conecte-se conosco


Barra do Bugres

Governo apresenta projetos para 1.050 km de pavimentação e 51 novas pontes em 34 municípios, Barra do Bugres está entre elas 

Publicados

em

As obras serão executadas diretamente em 34 municípios, mas vão atender a todas as regiões de Mato Grosso

Karine Miranda | Sinfra-MT

Governador anuncia projetos para mais de mil km de asfalto novo e 51 novas pontes – Foto por: Secom-MT

 

O Governo de Mato Grosso apresentou, na quinta-feira (18.02), a contratação de serviços de elaboração e revisão de estudos, projetos básicos e executivos para 1.057,78 quilômetros de novas pavimentações e 51 pontes de concreto. As ordens de serviço para o início dos projetos serão emitidas no mês de março e as obras serão executadas diretamente em 34 municípios, mas vão atender a todas as regiões de Mato Grosso.

O anúncio foi realizado durante evento no Palácio Paiáguas, em Cuiabá, onde também foram emitidas ordens de serviço para o início de obras de pavimentação em uma extensão de 775 quilômetros e a construção de 40 pontes de concreto. O governador Mauro Mendes e o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, fizeram a apresentação para secretários de Estado, senador, deputados federais e estaduais e os prefeitos municipais.

Tanto os projetos anunciados, quanto as ordens de serviço, beneficiam mais de 70 municípios e fazem parte do programa Mais MT, considerado o maior programa de investimentos da história de Mato Grosso. Somente nas ações de infraestrutura estão previstos investimentos totais de R$ 4,73 bilhões em quatro anos (2019-2022).

Conforme o governador Mauro Mendes, a elaboração de projetos é necessária para que o Governo possa realizar novas obras e promover a expansão da malha rodoviária estadual pavimentada e, desse modo, atender parte da grande demanda que o Mato Grosso possui de obras de pavimentação e pontes. Tudo isso como parte do Mais MT que antes era dúvida, hoje é realidade.

“Fazer projeto é muito importante para podermos viabilizar os recursos com antecedência. Estamos fazendo algo que hoje não existe em nenhum estado brasileiro. Nós tomamos as medidas corretas e estamos em um estado maravilhoso, que tem muita oportunidade, gente trabalhadora, gente séria e, agora, tem um governo a altura daquilo que é a maioria do nosso povo.  Muita gente que olhou o programa e duvidou. Muitas vezes já vimos programas sendo lançados. O cidadão, nós e vocês, tinha razão quando não acredita. Existe um histórico de descumprimento disso ao longo dos anos. Mas graças a Deus e o apoio de muitos dos presentes, estamos mudando Mato Grosso”, disse o governador.

Os projetos serão elaboradores em sete lotes, com investimento total de R$ 14,195 milhões, a fim de serem lançados para a licitação já no próximo ano, inclusive, com o respectivo início das obras, conforme o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira.

“É um prazer estarmos aqui lançando esses projetos para novas obras em Mato Grosso. De Norte a Sul, de Leste a Oeste, Mato Grosso já está recebendo obras. Obras sendo concluídas, obras sendo executadas e novos projetos sendo lançados para beneficiar todo o Estado, pois quando você executa uma obra, você não traz melhoria só para aquela cidade. Você muda a realidade de toda uma região e proporciona o desenvolvimento de todo o Estado”, disse.

O Lote 1 prevê a elaboração de projeto de pavimentação de 265,49 quilômetros de trechos das rodovias MT-402, MT-241 e 020, além de oito pontes nas MT-020 e MT-403. Serão beneficiadas diretamente os municípios de Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Nobres, Nova Brasilândia, Paranatinga e Planalto da Serra.

Já o Lote 2 prevê a revisão de projetos de pavimentação de 100,09 quilômetros de trechos das rodovias MT-339/246, além de mais sete pontes nessas rodovias. As obras serão executadas nas cidades de Barra do Bugres, Lambari d’Oeste, Nova Olímpia, Rio Branco, Salto do Céu e Tangará da Serra.

Para o Lote 3 está previsto a elaboração de projeto de pavimentação para uma extensão de 91,51 quilômetros das rodovias MT-338, MT-324 e MT-130, além de outras duas pontes nas MT-324 e MT-130.  Serão beneficiadas diretamente as cidades de Feliz Natal, Nova Ubiratã e Sorriso.

Já para o Lote 4 está previsto a elaboração de 209,42 quilômetros de trechos das rodovias MT-488, MT-242 MT-222, MT-010, MT-443 e MT-487 e mais sete pontes nas MT-222, MT-010 e MT-443. As obras serão executadas nos municípios de Ipiranga do Norte, Itanhangá, Nova Maringá, Porto Gaúchos, Sorriso e Tapurah.

O Lote 5, por sua vez, prevê a elaboração e revisão de projetos das MT-208/419 e MT-160, totalizando uma extensão de 131,59 quilômetros, além de 12 pontes nas mesmas rodovias. Os municípios de Aripuanã, Apiacás, Carlinda, Nova Monte Verde e Novo Mundo serão diretamente beneficiados.

Já o Lote 6 prevê a elaboração e revisão de projetos em uma extensão de 99,09 quilômetros das MT-110 e MT-437 e mais 10 pontes nessas rodovias e também nas MT-129 e MT-109. As obras serão executadas nas cidades de Canarana, São José do Xingu, Gaúcha do Norte e Canabrava do Norte.

O Lote 7, último lote, prevê a elaboração e revisão de projetos da MT-110, totalizando uma extensão de 160,58 quilômetros e mais cinco pontes nesta mesma rodovia. Os projetos vão atender as cidades de Barra do Garças, General Carneiro, Novo São Joaquim e Tesouro.

Representando um dos municípios beneficiados com os projetos, o prefeito de Chapada dos Guimarães, Osmar Froner, agradeceu o empenho do Governo do Estado em viabilizar não apenas as obras de infraestrutura rodoviária ao Município, mas também as ações voltadas para o desenvolvimento e fortalecimento do turismo na cidade, que também fazem parte do programa Mais MT, porém de outro eixo que não a infraestrutura.

“Temos obras de pavimentação, programa das pontes e também temos obras do trade turístico.  Chapada dos Guimarães ganha obras importantíssimas do governo Mauro Mendes e está bastante contemplada. O programa Mais MT é um pacote de obras e ações bastante arrojado. Chapada dos Guimarães, através da MT-251, liga Cuiabá ao leste do Estado. É uma região que tem um fluxo grande de passagem e de turismo. Chapada dos Guimarães terá uma nova cara”, afirmou.

Também presentes no evento, o senador da República, Carlos Fávaro, deputados federais, deputados estaduais e, principalmente, os prefeitos municipais foram uníssonos em afirmar que o programa Mais MT e o consequente lançamento de novos projetos de obras rodoviárias é uma ação extraordinária do Governo de Mato Grosso, que vai mudar a realidade do cidadão mato-grossense de todas as regiões do Estado.

Participaram do evento os secretários de Estado Mauro Carvalho (Secretário-Chefe da Casa Civil), Jordan Espíndola (Gabinete do Governo), César Miranda (Secretário de Desenvolvimento Econômico), bem como Neri Geller (deputado federal), Dr Leonardo (deputado federal), além dos deputados estaduais Sílvio Fávero, Max Russi, Dr. Gimenez, Janaina Riva, Ondanir Bortolini, Dr João e João Batista. Os prefeitos dos municípios beneficiados também estiveram presentes.

Fonte: Assessoria

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres – MT 

Comentários Facebook
Veja Também:  Indígena é encontrado na mata e passa bem em Barra do Bugres
Propaganda

Barra do Bugres

Sicredi Sudoeste MT/PA mobiliza associados e sociedade para arrecadação de alimentos

Publicados

em

Donativos serão entregues a famílias carentes que vivem em 33 municípios da área de atuação da cooperativa nos dois estados

Comemorado anualmente no 1° sábado de julho, o Dia de Cooperar (Dia C) – um dos maiores programas de voluntariado do Brasil – movimenta as cooperativas de todo o País. Desde 2019, as ações dedicadas a esta iniciativa passaram a ocorrer ao longo de todo o ano, em vez de um único dia, o que comprova mais uma vez o interesse genuíno do cooperativismo pela comunidade e seu bem-estar. Este ano, a principal ação realizada pela Sicredi Sudoeste MT/PA é a arrecadação de alimentos não perecíveis, e começa com 10 toneladas, doadas pela cooperativa.

Desde 1° de junho, associados da cooperativa, empresas e a sociedade em geral podem fazer suas doações em qualquer uma das 41 agências da Sicredi Sudoeste MT/PA, localizadas nos municípios de Arenápolis, Nova Marilândia, Nova Olímpia, Tangará da Serra, Barra do Bugres, Sapezal, Campos de Júlio, Campo Novo do Parecis, Cáceres, Mirassol D’Oeste, Porto Esperidião, Santo Afonso, Glória D’Oeste, Curvelândia, Cristo Rei, Varzea Grande, Denise, Poconé e Porto Estrela, no território mato-grossense; ou em Redenção, Parauapebas, Canaã dos Carajás, Marabá, Xinguara, Rio Maria, Tucumã, Ourilândia do Norte, Santana do Araguaia, Dom Eliseu, Rondon do Pará, Tomé-Açu, Abel Figueiredo e Ulianópolis, no território paraense.

As doações serão recolhidas até 30 de junho. Além das agências do Sicredi, a iniciativa conta com outros pontos de coleta parceiros, cujos endereços podem ser acessados nas redes sociais da cooperativa (@sicredisudoestsemtpara). Os alimentos arrecadados serão destinados às famílias carentes das regiões onde a cooperativa atua. “Mais uma vez nossa ação de voluntariado para o Dia C visa a contribuição com a comunidade, um dos princípios do cooperativismo de crédito, para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Promovemos esta ação com muito otimismo e esperamos arrecadar muitas toneladas de alimentos”, afirma o presidente da cooperativa Sicredi Sudoeste MT/PA, Antonio Geraldo Wrobel,

Dia de Cooperar

Promovida pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), a data é uma comemoração ao Dia Internacional do Cooperativismo, com atividades realizadas por voluntários nas áreas de saúde, lazer, educação e meio ambiente para transformar realidades.  As iniciativas do Dia C estão alinhadas aos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

O Dia C nasceu em 2009, em Minas Gerais, e logo ganhou a adesão de cooperativas de todo o território nacional. Segundo a OCB/MT, as cooperativas de Mato Grosso fazem parte desse movimento desde 2013. Desde 2019, o conceito do programa mudou e, em vez de as ações se concentrarem em uma única data, passaram a ser realizadas ao longo do ano. 

Sobre a Cooperativa

 

A Cooperativa Sicredi Sudoeste MT/PA foi fundada 31 de março de 1989 em Tangará da Serra por 47 agropecuarista, na época com nome de Credioeste. Hoje, prestes a completar 32 anos, a Cooperativa possui mais de 101 mil associados e 41 agências localizadas em 34 dos 97 municípios que fazem parte da área de atuação no Mato Grosso e Pará. 

Com uma gestão visionária e empreendedora vem crescendo exponencialmente nos últimos anos, chegando em 2020 a 2,8 bilhões em ativos, 2,7 bilhões em recursos totais e 1,9 bilhão de carteira de crédito. O Conselho de Administração é presidido pelo Sr Antonio Geraldo Wrobel, tendo o Sr José Flores como Vice-Presidente.

O propósito de construir juntos uma sociedade mais próspera é vivido diariamente por seus mais de 500 colaboradores que fazem do atendimento um relacionamento próximo ao associados.

 

Sobre o Sicredi

 

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 5 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 24 estados* e no Distrito Federal, com mais de 2.000 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br).

 

*Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Facebook | Instagram | Twitter | LinkedIn | YouTube

 

O Sicredi Centro Norte, que abrange os estados de Mato Grosso, Pará, Rondônia, Acre e Amazonas, tem mais de 600 mil associados, com 202 agências em 154 municípios.

Comentários Facebook
Veja Também:  PM prende pela segunda vez homem por descumprir medida protetiva
Continue lendo

Barra do Bugres

Números de pessoas já vacinados em  Barra do Bugres

Publicados

em

Doses recebidas pelo município: 11.058

Total de doses aplicadas: 7.254

Primeira Dose 5.362

Segunda Dose 1.892

Profissionais de Saúde

Primeira Dose: 555

Segunda Dose: 551

População Idosa 90+

Primeira Dose: 73

Segunda Dose: 71

Pessoas com deficiência institucionalizada

Primeira Dose: 0

Segunda Dose: 0

População “Idosos institucionalizados”

Primeira Dose: 31

Segunda Dose: 30

População idosa 85 a 89

Primeira Dose: 112

Segunda Dose: 68

População idosa 80 a 84

Primeira Dose: 232

Segunda Dose: 219

População idosa 75 a 79

Primeira Dose: 312

Segunda Dose: 224

População Idosa 70 a 74

Primeira Dose: 665

Segunda Dose: 498

População Quilombolas

Primeira Dose: 169

Segunda Dose: 0

População 65 a 69 anos

Primeira Dose: 772

Segunda Dose: 202

Forças de Segurança e Salvamento

Primeira Dose: 86

Segunda Dose: 27

População 60 a 64 anos

Primeira Dose: 971

Segunda Dose: 2

Pessoas privadas de liberdades

Primeira Dose: 5

Segunda Dose: 0

Pessoas com comorbidades 1º fase

Primeira Dose: 1045

Segunda Dose: 0

Pessoas com deficiência Permanente

Primeira Dose: 124

Segunda Dose: 0

Profissionais da Educação

Primeira Dose: 210

Segunda Dose: 0

Fonte: https://www.barradobugres.mt.gov.br/Covid-19/Vacinometro/

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres – MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Governo divulga datas de pagamento dos salários dos servidores; confira
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana