do Great Place to Work (GPTW), premiação que valoriza o espírito empreendedor e a confiança entre colaboradores e empresas. “Já fazemos parte da lista do GPTW há 18 anos, e ser novamente reconhecido reflete a grandeza do trabalho da empresa para possibilitar um excelente ambiente de trabalho, assim como nosso modelo de gestão com as pessoas. Acreditamos que, com grandes pessoas, temos grandes resultados”, disse o presidente do Grupo Gazin Osmar Della Valentina.

A premiação faz parte do ranking anual do GPTW, que elege há 25 anos as 150 melhores empresas para trabalhar no país. Uma das maiores redes varejistas do Brasil, o Grupo Gazin é composto por 11 empresas, totalizando 347 negócios, incluindo mais de 300 lojas de varejo. Valorizar seus colaboradores e estimular a equipe sempre foram prioridades da Gazin, que acredita na inclusão social e na diversidade. “Mesmo em um momento de pandemia, a Gazin continua investindo, desenvolvendo e cuidando de pessoas e, por isso, conquistamos mais uma vez um lugar de destaque no GPTW”, reforça Della Valentina.

A Gazin é uma empresa que tem plena consciência de sua missão no âmbito social e, por isso, tem investido em diversas ações solidárias, como as campanhas Pintando o 7 e Outubro é 10, que arrecadaram, respectivamente, doações para a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e hospitais que tratam pacientes com câncer. “Atendemos diariamente pelo menos cinco gerações de clientes. A Gazin é ciente de seu papel na sociedade ao gerar empregos e renda, através do crescimento, lucro e investimentos. Cabe a todos nós garantir essa segurança e credibilidade para a nossa marca”, finaliza Osmar Della Valentina.

A empresa também continua apostando na sustentabilidade, com a inauguração de duas usinas solares, em Jaciara, no Mato Grosso, e em Nova Alvorada do Sul, no Mato Grosso do Sul. A previsão é de investir R$ 20 milhões em geração de energia solar entre 2022 e 2023.

Comemorando 55 anos, o Grupo Gazin está realizando, desde dezembro de 2020, uma superpromoção para seus clientes: “55 anos, 55 SUV´s”. Até o final deste ano serão sorteados pela Loteria Federal 55 SUVs Chevrolet Tracker, automáticos, com valor unitário superior a R$ 81.000,00 cada, totalizando quase R$ 5 milhões em prêmios.  

Informações para a Imprensa – GRUPO GAZIN

Comentários Facebook
Veja Também:  Nota de pesar da Câmara Municipal de Barra do Bugres
Propaganda

Barra do Bugres

Industriais de Mato Grosso recebem homenagem em Brasília um dele é Agostinho Sansão 

Publicados

em

Homenagem

Homenagem foi realizada em Brasília. Foto: CNI

Dois industriais de Mato Grosso receberam nesta semana a Ordem do Mérito Amazônico Danilo Remor, concedida durante as comemorações dos 30 anos da Ação Pró-Amazônia – associação formada pelas federações de indústrias dos nove estados da Amazônia Legal – Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

A Ordem foi entregue aos ex-presidentes da associação e personalidades escolhidas pelas federações de indústrias, pela relevante contribuição ao desenvolvimento da indústria brasileira e também pelos serviços prestados às causas da Amazônia Legal.

Por Mato Grosso, receberam a homenagem o conselheiro emérito da Fiemt e ex-presidente da Ação Pró-Amazônia, Jandir Milan, e o diretor presidente do Grupo Barralcool, Agostinho Sansão.

A Ação Pró-Amazônia é uma associação sem fins lucrativos criada em 26 de novembro de 1991, cujo objetivo principal é promover a integração de suas federações em busca do desenvolvimento socioeconômico da região.

A associação executa estratégias de ação dos setores da indústria com a finalidade de estimular o desenvolvimento da Amazônia sempre em busca de oportunidades para novos investimentos na região. A Ordem do Mérito Amazônico Danilo Remor, criada em 1995, premia personalidades e instituições, nacionais ou estrangeiras, civis, militares ou eclesiásticas, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados em prol do desenvolvimento, do bem-estar social e da divulgação do parque industrial da região amazônica.

O presidente da Fiemt, Gustavo de Oliveira, destacou a importância de celebrar a atuação de grandes industriais brasileiros. “Os homenageados de Mato Grosso são industriais que iniciaram com seus próprios esforços, começaram a trabalhar muito cedo e contribuíram muito com o crescimento do estado. São homenagens mais do que merecidas”, afirma

A cerimônia foi realizada na noite de segunda-feira (29/11), na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e contou ainda com a presença do vice-presidente da Fiemt, Silvio Rangel, e do diretor Alexandre Furlan.

Homenageados

Agostinho Sansão

Agostinho Sansão é empresário em Barra do Bugres. Foto: CNI

Agostinho Sansão nasceu em Ibirá, interior de São Paulo, e começou a trabalhar na lavoura aos 12 anos. Aos 21, em 1965, mudou-se para Barra do Bugres, em Mato Grosso. Confiando na própria força de trabalho e nas condições de crescimento que o estado oferecia, firmou-se como comerciante no ramo de cereais e beneficiamento de arroz. Em 1981, participou da fundação da Usina de açúcar e álcool Barralcool, que desde então gera riqueza, empregos e qualidade de vida para a população da região.

De personalidade serena e competência singular, chegou a ser prefeito de Barra do Bugres por dois mandatos (1983/88 e 1993/96). Hoje, exerce o cargo de diretor presidente do Grupo Barralcool.

Jandir José Milan nasceu em Concórdia, Santa Catarina, e trabalhou desde menino com a família, que atuava no setor madeireiro. Cursou Engenharia Agronômica e

 

 

Jandir Milan

Jandir Milan é ex-presidente da  Fiemt e empresário em Cuiabá

Engenharia de Operações. Em 1980, já casado, após uma visita a Mato Grosso, viu em Cuiabá a oportunidade para construir o futuro da família. Pioneiro no Distrito Industrial da capital, Jandir e Tânia, sua esposa, iniciaram a fábrica de móveis de madeira, que cresceu e é hoje uma indústria moderna, digital e automatizada.

Ao longo desse processo, se tornou sócio de uma empresa de tecnologia, também referência na área. Foi eleito diretor da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt) em 1994, continuando na diretoria até 2003, quando foi eleito vice-presidente. Em 2006 e em 2009, foi eleito primeiro vice-presidente da federação. Em 2012 e 2015, foi eleito e reeleito presidente do Sistema Fiemt. À frente da instituição, foi o responsável pela implantação do Projeto Multiação e realizou dezenas de edições com mais de 500 mil atendimentos nas mais diversas áreas.

Atualmente é presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-MT, conselheiro fiscal, conselheiro emérito da FIEMT e vice-presidente da CNI desde 2014. Foi presidente da Ação Pró-Amazônia, conselheiro titular do Conselho de Representantes da Ação Pró-Amazônia (2010 a 2018), delegado representante do Sistema Fiemt junto à CNI entre 2006/2018. Presidiu o Movimento Mato Grosso Competitivo (2018-2020), além de colecionar diversas homenagens e títulos.

Texto: Daniela Lepisnk Romio/Fiemt

Comentários Facebook
Veja Também:  Definida programação do 33º aniversário de Nova Olímpia
Continue lendo

Barra do Bugres

Vereadores se reúnem com equipe do SAMU e da administração municipal.

Publicados

em

Foto: Celso Dornellas

Na manhã desta segunda-feira (29), os vereadores se reuniram na sala das comissões com membros da equipe do SAMU, bem como pessoas ligadas a administração municipal.

A principal discussão é a respeito da mudança do local, de onde hoje funciona o SAMU em Barra do Bugres, ligado ao prédio do Pronto Atendimento e maternidade, que deve ser readequado para atender a população.

Segundo os funcionários, caso exista realmente a mudança, será um retrocesso, aja vista o tempo hoje que se tem em um atendimento em um lugar centralizado ser muito mais ágil. “Caso precise mudar acreditamos ser necessária uma construção planejada para isso, sem falar no risco de perder novamente o atendimento do SAMU na cidade”.

Uma nova reunião com membros da empresa que faz a assessoria, da adequação, juntamente com setor responsável da prefeitura vai ser marcada para juntos definir a melhor solução a ser tomada.

Os vereadores fazem questão de participarem das discussões bem como as decisões tomadas. Participaram da reunião, Subtenente Marivaldo, Júnior Chaveiro, Professora Cleide Oliveira, Nei da Saúde, Arthurzão, Sebastião Falanque, Namix e Simone.

Fonte: assessoria

Comentários Facebook
Veja Também:  UBER começa a operar a partir de amanhã em Tangará da Serra
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana