conecte-se conosco


Policial

Homem é preso pela PM por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas

Publicados

em

Policiais militares do 11º Batalhão prenderam, na noite desta sexta-feira (10.06), um homem por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas, na Rodoviária de Sinop (480 km de Cuiabá).

Segundo informações do boletim de ocorrência, uma equipe do Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (Raio), durante rondas pela região central, identificou o homem em atitude suspeita. 

Durante revista pessoal, o homem apresentou certo nervosismo e os policiais localizaram 73 porções de substâncias análoga à pasta base de cocaína e também um simulacro de arma de fogo tipo pistola.

Diante dos fatos, a PM encaminhou o suspeito à delegacia para registro do boletim de ocorrência e demais providências que o caso requer. 

Disque-denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Delegacia no interior ganha espaço para atendimento a vítimas de violência doméstica e familiar
Propaganda

Policial

Polícia Civil incinera cerca de 40 quilos de cloridrato de cocaína em Barra do Garças

Publicados

em

Por

Mais uma incineração foi realizada pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (07.07), no município de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá), que resultou na destruição de aproximadamente 40 quilos de cloridrato de cocaína.

O ato de queima foi realizado pela 2ª Delegacia de Polícia do bairro São José, em uma empresa de cerâmica de Barra do Garças, após autorização da Justiça, e contou com apoio da Delegacia Especializada do Adolescente (DEA).

Também acompanharam a incineração, servidores da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e da Vigilância Sanitária do município.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Procurado por tráfico de drogas em Rondonópolis tem prisão cumprida por policiais civis
Continue lendo

Policial

Polícia Civil e Conselho Tutelar resgatam mulher e cinco filhos vítimas de maus-tratos

Publicados

em

Por

Uma mulher e cinco filhos menores de idade, vítimas de maus-tratos e ameaças, foram tirados da situação de vulnerabilidade, em uma ação conjunta da Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), e do Conselho Tutelar, nesta quarta-feira (06.07), em Cuiabá.

As diligências iniciaram após denúncia recebida pelo Conselho Tutelar sobre cinco crianças em situação de risco, devido a maus-tratos e ameaças praticados por parte do parceiro da mãe delas. Segundo informações, o suspeito é usuário de drogas e sempre que chegava em casa, ameaçava a companheira e os filhos dela com uma faca.

Diante das informações, a equipe da Deddica e do Conselho Tutelar foram até a residência da família, no bairro Jardim Umuarama, em Cuiabá, onde constataram a veracidade da denúncia. Durante a visita, foi realizado o atendimento das da mãe e das crianças e adolescentes, sendo três meninas e dois meninos, com idades entre 16 anos e 10 meses de idade.

Eles foram encaminhados à Deddica, onde as crianças passaram pelo atendimento psicossocial e confirmaram os maus-tratos praticados pelo suspeito, que ameaçava matar tanto a companheira quanto os seus filhos. A mãe das crianças solicitou as medidas protetivas contra o companheiro e foi encaminhada à Delegacia Especializada de Defesa da Mulher para ser acolhida pela Casa de Amparo.

Veja Também:  Atendimento a vítimas de violência ganha espaço exclusivo em delegacia no norte de MT

As investigações seguem em andamento para apurar a situação de maus-tratos e ameaças praticadas pelo suspeito.

A ação faz parte da Operação Acalento, deflagrada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, para combater crimes de violência contra crianças e adolescentes em todo país.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana