conecte-se conosco


Mato Grosso

Jovem que aparece em vídeo sendo executado no Paraná era da região de Tangará da Serra

Publicados

em

Luiz Maykool, vulgo Chapado, foi morto no PR (Imagem: PM/MT)

Um jovem de 27 anos de idade encontrado morto na zona de Cascavel, Paraná, já passou por Tangará da Serra outras cidades da região, como Sapezal. Em Tangará ele respondia pelo crime de tráfico de drogas, sendo processado pelo Ministério Público local desde setembro de 2019.

CNH de jovem morto (Imagem: Reprodução)

O corpo de Luiz Maykool Dani Feitosa foi localizado em uma área de mata na região da estrada Rio da Paz, com as pernas e as mãos amarradas e marcas de diversos tiros na cabeça.

A vítima foi morta com tiros disparados por pistolas calibre 9 mm, que é de uso restrito das forças armadas, e também de .40.

O crime foi descoberto após a equipe da Guarda Municipal da cidade encontrar o vídeo do crime em um dos celulares de 4 criminosos presos na região do fato.

Os presos, no primeiro momento disseram que a morte aconteceu por desavença, porém em interrogatório os quatro homens se reservaram ao silêncio.

Luiz aparece em imagens feitas durante a sua execução (Imagem: Reprodução)

No primeiro vídeo, de 25 segundos, divulgado pelo Whatsapp, Luiz Maykool, vulgo Chapado, aparece se identificando e dizendo que foi  ‘batizado’ pelo Comando Vermelho em Campo Verde (MT), “quebrada Tangará da Serra”, em 2018. Logo em seguida ele fala que foi para Cascavel (PR), “onde o CV não se cria, quem manda é o PCC”.

Veja Também:  Gefron e Polícia Federal apreendem mais de 600 quilos de drogas

No vídeo seguinte, de 19 segundos, o assassino aponta uma arma na cabeça de Luiz. A vítima pede para que o criminoso abaixe a arma, mas o assassino dispara pelo menos oito vezes no homem. “Aqui é tudo três. CV vai morrer aqui no Paraná car…”, disse o executor após o crime.

As imagens são fortes e por isso não serão divulgadas pelo Tangará em Foco.

Os nomes dos suspeitos não foram divulgados pela Polícia Civil. Os assassinos foram levados à Delegacia de Homicídios para investigação da morte.

Corpo do jovem foi encontrado em mata na zona rural de Cascavel (Imagem: Reprodução/CGN)

Tangaraá em Foco –  Alexandre Rolim

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

MTI passa por desinfecção biológica nesta sexta-feira (23.07)

Publicados

em


A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) receberá os serviços de sanitização e desinfecção, na tarde desta sexta-feira (23.07). Por conta disso, no período vespertino a unidade não contará com atividades presenciais e o expediente será realizado por meio de teletrabalho.

A sanitização e desinfecção será realizada em todos os setores da empresa, excetuando o Data Center que conta com uma escala de serviço diferenciada. O serviço já foi realizado em outras ocasiões e faz parte de uma série de medidas preventivas em virtude da pandemia do coronavírus (Covid-19).

Os colaboradores da empresa deverão deixar a sede até as 14h para evitar qualquer tipo de risco de contaminação. As atividades do período vespertino deverão ser realizadas por meio de teletrabalho e reportadas diretamente aos gestores de cada Unidade.

A medida visa garantir a manutenção das medidas sanitárias preventivas à disseminação da Covid-19, protegendo os empregados públicos que estão atuando em escala de revezamento e, consequentemente, a população que frequenta a empresa.

O serviço tem sido realizado por meio de técnicas de nebulização, atomização ou termonebulização e inclui paredes, tetos, pisos e mobiliários, conforme orientações do Ministério da Saúde.

Veja Também:  Saúde confirma mais um caso de coronavírus em Tangará da Serra
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

TCE-MT lança oficialmente Busca Ativa Escolar em live

Publicados

em


Combater a evasão escolar e traçar um panorama do abandono das salas de aula. Esta é a função da Busca Ativa Escolar. Por meio da plataforma, criada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) criou uma nota técnica que norteará as estratégias de resgate e inclusão de milhares de estudantes no estado. A iniciativa será oficialmente lançada às 9h desta quarta-feira (21).

Em evento online, promovido pela Escola Superior de Contas, serão apresentadas medidas para estimular ações para melhoria dos indicadores de acesso e de permanência de crianças e adolescentes nas salas de aula. A proposta é que, até setembro, todos os municípios de Mato Grosso estejam inscritos na Busca Ativa Escolar. Hoje, a adesão não chega a 20%.

Além de representantes do TCE-MT e da Unicef, participarão da live membros do Instituto Rui Barbosa (IRB), da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), da Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM) e da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon). O encontro, em formato híbrido, será transmitido pelo Canal do TCE-MT no YouTube.

Veja Também:  Mais de 4 mil mato-grossenses conquistaram emprego em 2019
Divulgação TCE-MT

A ação conta com o suporte do conselheiro Antonio Joaquim, relator das contas anuais de gestão da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), e é coordenada pela Secretaria de Controle Externo (Secex) de Educação e Segurança, com apoio Secretaria de Articulação Institucional e Desenvolvimento da Cidadania (SAI) e da Escola Superior de Contas.

Vale destacar que, a informação técnica que serviu como subsídio para ação, tem como base as boas práticas adotadas no desenvolvimento da proposta no Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO) e no Ministério Público Estadual de Rondônia (MPE-RO).

Com a aprovação da nota, na última semana, iniciam-se três frentes de ação: a primeira contempla ações de mobilização inicial e de engajamento; a segunda incluiu ações de controle para monitorar as estratégias e a terceira frente diz respeito à realização contínua de capacitações, visando direcionar a administração pública à melhora de sua capacidade técnica e financeira em prol da busca ativa escolar.

Busca Ativa Escolar

A Busca Ativa Escolar disponibiliza dados sobre a exclusão e o abandono escolares no Brasil, nas cinco regiões, nos estados e nos municípios. Fornece, ainda, dados sobre situação de adesão e de implementação da estratégia em todo o país. A intenção é apoiar os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão.

Veja Também:  Sérgio Ricardo também firma delação e primeira investigação já está na 7ª Vara de Cuiabá

Nesta cadeia, cada secretaria e profissional tem um papel específico e todo o processo é acompanhado pela ferramenta tecnológica, que funciona como um grande banco de dados que facilita a comunicação entre as áreas, armazena dados importantes sobre cada caso acompanhado e apoia na gestão das informações sobre a situação da criança e do adolescente no município e/ou estado.

A ferramenta foi desenvolvida pelo Unicef, em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e com apoio do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

André Garcia Santana
Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: [email protected]
Flickr: clique aqui

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana