conecte-se conosco


Entretenimento

Holly Golightly, Vivian Ward e as mulheres mais inesquecíveis da ficção

Publicados

em

A literatura e a sétima arte vem provendo personagens femininas inspiradoras desde o início dos tempos, de Holly Golightly a Annalise Keating elas são muitas. A cada enredo uma nova história é contada, um sentimento de superação é exaltado e um nome alcança a glória ou pelo menos chega bem perto disso.

Leia também: Em sua estreia como diretor, Wagner Moura é aplaudido em Berlim


Holly Golightly e as mulheres mais inesquecíveis da ficção
Divulgação

Holly Golightly e as mulheres mais inesquecíveis da ficção

Só no Brasil, segundo IBGE, as mulheres representam 100,5 milhões de habitantes ou seja 51,5% da população do País. Com a chegada do Dia Internacional da Mulher
, celebrado nesta sexta-feira (8), personalidades de todas as partes do mundo, como Holly Golightly
, ganham destaque nos rankings sociais, como Trending Topics do Twitter e Google Trends.

Leia também: Filme Estrangeiro concentra disputas mais excitantes do Oscar em 2019

Em séculos de literatura
e audiovisual a sociedade regou-se de muita imaginação e contemplou muitos nomes icônicos. Com base nisso, selecionamos as mulheres mais inesquecíveis da ficção para te inspirar neste fatídico dia.

  • Holly – “Bonequinha de Luxo”

Holly Golightly
Divulgação

Holly Golightly

Adaptado da obra de Truman Capote, o filme “Bonequinha de Luxo” narra a história de Holly, uma acompanhante que sonha em casar com um homem rico e tornar-se atriz de Hollywood. Determinada, durante o longa a personagem, vivida por Audrey Hepburn, dobra homens para alcançar seu objetivo. Sucesso de bilheteria, tendo arrecadado US$ 14 milhões, o filme eternizou a personagem, que tornou-se referência para inúmeros artigos da cultura pop – incluindo a cantora Madonna no clipe de Material Girl
.

  • Vivian Ward – “Uma Linda Mulher”

Vivian Ward
Divulgação

Vivian Ward

Lançado em 1990, “Uma Linda Mulher” apresentou Vivian Ward ao mundo, uma prostituta de atitude, de bom coração, independente e assertiva, que se recusa a ter um cafetão para ter o direito de escolher seus clientes ou seja a própria precursora do popularmente conhecido “meu corpo, minhas regras”.  

Veja Também:  Fãs desconfiam que Sandy e Ludmilla gravaram parceria; entenda

Originalmente criado para ser um conto de advertência sobre a classe de prostituição de Los Angeles, o filme foi remodelado para ser uma comédia romântica, gênero este que sagrou a produção e fez de Vivian, interpretada por Julia Roberts, um ícone internacional. Com orçamento de US$ 14 milhões, o longo arrecadou mais de US$ 463 milhões nos EUA.

  • Cristina Yang – “Grey’s Anatomy”

Cristina Yang
Divulgação

Cristina Yang

Há mais de uma década no ar, “Grey’s Anatomy” presenteou as admiradoras da série com a personagem Cristina Yang, uma cirurgiã cardíaca interpretada por Sandra Oh. Forte e inabalável, ela é inspiradora por ser uma profissional excelente que não mede esforços para chegar onde quer, embora passe por maus bocados em sua vida pessoal.  Fora do programa desde a 10ª temporada, ela continua na memória dos fãs.

  • Hermione Granger –  franquia Harry Potter

Hermione Granger
Divulgação

Hermione Granger

Advinda do mundo mágico de Hogwarts, Hermione, interpretada por Emma Watson, é um exemplo de dedicação e superação. Ao longo da saga de filmes ela vence todos seus obstáculos, demonstra fraqueza, empoderamento, força e inteligência. Apesar de não ser a protagonista, é um símbolo de inspiração.

  • Katniss Everdeen – “Jogos Vorazes”

Katniss Everdeen
Divulgação

Katniss Everdeen

Vivida por Jennifer Lawrence, Katniss é um ícone vivo de força e resistência à opressão. Por mais que protagonista de “Jogos Vorazes” relute o cargo ativista de início, seu espírito protetor e sua vontade de lutar pelo que é justo a faz conquistar não apenas os habitantes da ficção, mas as pessoas que a assistem o filme.

  • Claire Underwood – “House Of Cards”

Claire Underwood
Divulgação

Claire Underwood

Até então mulheres movidas à base da paixão dominaram a lista. Fria, ambiciosa e calculista, Claire Underwood, interpretada por Robin Wright, é o oposto disso. Ao longo das temporadas de “House Of Cards”, a personagem tornou-se o tipo de pessoa que faz o impossível para alcançar o objetivo almejado, um digno colírio para as espectadoras. Na produção, nem o próprio marido a detém. Inabalável e imbatível, Claire é uma das personas inesquecíveis do ramo do entretenimento visual.

  • Olivia Pope – “Scandal”
Veja Também:  Elba Ramalho testa positivo para o coronavírus

Olivia Pope
Divulgação

Olivia Pope

Vinda do universo das séries, Olivia Pope é uma mulher negra que luta pelo seu espaço na sociedade. Sob o lema “trabalhar o dobro para ter a metade [do que os brancos têm]”, a personagem vivida por Kerry Washington é um marco no audiovisual.  O sucesso da protagonista é refletido nas temporadas da atração. Foram sete ao todo.

  • Claireece Jones – “Preciosa”


Reprodução/IMDB

“Preciosa – uma história de esperança” retrata a vida de uma jovem negra que foi violentada pelo pai, sofre abusos da mãe e convive com diversos conflitos internos

Falar de “Preciosa” é abordar “lugar de fala”. Jovem, negra, pobre e gorda, a personagem passa por uma série de abusos de seu pai e é fortemente negligenciada pela mãe. Vivida pela atriz Gabourey Sidibi, a personagem inspira ao mostrar que mesmo passando por terrores dentro de casa a perseverança a mantém na procura por um futuro melhor. A história emocionou multidões e arrecadou uma receita de US$ 63 milhões nos EUA, além de cinco indicações ao Oscar, incluindo Melhor Filme.

  • Mulan – “Mulan”

Holly Golightly e as mulheres mais inesquecíveis da ficção
Divulgação

Holly Golightly e as mulheres mais inesquecíveis da ficção

Lançado em 1998, o filme “Mulan” conta história de uma jovem chinesa que decide ir à guerra para proteger a honra de sua família. Destemida, a personagem mostra que as meninas podem desempenhar os mesmos papéis que os meninos e aprende lições como coragem, respeito e amor. Sob o título de heroína da China, a jovem (sem dúvida) é uma das inesquecíveis figuras da ficção que mais inspiram pessoas.

  • Annalise Keating – “How To Get Away With Murder”

Holly Golightly e as mulheres mais inesquecíveis da ficção
Divulgação

Holly Golightly e as mulheres mais inesquecíveis da ficção

Leia também: Jim Carrey está de volta como um investigador no denso “Crimes Obscuros”

Fechando a lista de mulheres inesquecíveis da ficação, que começou com Holly Golightly
, está Annalise Keating
, vivida por Viola Davis em “How To Get Away With Murder”. Sucesso em diferentes continentes, a produção retrata as jornadas obscuras de uma advogada que superou a pobreza, o racismo e o assédio sexual para se tornar alguém imbatível – pelo menos no trabalho.  

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Monica Benini, esposa de Júnior Lima, passa por cirurgia de emergência

Publicados

em

Por

Monica Benini e Junior Lima estão juntos desde 2013
Reprodução/Instagram

Monica Benini e Junior Lima estão juntos desde 2013

Monica Benini, esposa de Júnior Lima, contou que foi operada às pressas neste fim de semana após sofrer com fortes dores abdominais. A influenciadora contou nesta terça-feira (5) que passou mal e precisou ir às pressas ao pronto-socorro. 

“Para servir de alerta para a gente nunca camuflar as dores que sentimos, sempre checar e nunca se automedicar”, disse no texto, que explica o acontecido. Segundo Monica, os sintomas começaram leves e se agravaram. 

“De domingo para segunda, comecei a sentir uma sensação de azia. Ontem a dor começou a aumentar e estava brincando com o Otto e não consegui caminhar direito. Quase desmaiei. Liguei por Junior e ele veio correndo… Pensei: se estou sentindo dores que nunca senti é porque está acontecendo alguma coisa”, disse.

Veja Também:  Com show curto, Snow Patrol consegue animar público depois da chuva

Após bateria de exames, ela descobriu que estava com apendicite. “Não ando só. Obrigada, anjo da guarda”, afirmou ela. 


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

David Harbour diz ter passado fome em preparação de ‘Stranger Things’

Publicados

em

Por

Ator perdeu 36 quilos para a mudança do personagem
Reprodução 05.07.2022

Ator perdeu 36 quilos para a mudança do personagem

David Harbour, intérprete de Jim Hopper em “Stranger Things”, admitiu que passou fome para perder 36 quilos entre a terceira e quarta temporadas da série da Netflix. 

Em entrevista ao “BBC Breakafast”, David contou que o processo foi difícil para ele. “Não é fácil. É [necessário] muito tempo sem comer para perder tanto peso, passar fome”, contou o ator de 47 anos.

“Esse é o segredo. Se você ficou curioso sobre o segredo da dieta, é só não comer comida”, brincou. Apesar da brincadeira, qualquer dieta deve ser recomendada por um profissional. O ator detalhou que pesava 122 quilos e na temporada atual, 86. 

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Veja Também:  Ricky Martin é acusado de abuso doméstico em Porto Rico
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana