conecte-se conosco


Mato Grosso

Governo de MT se reúne com investidores para “fase dois” de programa que fomenta ações pelo meio ambiente

Publicados

em

O vice-governador de Mato Grosso, Otaviano Pivetta, recebeu na tarde desta segunda-feira (13.06) uma comitiva de instituições que financiam ações de preservação do meio ambiente no Estado, por meio do Programa REM Mato Grosso (REDD para Pioneiros pela sigla em Inglês), para tratar do planejamento da “fase dois” do projeto. Nos últimos quatro anos, a iniciativa investiu R$ 144 milhões em Mato Grosso. 

Otaviano Pivetta destacou o compromisso do Governo com a meta de descarbonização, que prevê a neutralização das emissões até 2035. Afirmou também que é do interesse do Estado estreitar relações para a continuidade do trabalho, que tem contribuído para que Mato Grosso possa produzir e conservar as riquezas naturais.

Conforme o gerente de portfólio do Banco de Desenvolvimento da Alemanha (KFW), Klaus Koehnlein, está sendo avaliada uma extensão do programa em uma segunda fase, com o objetivo de dar continuidade ao trabalho.

“Essa foi uma reunião de monitoramento do Programa REM, que é uma parceria importante para nós para a proteção da floresta e do clima. Essa reunião foi para repactuar essa parceria junto com o Governo do Estado. Para nós é importante sempre encontrar com os parceiros, dialogar, ver os resultados, e desenhar o caminho para o futuro”, afirmou. 

Veja Também:  Novos conselheiros da Criança e do Adolescente são empossados

Segundo Manoel Serrão, superintendente de Programas do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO), Mato Grosso é referência para a instituição entre os mais de 40 projetos em execução no Brasil, que somam uma carteira de R$ 2 bilhões em investimentos. 

“O Programa REM MT é um exemplo. A quantidade de produtos que foram desenvolvidos, e os resultados que estão sendo demonstrados mostram uma curva de aprendizagem que não é fácil de ver em outros projetos. O compromisso do Governo do Estado, e a capacidade da equipe técnica, são diferenciais que fazem com que o Programa deva ter o seu modelo copiado em outras realidades no Brasil”, afirma o superintendente.  

Pagamento por resultados ambientais 

“Mostramos o quanto o Estado trabalha no combate ao desmatamento ilegal, com a responsabilização dos infratores do começo ao fim, desde a identificação do ilícito por alertas de imagens de satélite, a autuação rápida, e a responsabilização”, afirma a secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti. 

O programa vai muito além do comando e controle, destaca a gestora. Ela cita que o REM atua no fortalecimento institucional, das cadeias produtivas, pensando sempre nos aspectos social, econômico, e ambiental. Também estão incluídas ações de combate aos incêndios florestais. 

Veja Também:  Governo publica licitações para asfaltar antiga Estrada da Guia e Ponte de Ferro

O REM é um programa do Governo Alemão que premia estados pela redução de emissões de gases do efeito estufa oriundas do desmatamento e fomenta a conservação das florestas e seus povos tradicionais. É um programa de pagamentos por resultados na diminuição de emissões. 

Também participaram da agenda o secretário-chefe da Casa Civil, Rogério Gallo; a secretária de Agricultura Familiar, Teté Bezerra; Franziska Tröger, primeira secretária de Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável da Embaixada da Alemanha; Gina Timoteo, representante da Agência de Cooperação Técnica Brasil- Alemanha (GIZ); João Melo, gerente de projeto do FUNBIO e gestor financeiro do REM, Fernando Sampaio, Diretor da PCI; Ligia Vendramin, Coordenadora do REM-MT.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

SINE MT oferta 3,1 mil vagas de emprego em 27 municípios

Publicados

em

Por

O Sistema Nacional de Emprego de Mato Grosso (Sine-MT) disponibiliza 3.163 novas oportunidades de empregos para profissionais que queiram ingressar no mercado de trabalho. As vagas estão disponíveis em 27 municípios do Estado, inclusive em Cuiabá e Várzea Grande. Há vagas também para pessoas com deficiência (PCD).

As vagas são para as cidades de: Cuiabá (245); Várzea Grande (48); Água Boa (56); Alta Floresta (45); Alto Araguaia (13); Alto Taquari (05); Aripuanã (02); Barra do Garças (47); Cáceres (19); Campo Novo do Parecis (80 ); Campo Verde (80); Canarana (27); Colíder (143); Diamantino (29); Guarantã do Norte (24); Juara (93); Jaciara (15); Juscimeira (02); Lucas do Rio Verde (90); Nova Mutum (207); Pontes e Lacerda (56); Primavera do Leste (472); Rondonópolis (268); Sapezal (229); Sinop (308); Sorriso (495); Tangará da Serra (65).

O trabalhador também pode verificar as vagas ofertadas acessando o portal http://empregabrasil.mte.gov.br/

Inscrição

Os interessados devem procurar a unidade do SINE mais próxima de sua residência, com os documentos pessoais.

Veja Também:  Polícia Militar localiza dois motoristas sequestrados e recupera caminhões roubados

Estas oportunidades podem ser preenchidas ou alteradas a qualquer momento e sem nenhum aviso prévio.

Confira relação das vagas de empredo aqui e aqui

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Quatro mandados judiciais são cumpridos contra alvos investigados por tráfico de drogas na fronteira

Publicados

em

Por

Quatro mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão foram cumpridos pela Polícia Civil, nesta terça-feira (05.07), contra alvos investigados por tráfico de drogas, na região de fronteira do estado.

As ordens judiciais foram cumpridas pela equipe da Delegacia de Mirassol d’Oeste, com apoio das unidades de São José dos Quatro Marcos e de Araputanga.

Durante a ação policial foram apreendidas porções de entorpecentes e uma pessoa presa em flagrante por tráfico de drogas.

O cumprimento dos mandados faz parte da Operação Narco Brasil, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública no combate ao tráfico de drogas, incineração de entorpecentes e cerco ao crime organizado, com auxílio das forças policiais federais, dos 26 estados e Distrito Federal.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Poder Judiciário de Mato Grosso registra aumento de mais de 140% de acordos em 2022
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana