conecte-se conosco


Barra do Bugres e Região

Governo conclui asfaltamento dos primeiros 30 km e acelera obras na MT-343 entre Porto Estrela e Cáceres

Publicados

em

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), concluiu a primeira etapa da aplicação de capa asfáltica em 30 quilômetros da MT-343, entre os municípios de Barra do Bugres e Cáceres, na região Oeste de Mato Grosso.

Esses primeiros 30 quilômetros fazem parte de um dos três lotes de obras que estão em andamento na rodovia. Ao todo serão pavimentados 120 quilômetros da MT-343, que é considerada uma importante ligação dos municípios de Cáceres, Porto Estrela e Barra do Bugres, bem como a interligação das rodovias federais BR-070 e BR-364.

Esses primeiros 30 quilômetros fazem parte de um dos três lotes de obras que estão em andamento. (Crédito: Secom-MT)

De acordo com o engenheiro Alexandre Zigoski, superintendente de Execução e Fiscalização de Obras da Sinfra, já foi asfaltada a metade da extensão prevista no trecho entre o município de Porto Estrela e o distrito de Vila Aparecida, em Cáceres. A expectativa é de que a pavimentação desse trecho, com extensão total de 64,4 quilômetros, seja entregue no início do ano que vem.

Além desse lote, está em andamento a pavimentação de outros 30,8 quilômetros, no trecho que vai do entroncamento da MT-246, em Barra do Bugres, até o município de Porto Estrela. Também está em andamento o último trecho da rodovia, já em Cáceres, que vai do KM 46,5 até o fim do pavimento no município. Serão asfaltados 24,6 quilômetros nesse trecho.

Veja Também:  Boletim informativo do Covid-19 em Barra do Bugres em 30 de novembro 2020

Para a pavimentação dos 120 quilômetros da MT-343, o Governo do Estado está investindo R$ 84,2 milhões. Além do asfaltamento, também está em execução a construção de quatro pontes de concreto sobre os Rios Cachoeirinha e Saloba Grande e Córregos Figueirinha e Ribeirão Três, com investimento total de R$ 8 milhões.

Segundo o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística Marcelo de Oliveira, todas essas obras que estão em andamento na MT-343 são estruturantes para os municípios de Barra do Bugres, Porto Estrela e Cáceres e representam mais uma ação de infraestrutura do Governo de Mato Grosso para melhorar não apenas a malha rodoviária, como também a logística da região.

“Essa pavimentação vai interligar a região produtora do Médio-Norte, em Barra do Bugres, diretamente ao Porto de Cáceres e à Zona de Processamento de Exportação de Mato Grosso, que também está em obras. Este é o Governo do Estado que está consertando o Estado e solucionando mais um gargalo logístico”, afirmou o secretário.

Concretização de um sonho

A pavimentação da MT-343 atende a um pedido antigo da região Oeste e chegou a ser prometida por muitos políticos, mas nunca saiu do papel, até agora. Durante vistoria das obras realizada no mês de outubro, o governador Mauro Mendes reforçou que a pavimentação e a construção de pontes na rodovia tratam-se de algumas obras que são prioridades da sua administração.

Veja Também:  Carro com placas de Barra do Bugres é encontrado em Chamas em estrada de Mato Grosso

“Essa rodovia que liga Cáceres a Barra do Bugres é um sonho antigo da população e vai melhorar muito a logística da região, pois permitirá que junto com outras ações executadas pelo Governo, se traduzam em mais indústrias, geração de empregos e, consequentemente, desenvolvimento e garantia de maior qualidade de vida para as pessoas aqui da região”, disse o governador na ocasião.

Fonte: Tangará em Foco

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Propaganda

Barra do Bugres

Vereador Subtenente Marivaldo faz um resumo do seu primeiro semestre no Legislativo Barrabugrense

Publicados

em

Exercer a vereança é algo novo e desafiador em minha vida. Mesmo convivendo grande parte da minha vida no meio social, devido aos serviços prestados à Polícia Militar. Vi durante muito tempo a necessidade do povo de receber uma saúde, educação, segurança e princípios básicos e necessários para a sobrevivência e atualmente, meu mandato busca levar isso aos cidadãos barrabugrenses.

 

O cotidiano não é fácil, no entanto me desdobro para chegar em todos os lugares. Assim, já visitei todos os distritos e comunidades rurais, buscando e acompanhando melhorias realizadas pelo executivo, bem como realizando indicações para algumas ocasiões.

 

Dentro do município, me fiz presente em vários espaços, ouvindo os moradores, de forma que meu mandato seja construído de forma democrática e de participação popular. Desse modo, busquei incansavelmente melhorias aos bairros mais afastados. Além disso, busquei e continuo na luta para a reativação do nosso hospital, além de parceiras políticas que garantam emendas para ações futuras.

 

Nesses primeiros meses de gestão, encaminhei 18 indicações ao executivo, versando sobre Segurança Pública, Social, Infraestrutura, Saúde, Esporte e Lazer. Além disso, indicamos a necessidade de revisão de impostos, sobretudo a cobrança indevida sobre os microempreendedores individuais; obrigatoriedade de notificação pelo município aos proprietários de terrenos baldios, visando maior cuidado e limpeza; instituir programa de parceria para a construção de calçadas; construção de parque esportivo e campos society; doação de ambulâncias para distritos e comunidades rurais; prorrogação do período de isenção de IPTU aos aposentados entre outras importantes pautas que auxiliam na construção de uma cidade melhor.

 

Veja Também:  Boletim informativo do Covid-19 em Barra do Bugres em 16 de junho 2021

No mais, continuarei na luta por todos e farei o possível para que Barra do Bugres caminhe para frente e possa oportunizar aos munícipes uma qualidade de vida cada vez maior.

 

Vereador Marivaldo Marcos de Magalhães – MDB

 

Confira umma galeria de fotos de ações do Vereador Subtenente Marivaldo:

Fonte: Assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres

Unemat abre vestibular com notas do Enem dos últimos cinco anos Barra do Bugres tem 6 cursos 

Publicados

em

por Nataniel Zanferrari
A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) divulgou o edital do Processo Seletivo 2021/2, para ingresso no segundo semestre deste ano. Esta edição oferta 2.570 vagas em 62 cursos, distribuídos em 12 municípios do Estado.

As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas de 26 de julho a 8 de agosto.

O edital pode ser acessado clicando aqui.

ENEM ANTERIORES

Poderão participar deste Seletivo todos os interessados que tenham realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nas edições 2016, 2017, 2018, 2019 ou 2020, e que tenham obtido nota mínima de 200 pontos na Redação da edição apresentada pelo candidato.

No ato da inscrição, o candidato deverá marcar qual opção do curso, câmpus e categoria de cotas ao qual pretende concorrer, além de anexar fotografia e o boletim de desempenho no Enem.

O boletim poderá ser obtido clicando aqui.

Basta informar o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e a senha do candidato.

O processo seletivo terá duas fases: a primeira será o desempenho no Enem, e a segunda será a análise da documentação e o procedimento de verificação.

CURSOS E CÂMPUS

Esta edição apresenta três turmas únicas de oferta especial em Cuiabá: uma turma de bacharelado em Engenharia de Produção Agroindustrial, uma turma de Tecnologia em Gestão Pública e uma turma de Tecnologia em Gestão de Negócios e Inovação.

O curso de Engenharia terá aulas no período noturno de segunda a sexta-feira e no período diurno aos sábados. Já os cursos de Tecnologia serão no período noturno.

Também será ofertado o curso de bacharelado em Agronomia no município de Querência. O curso é em período integral.

Além dos cursos em Cuiabá e Querência, esta edição também oferta cursos em Alta Floresta, Barra do Bugres, Cáceres, Diamantino, Juara, Nova Mutum, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Sinop e Tangará da Serra.

COTAS

Além das cotas para alunos oriundos de escolas públicas, dentro das quais estão inseridas cotas para indígenas e para estudantes pretos ou pardos, a Unemat também passou a incluir reserva de vagas para pessoas com deficiência (PCD) a partir do ano passado.

RESULTADO

As inscrições deferidas serão publicadas no dia 9 de agosto, com a divulgação do desempenho preliminar da primeira fase no dia 12 e a divulgação do resultado preliminar da segunda fase no dia 27.

O resultado final será publicado no dia 1º de setembro, com matrículas de 2 a 9 de setembro.

Todas as informações sobre as etapas do Vestibular e seus editais podem ser acessadas em: www.unemat.br/vestibular.

CONFIRA QUAIS SÃO OS NOSSOS CURSOS

– Administração: Diamantino, Juara, Nova Mutum, Sinop e Tangará da Serra

– Agronomia: Alta Floresta, Cáceres, Nova Mutum, Nova Xavantina, Querência e Tangará da Serra

– Arquitetura e Urbanismo: Barra do Bugres

– Ciência da Computação: Barra do Bugres e Cáceres

– Ciências Biológicas: Alta Floresta, Cáceres, Nova Xavantina e Tangará da Serra

– Ciências Contábeis: Cáceres, Nova Mutum, Sinop e Tangará da Serra

– Ciências Econômicas: Sinop

– Direito: Alta Floresta, Barra do Bugres, Cáceres, Diamantino e Pontes e Lacerda

– Educação Física: Cáceres e Diamantino

– Enfermagem: Cáceres, Diamantino e Tangará da Serra

– Engenharia Civil: Nova Xavantina, Sinop e Tangará da Serra

– Engenharia de Alimentos: Barra do Bugres

– Engenharia de Produção Agroindustrial: Barra do Bugres e Cuiabá

– Engenharia Elétrica: Sinop

– Engenharia Florestal: Alta Floresta

– Geografia: Cáceres e Sinop

– História: Cáceres

– Jornalismo: Tangará da Serra

– Letras: Cáceres, Pontes e Lacerda, Sinop e Tangará da Serra

– Matemática: Barra do Bugres, Cáceres e Sinop

– Medicina: Cáceres

– Pedagogia: Cáceres, Juara e Sinop

– Sistemas de Informação: Sinop

– Tecnologia em Gestão Pública: Cuiabá

– Tecnologia em Gestão de Negócios e Inovação: Cuiabá

– Turismo: Nova Xavantina

– Zootecnia: Pontes e Lacerda

CONFIRA ONDE ESTÃO NOSSOS CURSOS

– Alta Floresta: Agronomia, Ciências Biológicas, Direito e Engenharia Florestal

– Barra do Bugres: Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação, Direito, Engenharia de Produção Agroindustrial, Engenharia de Alimentos e Matemática

– Cáceres: Agronomia, Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem, Educação Física, Geografia, História, Letras, Matemática, Medicina e Pedagogia

– Cuiabá: Engenharia de Produção Agroindustrial, Tecnologia em Gestão Pública e Tecnologia em Gestão de Negócios e Inovação

– Diamantino: Administração, Direito, Educação Física e Enfermagem

– Juara: Administração e Pedagogia

– Nova Mutum: Administração, Agronomia e Ciências Contábeis

– Nova Xavantina: Agronomia, Ciências Biológicas, Engenharia Civil e Turismo

– Pontes e Lacerda: Direito, Letras e Zootecnia

– Querência: Agronomia

– Sinop: Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Sistemas de Informação, Geografia, Letras, Matemática e Pedagogia

– Tangará da Serra: Administração, Agronomia, Ciências Contábeis, Ciências Biológicas, Enfermagem, Engenharia Civil, Jornalismo e Letras

Comentários Facebook
Veja Também:  Umutinas fecham entrada para aldeia em Barra do Bugres
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana