conecte-se conosco


Tecnologia

Mais da metade dos brasileiros não consegue ficar um dia longe do celular

Publicados

em


52% dos brasileiros afirmaram que não conseguem ficar sem usar o celular durante um dia
Pixabay

52% dos brasileiros afirmaram que não conseguem ficar sem usar o celular durante um dia


Mais da metade da população brasileira não consegue ficar sem usar o celular durante um dia inteiro. Os dados são de uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE) Conecta divulgada nesta quinta-feira (21).

Leia também: Twitter vai ganhar News Camera, sua própria versão dos Stories

De acordo com os dados do IBOPE Conecta, entre as duas mil pessoas entrevistadas das classes A, B e C, 52% afirmaram que não conseguem ficar sem usar o celular
por um dia. A pesquisa foi feita entre os dias 18 e 22 de outubro do ano passado.

Entre a outra metade da população, 18% afirmou que podem, sim, ficar cerca de 24 horas sem o aparelho e outros 30% declararam que podem ficar seu seus smartphones
por até mais tempo do que um dia.

Dentro do grupo que disse conseguir ficar sem utilizar o celular, 8% afirmaram que aguentam no máximo uma hora, 11% falaram que é possível ficar longe por duas ou três horas e outros 11% disseram que até seis horas é um número alcançável. Apenas 7% informou que consegue ficar 12 horas longe do aparelho
.

Veja Também:  Tecnologia de Tangará da Serra, hidroreader obtém 1º lugar em evento nacional

Leia também: “Camisinha” inteligente manda dados do seu desempenho sexual para o celular

No entanto, 15% dos entrevistados revelaram que não conseguem ficar sem smartphone em momento algum.

Os impactos do uso do celular na vida dos brasileiros


31% dos brasileiros acredita que o uso de celular não impacta negativamente em suas vidas
Creative Commons CCO

31% dos brasileiros acredita que o uso de celular não impacta negativamente em suas vidas


Além de responderem sobre as possibilidades de ficar sem usar o celular
, os entrevistados também foram perguntados sobre como o uso dos aparelhos celulares impacta em suas vidas. Segundo a pesquisa, três em cada dez brasileiros (31%) disseram que os smartphones não afetam suas vidas negativamentos. Outros, no entanto, citaram as más influências do aparelho em suas vidas. Confira:

Leia também: Twitter bloqueia robô que denuncia gastos suspeitos de deputados brasileiros

  • 27% afirmaram que se sentem atingidas pelo dispositivo na hora de dormir;
  • 23% indicaram que o aparelho afeta seus relacionamento com terceiros;
  • 23% também apontaram distração nas tarefas diárias;
  • 16% disseram que o uso atrapalha no âmbito profissional e familiar;
  • 12% revelaram ser atrapalhados com ligações e mensagens enqunto dirigem;
  • 9% disseram que sua saúde é afetada de maneira negativa;
  • 8% se sentem afetados no ambiente escolar;
  • 6% apontam que o smartphone atrapalha na vida sexual.
Veja Também:  Novos emojis são anunciados para 2019 e um vira piada nainternet; entenda

Comentários Facebook
Propaganda

Geral

Diário Oficial pelo WhatsApp

Publicados

em

A novidade veio para completar o pacote de modernização da Iomat

A partir de agora, a população poderá ter acesso ao Diário Oficial Eletrônico do Estado de Mato Grosso também pelo WhatsApp. As pessoas interessadas em receber o DOE pelo aplicativo de mensagens poderão entrar no site www.iomat.mt.gov.br a partir do dia 12 de fevereiro e realizar um cadastro, com nome completo, e-mail e celular.
Fonte: Gabriele Schimanoski 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT.

Comentários Facebook
Veja Também:  Pais afirmam ver Momo ensinando suicídio em vídeos infantis; YouTube nega
Continue lendo

Tecnologia

Tecnologia de Tangará da Serra, hidroreader obtém 1º lugar em evento nacional

Publicados

em

Hidrômetro inteligente é próprio para ambientes ‘smart cities’

O ‘HidroReader’, hidrômetro inteligente produzido pela startup homônima, de Tangará da Serra, foi o grande vencedor do 3º Prêmio Startup Assemae, em feira tecnológica promovida durante o 49º Congresso Nacional de Saneamento, semana passada (de 06 a 10), no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá. O evento contou com cerca de 1.800 inscritos, vindos de todas as regiões do Brasil.

É a segunda vez, em menos de um ano, que o HidroReader conquista o prêmio de tecnologia ‘smart cities’. Em setembro de 2018, a tecnologia tangaraense foi vencedora do 4º Prêmio Connected Smart Cities, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.

O HidroReader competiu com outras sete startups de todo o Brasil, sendo, ao final, apontado pelos jurados como vencedor do prêmio. A entrega da premiação ocorreu à noite, em evento festivo no Buffet Leila Malouf. “Mais um êxito alcançado. Viemos a Cuiabá numa feira disputada, com inúmeras tecnologias de ponta”, disse Thiago Zago, CEO da HidroReader, ao lado dos diretores Bruno Zago e Leandro Corniani, e do CTO André Heringer.

Veja Também:  Perdeu o celular no Carnaval? Confira o que fazer agora e como se prevenir

Tecnologia
O HidroReader é um hidrômetro inteligente de baixo custo próprio para ambientes smart cities. Através de software embarcado (firmware), o dispositivo mede o consumo de água, evitando a leitura incorreta dos hidrômetros, e também detecta possíveis vazamentos e fraudes, conectando uma cidade inteira e diminuindo o índice de perda de água tratada.

Ideal para concessionárias de água, empresas individualizadoras e condomínios, o hidrômetro inteligente da HidroReader remete a leitura do consumo através da transmissão de dados para smartphones ou tablets via anúncios (broadcast) ou, ainda, criando uma grande rede urbana que também pode ser utilizada para sensores de estacionamentos, rastreamento do transporte público, sensores de iluminação e outras aplicações.

Durante a Feira de Saneamento, o estande HidroReader foi um dos mais concorridos, com visitas de mais de uma centena de representantes de companhias de saneamento de vários estados, empresários, pesquisadores, estudantes e profissionais ligados à área de saneamento.

Por diariodaserra

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana