conecte-se conosco


Tecnologia

Leilão da Receita tem celulares Xiaomi por R$ 300, iPhones e mais

Publicados

em

Celulares da Xiaomi podem ser adquiridos em leilão
Divulgação/Xiaomi

Celulares da Xiaomi podem ser adquiridos em leilão

A Receita Federal realiza leilões de lotes de produtos que foram apreendidos em aeroportos e fronteiras do Brasil. Nesta semana, o órgão vai realizar um pregão, em São Paulo, de pacotes com iPhones, celulares Xiaomi, eletrônicos diversos e até patinetes elétricos, a partir de R$ 300. As propostas serão abertas em 18 de julho.

Os lotes anunciados pela Receita Federal podem ter desde um produto até dezenas de itens. O pacote de número 23, por exemplo, inclui apenas um Redmi Note 8 pelo lance inicial de R$ 600.

Já os pacotes 44 e 59 garantem três unidades do Redmi 7A — sendo que cada um deles têm lance inicial de R$ 300. Enquanto isso, o lote de número 1 traz dois iPhone 7, com duas películas e uma capa por R$ 2.500.

A Receita Federal ainda oferece alguns itens curiosos, como lotes de milhares de patinetes elétricos da Grin. Os pacotes 165, 166, 167 e 168 têm, ao todo, 4.992 unidades do produto. Os lances começam em R$ 200 mil ou R$ 260 mil, dependendo da quantidade de patinetes no lote.

Veja Também:  Instagram libera exclusão de conta no app após pressão da Apple

Como participar do leilão da Receita Federal

Para tentar arrematar um lote no do leilão da Receita Federal você precisa seguir os seguintes passos:

  1. Obtenha um certificado digital (comprado à parte);
  2. Consiga um código de acesso pelo Portal e-CAC;
  3. Acesse o site da Receita Federal e procure o edital de número 0817900/000003/2022;
  4. Apresente suas propostas.

As propostas podem ser realizadas até o dia 18 de julho, às 08h (horário de Brasília. A classificação e a sessão para lances irão ocorrer em 27 de julho, às 9h e 10h, respectivamente.

Para participar do leilão é preciso ter pelo menos 18 anos ou ser emancipado. Tanto pessoas jurídicas quanto físicas podem apresentar propostas.

Vale lembrar que a Receita Federal não envia os produtos arrematados. Caso consiga comprar algum pacote, é preciso retirá-lo no local indicado pelo órgão. Para o edital 0817900/000003/2022, dependendo do lote, as mercadorias ficam armazenadas em 10 lugares diferentes, no estado de São Paulo. São eles:

  • DMA Ipiranga;
  • Mooca Multilog;
  • CNAGA;
  • Santo André;
  • AGESBEC;
  • SBC Lachmann;
  • LOCALFRIO S.A Armazéns Gerais Frigoríficos;
  • EMBRAGEN;
  • AURORA EADI – Aurora Terminais e Serviços Ltda.;
  • Barueri Multilog.
Veja Também:  Brasileiro é sorteado para viagem espacial com empresa de Jeff Bezos

Celulares e itens de destaque no leilão

Confira, logo abaixo, tabela com os principais lotes de produtos deste leilão da Receita Federal:

Lote Lance mínimo Produtos
1 R$ 2.500,00 2x iPhone 7 2x Películas 1x Capa
12 R$ 1.250,00 2x Redmi Note 8
13 R$ 1.250,00 2x Redmi Note 8
14 R$ 2.400,00 3x Redmi Note 8 Pro
15 R$ 2.400,00 3x Redmi Note 8 Pro
16 R$ 2.400,00 3x Redmi Note 8 Pro
17 R$ 2.400,00 3x Redmi Note 8 Pro
18 ao 22 R$ 1.800,00 3x Redmi Note 8
23 R$ 600,00 1x Redmi Note 8
24 ao 32 R$ 1.800,00 3x Redmi Note 8
33 R$ 600,00 1x Redmi Note 8
35 R$ 800,00 3x Redmi Note 8
36 R$ 600,00 1x Redmi Note 8 Pro 2x Moto C
37 R$ 1.200,00 1x Redmi 6 1x Mi 8 Lite 2x Smartwatch Xiaomi 1x Redmi Note 8 1x “sport bracelet”
38 R$ 900,00 3x Redmi Note 8
39 R$ 700,00 3x Mi A3
40 R$ 900,00 3x Mi A3
41 R$ 1.900,00 1x Mi 9T 1x Redmi Note 8 3x Mi Smart Band 1x Redmi 6
42 R$ 700,00 3x Mi A3
43 R$ 900,00 3x Redmi Note 7
44 R$ 300,00 3x Redmi 7A
45 R$ 700,00 1x Redmi 8A 1x Redmi Note 8 Pro 1x Redmi Note 7
46 ao 48 R$ 800,00 3x Redmi Note 8
49 R$ 1.700,00 2x Mi A3 2x Redmi Note 8
50 R$ 900,00 1x Moto C 1x Redmi 8A
51 e 52 R$ 400,00 3x Redmi 7A
53 R$ 800,00 3x Redmi Note 8
54 R$ 600,00 1x Redmi 7A 2x Redmi Note 8
55 R$ 800,00 3x Mi 8 Lite
56 R$ 1.500,00 2x iPhone 6S Plus
57 R$ 1.300,00 3x iPhone 6s
58 R$ 2.800,00 3x iPhone 6s 3x Apple Watch series 3
59 R$ 300,00 3x Redmi 7A
60 R$ 1.100,00 2x Mi 9 LIte 1x Mi 9 SE
61 R$ 600,00 2x Mi 8 Lite 1x CAT B25
62 e 63 R$ 800,00 3x Redmi Note 8
64 R$ 1.800,00 3x Moto E Play
65 R$ 700,00 2x Redmi Note 8 1x Redmi 8A
66 R$ 1.700,00 3x Mi 9T Pro
67 R$ 1.000,00 3x Redmi Note 8 Pro
68 R$ 800,00 3x Redmi Note 8
69 R$ 1.000,00 2x Redmi Note 7 1x Redmi Note 8 Pro
70 R$ 800,00 3x Mi 8 Lite
71 R$ 900,00 2x Redmi Note 7 1x Mi 8 Lite
72 ao 76 R$ 1.100,00 3x Redmi Note 8
77 R$ 1.300,00 2x Moto E Play 1x Galaxy J5
78 ao 81 R$ 900,00 3x Mi A3
82 ao 90 R$ 800,00 3x Redmi Note 8
91 R$ 700,00 1x Redmi Note 8 2x Redmi 7
92 R$ 1.300,00 2x Mi A1 1x smartwatch 1x Redmi Note 7
93 R$ 600,00 1x Redmi 8 2x Redmi 8A
94 ao 98 R$ 1.100,00 3x Redmi Note 8
99 e 100 R$ 400,00 3x Redmi 8A
101 e 102 R$ 2.100,00 3x Redmi 7 3x Amazfit (não especificada)
103 ao 105 R$ 1.700,00 3x Redmi 7A 3x Amazfix (não especificada)
106 R$ 1.500,00 1x Redmi 8A 1x Mi 9 SE 1x Galaxy J5 1x Mi Band 4?
107 R$ 1.900,00 2x Redmi 7 1x Redmi 7A 3x Mi Band 4?
108 R$ 1.400,00 2x Amazfit (não especificada) 1x “pulseira M4” 2x Redmi Note 8
109 R$ 2.100,00 1x Mi Band 4? 1x Mi 9 Lite 2x Mi Smart Band 4 2x Redmi Note 8 2x Redmi Airdots
110 R$ 2.200,00 3x Amazfit (não especificada) 3x Redmi Airdots 3x Mi A3
111 R$ 2.100,00 3x Mi Band 4? 3x Redmi Airdots 1x Mi A3 1x Redmi 8 1x Redmi Note 8
112 R$ 900,00 2x Moto C 3c Redmi Airdots 1x Redmi Note 8
113 R$ 2.800,00 3x Amazfit (não especificada) 3x Redmi Airdots 2x smartphone (não especificado) 1x Redmi Note 8
114 R$ 3.100,00 3x Amazfit (não especificada) 3x Redmi Airdots 3x smartphone (não especificado)
115 R$ 2.200,00 3x Amazfit (não especificada) 3x Redmi Airdots 3x Redmi Note 8
116 R$ 2.900,00 3x Mi Band 4? 1x Redmi Airdots 1x Redmi Note 8 Pro 2x smartphone (não especificado)
117 R$ 2.700,00 3x Mi Band 4? 2x smartphone (não especificado) 2x Redmi Note 8
118 R$ 2.800,00 3x Amazfit (não especificada) 2x smartphone (não especificado) 1x Redmi Note 8 Pro
119 R$ 2.700,00 3x Amazfit (não especificada) 2x smartphone (não especificado) 1x Redmi Note 8
120 R$ 2.700,00 3x Amazfit (não especificada) 2x smartphone (não especificado) 1x Redmi Note 8
121 R$ 3.000,00 3x Amazfit (não especificada) 3x smartphone (não especificado)
122 R$ 2.400,00 3x Amazfit (não especificada) 1x smartphone (não especificado) 1x Redmi 8 1x Redmi Note 8
123 R$ 2.300,00 3x Amazfit (não especificada) 2x Redmi Note 8 Pro 1x Mi A3
124 R$ 2.300,00 3x Amazfit (não especificada) 2x Redmi Note 8 Pro 1x Redmi Note 8
125 R$ 2.200,00 3x Amazfit (não especificada) 2x Redmi Note 8 1x Redmi Note 8 Pro
126 R$ 2.100,00 3x Amazfit (não especificada) 1x Redmi 8 1x Redmi Note 8 Pro 1x Redmi Note 8
127 R$ 2.200,00 3x Amazfit (não especificada) 2x Redmi Note 7 1x Mi 9 Lite
128 R$ 2.400,00 3x Amazfit (não especificada) 1x Redmi Note 8 1x Mi 9 Lite 1x Redmi 8
129 R$ 1.100,00 3x smartwatch (não especificado) 1x Redmi Note 8 2x Redmi Note 7
130 ao 136 R$ 2.900,00 3x Mi Band 4? 3x Redmi Note 8
137 R$ 1.600,00 2x Mi Band 4? 1x smartwatch (não especificado) 3x Mi A3
138 R$ 1.700,00 3x smartwatch (não especificado) 3x Redmi Note 8
139 R$ 700,00 1x smartwatch (não especificado) 3x Mi A3
140 R$ 600,00 1x Mi A3 2x Redmi Note 8
141 R$ 600,00 1x Xiaomi “Lite 8” 1x Redmi Note 8 1x Redmi 8A
142 ao 153 R$ 1.600,00 3x Redmi Note 8
165 R$ 260.000,00 1536x Patinetes elétricos (da Grin)
166 R$ 200.000,00 1152x Patinetes elétricos (da Grin)
167 R$ 200.000,00 1152x Patinetes elétricos (da Grin)
168 R$ 200.000,00 1152x Patinetes elétricos (da Grin)
182 R$ 238.000,00 21x Servidor Dell PowerEdge R640
203 R$ 10.000,00 300x SSD Kingston 120GB 20x SSD Lexar 128GB 12x SSD Lexar 256GB
204 R$ 3.000,00 2x iPad (não especificado) 1x MacBook Air

Fonte: IG TECNOLOGIA

Comentários Facebook
Propaganda

Tecnologia

RJ é uma das próximas cidades a receber o 5G; 15 capitais vão atrasar

Publicados

em

Problemas de infraestrutura vão atrasar 5G
Unsplash/Jakub Pabis

Problemas de infraestrutura vão atrasar 5G

Na próxima terça-feira (16), as cidades de Curitiba (PR), Goiânia (GO) e Salvador (BA) vão receber o 5G . Depois delas, as próximas capitais a terem a liberação da faixa referente à quinta geração de internet são Florianópolis (SC), Palmas (TO), Rio de Janeiro (RJ) e Vitória (ES). Já o prazo para as demais capitais foi prorrogado em 60 dias.

A decisão foi tomada nesta sexta feira (12) pelo Gaispi, grupo da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) responsável pela implantação do 5G no Brasil.

Florianópolis, Palmas, Rio de Janeiro e Vitória devem receber o 5G até o dia 29 de agosto. As demais capitais, porém, poderão receber a rede até o dia 28 de outubro.

O prazo foi prorrogado pelo Gaispi nesta sexta por motivos técnicos. Antes, todas as capitais brasileiras deveriam ter a faixa do 5G liberada até o final de agosto, ou seja, a prorrogação foi de 60 dias. O prazo para implementação comercial, que era no fim de setembro, saltou para 27 de novembro.

Veja Também:  Em 1ª audiência, Twitter e Musk discutem prazo do julgamento

Segundo a Anatel, a prorrogação aconteceu para permitir a conclusão das ações de desocupação da faixa e mitigação de eventuais interferências na recepção das estações do Serviço Fixo por Satélite. Se as questões de infraestrutura forem resolvidas antes do prazo, as cidades podem ter o 5G liberado antes.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Facebook e Instagram rastreiam usuários quando eles clicam em links

Publicados

em

Meta rastreia usuários
Unsplash/Dima Solomin

Meta rastreia usuários

O navegador próprio do Instagram e do Facebook consegue rastrear dados completos dos usuários, de acordo com uma análise do pesquisador Felix Krause.

Quando um usuário clica em qualquer link no aplicativo do Instagram ou do Facebook, ele não é redirecionado para outros navegadores, como o Safari ou o Google Chrome, mas permanece em um navegador interno à rede social em questão. É justamente nessa página que a Meta consegue rastrear dados dos usuários.

“O aplicativo do Instagram injeta seu código de rastreamento em todos os sites exibidos, inclusive ao clicar em anúncios, permitindo que eles monitorem todas as interações do usuário, como todos os botões e links tocados, seleções de texto, capturas de tela, bem como quaisquer entradas de formulário, como senhas , endereços e números de cartão de crédito”, afirma Krause. Sua análise foi feita nos aplicativos para iOS.

Ao The Guardian, a Meta admitiu que usa o código para rastrear usuários, mas disse que não viola as regras da App Store de segurança dos usuários e que dados como senhas e números de cartão só são salvos se o usuário optar pelo preenchimento automático.

Krause defende que a Meta não conseguiria ter esse nível de rastreamento dos usuários se os sites fossem acessados em outros navegadores. Segundo ele, em outros navegadores, a empresa não conseguiria adicionar o rastreador em qualquer site seguro. Já na própria plataforma, a ferramenta “funciona para qualquer site, independentemente de estar criptografado ou não”.

O pesquisador sugere que Instagram e Facebook ofereçam aos usuários a opção de abrir links nos navegadores de sua preferência.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana