conecte-se conosco


Policial

Governo entrega nova unidade da PM e reforça segurança no Centro Político Administrativo

Publicados

em


O Governo do Estado  inaugurou a nova sede da 4ª Companhia Independente de Segurança Institucional da Polícia Militar (4ª CIPMSI) nesta terça-feira (14.09), na Praça das Bandeiras, na Capital. A nova unidade conta com um Centro de Monitoramento Eletrônico que registra toda a área do Centro Político Administrativo.  

A área pública foi revitalizada com investimentos do Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag). O reforço na segurança do Centro Político Administrativo faz parte do “Projeto Águia”, que visa fortalecer o patrulhamento na região, por meio do monitoramento eletrônico interligado por câmeras de segurança em toda área do Centro Político Administrativo; região composta por orgãos e instituições públicas. 

Na ocasião, a PM inaugurou o Memorial de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso que está aberto para visitação. O local permite aos visitantes acesso às relíquias históricas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar. O  memorial recebeu o nome do subtenente da PM Hisney Adão de Oliveira, falecido em 2020, em decorrência de complicações da Covid-19.

Representando o Comando Geral da Polícia Militar, o coronel Daniel Lipi Alvarenga destacou a revitalização da unidade e reforçou o compromisso da Polícia Militar na condução do projeto. “A parceria com o Governo do Estado visa o fortalecimento das ações de policiamento ostensivo no Centro Político Administrativo. Nós trabalhamos com o objetivo de trazer mais segurança aos órgãos públicos e à população”, destaca o militar.

Veja Também:  PM prende em flagrante homem por roubo a loja de material de construção

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, pontuou os benefícios do uso de espaço. “A utilização da área pública que estava abandonada, obsoleta, agora trás dignidade para os profissionais da Polícia Militar que trabalham no Palácio do Paiaguás. Revitalizamos um local que pode ter diversas ocupações e que agora será melhor utilizado, trazendo um acervo das forças de segurança”, afirmou o secretário.  

O  sistema de monitoramento conta com 26 câmeras e a previsão é de que sejam adquiridos softwares de reconhecimento facial acoplado às câmeras PTZ; que está em fase de testes. Toda essa tecnologia permite que a PM identifique indivíduos suspeitos, pessoas com mandado de prisão, bem como monitorar e subsidiar investigações sobres pessoas que transitam pelo Centro Político.  

O tenente-coronel Frederico Correa Lima Lopes, que comanda a unidade, explicou que o sistema de monitoramento é de última geração. “Nós, da companhia, fazemos o monitoramento de forma segmentada. Um é feito no CIOSP, por policiais da companhia, e o outro é feito aqui, facilitando o intercâmbio com as viaturas que estão na rua. Com o Projeto Águia de monitoramento, vamos fazer a cobertura de todo o Centro Político e estabelecer protocolos. Visando mais segurança e controle”, explicou o comandante. 

Veja Também:  "Forças de segurança de MT são preparadas e estão à altura no combate aos crimes cometidos em nosso território", afirma Bustamante

Tambem participaram da ato solene o subchefe de Estado Maior- Geral, coronel Carlos Eduardo Pinheiro da Silva; o comandante do 1º Comando Regional de Cuiabá, coronel Esnaldo Moreira, o secretario adjunto da Sesp, coronel Juliano Chiroli, o secretário de Planejamento e Gestão (Seplag), Basílio Bezerra, o ouvidor-geral de Polícia, Lúcio Andrade, e os deputados estaduais Carlos Avallone e Elizeu Nascimento dentre outras importantes autoridades civis e militares. 

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Policiais apreendem pistolas e munições após homem ser atingindo por tiro acidental em hotel

Publicados

em


Na tarde de quinta-feira (16.09), após solicitação via 190, policiais do 19º Batalhão da Polícia Militar apreenderam duas pistolas após o registro de disparo acidental em hotel no município de Tangará da Serra. As armas pertenciam a um homem de 31 anos, que alegou ser colecionador e atirador esportivo.

De acordo com o boletim, o homem tinha acabado de comprar uma pistola Glock 9 mm e a transportava na cintura. Ao entrar num hotel no centro da cidade, a arma caiu, causando um disparo que atingiu a perna esquerda do dono do objeto. A Polícia Militar acionou a Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para prestar socorro a ele, que foi encaminhado para Unidade de Pronto Atendimento (UPA). 

Durante a diligência, um amigo do homem entregou uma outra pistola Taurus cal.  40. Devido as duas armas estarem alimentadas, municiadas e carregadas, em desacordo com a legislação vigente, os objetos foram recolhidos juntamente com 17 munições intactas. O dono do material vai responder por disparo de arma de fogo e porte ilegal de arma de fogo.

Veja Também:  Governador e primeira-dama recebem projeto musical da Polícia Militar de Mato Grosso

A ocorrência foi entregue para a Polícia Judiciária Civil.   

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende em flagrante dois suspeitos por homicídio de rapaz no Pedra 90

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Duas pessoas foram presas em flagrante pela Polícia Civil na madrugada desta sexta-feira (17.09) por envolvimento no homicídio de  Felippe Fernandes Rodrigues da Silva, 21 anos, encontrado morto na região do Cinturão Verde, em Cuiabá. Os dois investigados foram autuados por homicídio qualificado e por constituir organização criminosa.

A equipe da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) chegou aos suspeitos depois de realizar diversos levantamentos, oitivas e informações que possibilitaram a identificação dos dois envolvidos no crime.

Conforme o delegado que preside as investigações, Mário Roberto Santiago, os suspeitos foram presos no Pedra 90. Um deles foi localizado em um motel da região, e o outro foi preso no bairro.

Felipe Fernandes foi localizado nesta quinta-feira (16), na estrada do Cinturão Verde, na região do Pedra 90, com oito perfurações de disparo de arma de fogo.

No dia 12 de setembro, duas pessoas (uma delas a vítima do homicídio) foram conduzidas pela Polícia Militar à Central de Flagrantes de Cuiabá sob suspeita de ter cometido estupro contra uma adolescente. Ambos foram ouvidos pelo delegado plantonistas e autuados em flagrante, sendo encaminhados à audiência de custódia, onde foram colocados em liberdade com medida cautelar de uso de tornozeleira eletrônica.

Veja Também:  PM de Barra do Bugres registra furto a loja e suspeitos são presos

No dia 14 de setembro, começaram a circular em grupos de aplicativos de mensagens de que integrantes de uma organização criminosa estavam atrás dos dois suspeitos do estupro para aplicar o chamado ‘salve’.

Felipe Fernandes foi à Central de Ocorrências da Polícia Civil e registrou um boletim de ocorrências informando que estava sendo ameaçado de um salve por membros do grupo criminoso por conta do possível estupro que teria praticado e passou o nome de uma pessoa que estaria por trás das ameaças. No mesmo dia em que registrou o boletim, Felipe desapareceu e a família registrou uma ocorrência relatando o desaparecimento dele e informando que a vítima havia sido levada por criminosos de uma organização criminosa.

Na quinta, a equipe do Núcleo de Pessoas Desaparecidas estava em diligências para esclarecer o desaparecimento de Felipe, quando foi localizado o corpo dele na região do Cinturão Verde.

A partir das informações dos boletins de ocorrências registrados, os policiais da DHPP chegaram à identificação de duas pessoas envolvidas no homicídio. O delegado Mário Santiago ouviu também a vítima do suposto estupro, além de familiares de Felipe.

Veja Também:  Dez são presos e 13 veículos são recuperados na região de Barra do Bugres

Diligências da DHPP seguem para identificar se há envolvimento de outras pessoas no homicídio.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana