conecte-se conosco


Mulher

Influencer faz tatuagem escondida da mãe e odeia o resultado

Publicados

em

source
 Nathalia Valente fala ao prantos sobre tatuagem que deu errado.
Reprodução/Instagram

Nathalia Valente fala ao prantos sobre tatuagem que deu errado.

Quem nunca desobedeceu os pais e acabou se arrependo? Recentemente isso aconteceu com a digital Influencer Nathalia Valente, que tem um perfil com 1,9 milhões de seguidores no Instagram e 11,7 milhões no Tik Tok. Ela compartilhou com os fãs a decepção ao ver o resultado de uma tatuagem feita às escondidas da mãe. O desenho fora realizado nas costas com o formato de uma cobra. 

“Odiei a tatuagem. Estou muito arrependida de ter feito. Eu queria muito uma tatuagem nas costas, só que não assim. Eu confiava no tatuador, ele tinha feito outras tatuagens, mas ele conseguiu fazer uma coisa que ninguém nunca conseguiu, me dá vontade de me cobrir toda”, diz com lagrimas nos olhos. 

Veja Também:  Cardi B irá para pagar funeral de 17 vítimas de incêndio no Bronx

Apesar de já ter outras tatuagens no corpo, a mulher conta, em um dos vídeos, que a mãe pedira para nunca fazer um desenho grande. Porém, Nathalia decidiu contrariar a vontade da progenitora e fazer uma grande tatuagem, usando inclusive o cartão da matriarca para pagar o procedimento. 

No entanto, o resultado não foi o esperado. Nos stories do Instagram, a influenciadora contou, aos prantos, o quanto detestou a tatuagem e como ela não foi feita da forma que ela pedirá. 

“Queria conversar com vocês sobre a tatuagem que está nas minhas costas. Não era desse jeito que eu queria e pedi para o tatuador. Ficou totalmente diferente. Está totalmente errada. Sinceramente não gostei, tentei gostar da tatuagem, mas não está dando. Estou muito triste. Poxa gente, está nas minhas costas e é enorme”, desabafa Nathalia.

Nas imagens compartilhadas por Valente é possível reparar que o desenho não está centralizado nas costas da mulher  e que a tatuagem, possui traços e um sombreamento mais escuro. 

Nathalia Valente mostra a inspiração e o resultado da tatuagem.
Reprodução/Instagram

Nathalia Valente mostra a inspiração e o resultado da tatuagem.

Agora você pode acompanhar todos os conteúdos do iG Delas pelo nosso canal no Telegram. Clique no link para entrar no grupo. Siga também  o perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Propaganda

Mulher

CUFA distribui alimentos para Mães da Favela

Publicados

em

Por

Nas etapas anteriores, foram mobilizados mais de R$ 870 milhões, impactando na vida de 16 milhões de brasileiros.
Redação EdiCase

Nas etapas anteriores, foram mobilizados mais de R$ 870 milhões, impactando na vida de 16 milhões de brasileiros.

A Central Única das Favelas lançou a terceira fase do programa Mãe da Favela, projeto que irá distribuir cestas básicas às famílias chefiadas por mães solos, moradoras de favelas. O projeto foi criado durante a pandemia, como forma de combater as desigualdades sociais acentuadas pela Covid19. 

“Nenhum ato é mais solidário do que impedir que um irmão ou irmã passe fome. Precisamos quebrar de vez esse ciclo de violência chamado fome. Muitas dessas pessoas são mulheres que chefiam sozinhas seus lares. Por isso, além das empresas, contamos muito com as pessoas da sociedade civil que podem doar nesse momento. As doações delas também foi muito importante nas outras fases”, explicou a presidente nacional da CUFA, Kalyne Lima.

Segundo dados do IBGE, o número de desempregados ultrapassou os 15,2 milhões de brasileiros no primeiro trimestre de 2021. Além disso, no mesmo ano, o Brasil também retornou ao mapa da fome. São 116,8 milhões de pessoas vivendo em situação de insegurança alimentar, de acordo com a Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional.

Nesta nova fase, a CUFA também pretende distribuir gratuitamente botijões de gás aos moradores de favelas. Essa ação é uma parceria com a Petrobras. A distribuição de itens de higiene e kits de utensílios do lar para as pessoas afetadas pelas fortes chuvas, que já atingiram várias cidades do país, neste ano também será uma prioridade para a organização. 

“A vacinação avançou, a economia está sendo retomada aos poucos, mas pandemia deixou sequelas graves nas favelas. São 33 milhões brasileiros passando fome. Precisamos reverter esse quadro, e esperamos contar com as mais de 150 empresas que nos apoiaram nesta luta nos outros anos, e com a sociedade civil, que também foi muito importante”, disse o presidente nacional da CUFA, Preto Zezé.

Veja Também:  3 makes fáceis para usar no carnaval

Agora você pode acompanhar todos os conteúdos do iG Delas pelo nosso canal no Telegram.  Clique no link para entrar no grupo. Siga também  o perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Empreendedoras criam espaço de beleza especial para mulheres negras

Publicados

em

Por

Espaço foca em tranças e penteados afros
Foto: Divulgação

Espaço foca em tranças e penteados afros


Carolina Pinto passou anos em busca de salões de trança que tivessem um espaço sofisticado, com atendimento qualificado e em local de fácil acesso, porém, nunca conseguiu encontrar um local com esses três pilares. Após uma experiência ruim, decidiu que iria abrir o próprio salão, com objetivo de trazer uma nova experiência de serviço e atendimento em um espaço sofisticado para as mulheres, especialmente negras. Tudo sem esquecer de suas raízes. Junto com sua sócia, Taynara Alves, a empreendedora inaugurou o RAS, um salão de luxo especializado em tranças e penteados afros.

Lançado em dezembro de 2021, o salão tem um espaço sofisticado e inovador no mundo das tranças, que vai muito além de ser apenas um espaço bonito. Com cadeiras confortáveis e estrutura para home office, o salão é funcional e ideal para receber clientes durante seus dias de folga, como em dias de trabalho.

“Mulheres negras têm o direito de serviços de luxo pensados para elas, com os melhores ambientes, tratamentos e produtos. Queria desmitificar a ideia de o que é direcionado para esse público, deve ser de baixa qualidade, ou pouco sofisticado. Tranças e penteados afros são sinônimo de respeito e luxo”, ressalta Carolina.


As empreendedoras pensaram em conjunto em padronizar todos os processos do salão, para que pudessem oferecer um serviço de qualidade a todos os clientes. As empreendedoras tinham como ideia mostrar que esse é um nicho que deve ser valorizado, não só pelo contexto histórico, mas também, por ser um mercado rentável que ainda pode ser muito explorado.

“Quero normalizar o luxo na vida das pessoas negras! Nós somos descendentes de reis e rainhas, o luxo está presente na nossa vida desde o começo do mundo. Está na hora de fazermos esse resgate do espaço ao qual sempre pertencemos”, explica Taynara.

Agora você pode acompanhar todos os conteúdos do iG Delas pelo nosso canal no Telegram. Clique no link para entrar no grupo . Siga também o perfil geral do Portal iG .

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana