conecte-se conosco


Mato Grosso

Mais de seis mil pessoas foram atendidas por projetos sociais da PM

Publicados

em

Da capital a cidade mais longínqua, os projetos sociais da PM atenderam crianças, jovens e adultos.

Greyce Lima | Secom – MT

No interior, a iniciativa de incluir a prática esportiva e disciplina na rotina de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. – Foto por: PMMT

No interior, a iniciativa de incluir a prática esportiva e disciplina na rotina de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

Em 2019, a Policia Militar esteve presente e atuante no combate a criminalidade nos 141 municípios de Mato Grosso. Além da atividade na segurança pública, os policiais militares também participam de importantes projetos sociais espalhados no estado. A corporação desenvolveu ao longo deste ano 24 projetos sociais, atendendo mais de seis mil pessoas, entre crianças e adultos, seja com atividades esportivas, educacionais ou palestras orientativas.

A coordenadora de Policia Comunitária e Direitos Humanos da Policia Militar, tenente-coronel Emirella Perpétua Martins falou que a importância dos projetos sociais não é apenas diminuir os índices criminais, mas também promover a sensação de segurança para a sociedade.

“Nós encerramos este ano, comemorando os bons resultados das nossas ações com esse trabalho preventivo. Conseguimos levar a todos os cantos do estado essa sensação de segurança e mudar o destino com educação de crianças e adolescentes, conta tenente-coronel Emirella.

pmmt

Coordenadora de Polícia Comunitária e Direitos Humanos da Policia Militar, tenente- coronel Emirella Perpétua Martins.

Policiais Militares do 8º Comando Regional de Juína encararam as águas do Rio Juruena e Rio do Sangue para levar palestras educativas sobre o consumo de bebidas alcoólicas e uso de drogas a 16 aldeias indígenas.

Veja Também:  "Este é um Governo diferenciado, que faz as coisas acontecerem", afirma prefeito de Colíder em inauguração de nova ala do Hospital Regional

Os policiais identificaram o aumento de ocorrências de acidentes de trânsito, violência doméstica e lesão corporal nessas aldeias em decorrência do consumo de bebidas alcoólicas e tiveram a iniciativa de combater esses índices. Mais de 500 indígenas de diferentes etnias da região participaram. O sargento Rodrigo Deniz Araújo, que ministrou algumas apresentações conta que o ano está encerrando com baixo índices de ocorrências nessas aldeias.

“Constantemente havia ocorrências envolvendo indígenas, principalmente acidentes de transito, seja com motocicletas ou automóveis. Agora não fomos mais acionados nestas regiões. As aldeias receberam a gente muito bem, ouviram nossas orientações. Somos parceiros. Esse nosso projeto nos permitiu conscientizar eles que o consumo de bebidas alcoólicas e também do tabaco estão acabando com a cultura deles e a identidade indígena. A idéia é expandir as ações para mais aldeias e comunidades ribeirinhas”, explica o sargento.

pmmt

Equipes da PM no Rio Juruena à caminho de aldeias indígenas para levar palestras preventivas. 

Na região metropolitana, projetos sociais de artes marciais atendem centenas de crianças e adolescentes nas unidades do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Batalhão Rotam, 4º Batalhão de Policia Militar de Várzea Grande.

Veja Também:  Treze municípios estão com alto risco de contaminação pela Covid-19

No interior, a iniciativa de incluir a prática esportiva e disciplina na rotina de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social também motivou policiais militares a contribuir na formação de cidadãos de bem.  Em Tangará da Serra, o projeto ‘Estrela da Serra de Judô’ atende 160 crianças e adolescentes entre 04 e 17 anos. As aulas de artes marciais ministradas por policiais militares gratuitamente conta com a parceria do Judiciário e também de Lojas Maçônicas.

Nesta última quarta- feira (18.12) o projeto promoveu a solenidade de troca de faixa de 100 alunos-atletas, que neste ano conquistaram 47 medalhas em competições esportivas, sendo 12 de ouro.

O sargento Weliton Fabiano é instrutor do ‘Estrela da Serra Judô’ e conta que além das aulas de judô e jiu- jitsu, o projeto também ajuda com aulas de reforço escolar.

“Essa aproximação da Polícia Militar com a sociedade é muito bem vinda. Temos alguns jovens que são atendidos pelo projeto que estiveram em conflito com a lei, e nós mostramos para eles que a pratica esportiva e a convivência com os policiais podem abrir possibilidades boas de uma vida melhor, longe da criminalidade. È um trabalho preventivo de segurança pública”, explica o sargento.

PMMT

Jovens atletas atendidos pelo do projeto social ‘Jiu- jitsu Rotam’. 

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (23): Mato Grosso registra 545.069 casos e 13.909 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES) notificou, até a tarde desta sábado (23.10), 545.069 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.909 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 126 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 545.069 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.748 estão em isolamento domiciliar e 528.834 estão recuperados. 

Devido à manutenção na base de dados do sistema oficial do Ministério da Saúde, não foi possível publicar o Ranking da Vacinação em Mato Grosso nesta semana. A perspectiva é de que o Ranking seja atualizado até a próxima terça-feira (26.10).

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 76 internações em UTIs públicas e 37 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 27,64% para UTIs adulto e em 6% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (113.081), Várzea Grande (40.174), Rondonópolis (38.252), Sinop (26.279), Sorriso (18.392), Tangará da Serra (17.796), Lucas do Rio Verde (15.700), Primavera do Leste (14.784), Cáceres (11.932) e Alta Floresta (10.806).

Veja Também:  Programa Nota MT realiza o 13º sorteio deste ano na quinta-feira (14)

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 404.835 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 85 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (22.10), o Governo Federal confirmou o total de 21.711.843 casos da Covid-19 no Brasil e 605.139 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.697.341 casos da Covid-19 no Brasil e 604.679 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta sábado (23.10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Veja Também:  Barra News - VT 30 ALMT Leis covid Cidadão - Assembleia Legislativa de MT

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo autoriza retorno do público aos estádios de futebol mediante comprovante de vacinação ou teste negativo para Covid

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso autorizou a presença de público pagante nos jogos do Campeonato Brasileiro realizados na Arena Pantanal. O retorno do público também está liberado para campeonatos locais e o Mato-grossense.

O Projeto de Lei aprovado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso permitiu que as partidas do mês de outubro recebessem 50% da capacidade de público dos estádios.

Em novembro, será permitida a entrada de 75% de público pagante. Próximo jogo do Cuiabá na Arena Pantanal ocorre dia 1° de novembro, quando o Dourado enfrenta o Bragantino pela 28ª rodada do Brasileirão 2021.

Em janeiro, os jogos realizados em estádios de Mato Grosso contarão com 100% de suas capacidades liberada para o público. No caso da Arena Pantanal, a lotação pode chegar a 41 mil torcedores.

A liberação para entrada nos estádios, porém, segue um rigoroso protocolo de biossegurança. Além da obrigatoriedade da máscara, só poderão ingressar nos estádios torcedores que apresentarem comprovante do esquema vacinal completo (duas doses ou dose única, no caso da Jansen), ou ainda, se o torcedor apresentar teste negativo para Covid-19. É proibido o consumo de bebidas alcoólicas dentro dos estádios.

Veja Também:  Treze municípios estão com alto risco de contaminação pela Covid-19

“Seguindo à risca todas as orientações sanitárias, podemos receber o público com segurança nos estádios de futebol. A presença do Cuiabá na série A do Campeonato Brasileiro é de extrema importância para que Mato Grosso tenha estádios abertos para o público, mas sempre com muita cautela”, disse Beto Dois a Um, secretário de Cultura, Esporte e Lazer.  

O Cuiabá segue com uma boa campanha no Brasileirão 2021. Ocupa atualmente a 9ª colocação na competição nacional. Próximo jogo do dourado ocorre neste domingo (25.10), às 16h (horário de Cuiabá) no Mineirão, em Belo Horizonte, contra o líder do campeonato, Atlético-MG.

Esta semana, o esquema vacinal completo (duas doses ou dose única) atingiu 50% da população brasileira.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana