conecte-se conosco


Policial

Homem é preso pela PM com submetralhadora em Várzea Grande

Publicados

em

A Polícia Militar apreendeu uma submetralhadora .40 com carregadores e munições e prendeu um homem, de 22 anos, por porte ilegal de arma de fogo e uso de ilícitos, na noite desta terça-feira (21.06), em Várzea Grande. 

Conforme o boletim de ocorrência, as equipes do Grupo de Apoio (GAP), em patrulhamento pelo bairro Jardim Glória, identificou o suspeito usando entorpecentes de frente a uma residência. 

Ao perceber a presença policial, o homem jogou ao chão uma porção e um cigarro de maconha e tentou fugir, até que acabou sendo rendido pelos policiais. O suspeito é monitorado por meio de tornozeleira eletrônica por tráfido de drogas.

Questionado se haveria mais entorpecentes na casa, o suspeito relatou que teria uma porção guardada na casa de sua tia, no bairro Jacarandá. Os policiais, então, foram até o endereço e constataram que se tratava de um local aparentemente abandonado. No entanto, o portão estava aberto. 

Durante revista no local, os policiais encontraram uma submetralhadora .40 com três carregadores e três munições calibre .40 intactos, escondidos em um guarda-roupa. 

Veja Também:  Jogo entre Atlético-MG e Flamengo contará com reforço de 200 profissionais da segurança

O suspeito relatou que o armamento pertence a uma organização criminosa, com a qual ele estaria em dívida. Por isso, ele teria sido obrigado a guardar a submetralhadora para que terceiros fossem buscar.

Diante dos fatos, o homem, os entorpecentes, o armamento e as munições foram entregues à delegacia para registro do boletim de ocorrência e demais providências que o caso requer. 

Disque-denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Polícia Civil prende autor de feminicídio poucas horas depois de cometer o crime

Publicados

em

Por

O autor do feminicídio que vitimou uma jovem de 23 anos, na madrugada de sábado (02.07), em Tapurah (433 km a médio norte de Cuiabá), foi preso pela Polícia Civil nas diligências ininterruptas para apurar o crime.

O suspeito de 36 anos foi autuado em flagrante por homicídio qualificado (feminicídio). A vítima, Letícia Maria da Silva, foi atingida por golpes de faca desferidos pelo marido, motivado por ciúmes.

O crime ocorreu no bairro São Cristovão, na frente dos filhos e de um casal de amigos. Em seguida o autor fugiu da casa levando a filha de 4 anos e um adolescente de 15 anos, e conseguiu apoio de terceiros para se esconder.

Durante toda a madrugada foram realizadas diligências para identificar o paradeiro do suspeito, quando no início da manhã de sábado, o procurado foi surpreendido com os filhos em frente de uma casa.

No momento em que avistou a equipe, o suspeito correu para um milharal próximo do local, deixando as crianças para trás. Ao escapar do cerco policial, ele voltou para a cidade e adentrou em outro imóvel para se esconder.

Veja Também:  Menina de 1 anos se afoga em balde d'agua e é internada em Tangará da Serra

Porém, foi novamente encontrado e novamente fugiu para o milharal. Somente depois de realizados disparos de advertência, e já no meio da plantação de milho, o suspeito se entregou.

O homem foi conduzido para Delegacia de Tapurah, interrogado pelo delegado Guilherme Pompeo, e autuado em flagrante por homicídio qualificado em feminicídio.

Após a confecção dos autos, o preso foi apresentado e colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Investigado por atear fogo em casa de ex-companheira com a família dentro é preso em Brasnorte

Publicados

em

Por

Um homem procurado pela Polícia Civil em Brasnorte pelos crimes de lesão corporal e por causar incêndio na residência da ex-companheira teve o mandado de prisão cumprido na última sexta-feira (01.07). 

O investigado, de 37 anos, estava com a prisão preventiva decretada pelo juízo da Comarca de Brasnorte após representação encaminhada pelo delegado do município, Eric Fantin. 

O crime ocorreu no dia 27 de maio, quando o investigado, após uma noite de agressões físicas e verbais contra a vítima, ateou fogo na residência, onde também estavam outras pessoas, inclusive, uma criança. As vítimas conseguiram sair do local a tempo. 

Vizinhos acionaram a polícia e um caminhão-pipa foi usado para combater as chamas, mas a casa foi totalmente destruída pelo fogo. A ex-companheira do autor do crime necessitou ser hospitalizada em função das agressões sofridas. 

Após cometer o crime, o investigado confessou, por um aplicativo de mensagens, o crime e disse ainda que “se pegar depois fora do flagrante já era … não dá nada mais”. 

A prisão preventiva do autor foi decretada e desde a data do crime ele estava foragido, até que na sexta-feira, após buscas realizadas pela equipe da Delegacia de Brasnorte, ele se apresentou na unidade e teve cumprido o mandado de prisão.

Veja Também:  Em ação conjunta, Polícia Civil e PRF apreendem 100 quilos de maconha na BR 364

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana