conecte-se conosco


Agronegócio

MANDIOCA/CEPEA: Menor oferta e demanda firme elevam cotações

Publicados

em


Cepea, 16/08/2021 – Com a menor oferta de raiz de mandioca e a demanda ainda firme, os valores do produto subiram na semana passada, conforme apontam dados do Cepea. O preço médio a prazo da tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 473,12 (R$ 0,228 por grama de amido), avanço de 3,5% frente ao período anterior. Este valor é o maior, em termos nominais, desde maio deste ano. O clima seco tem sido determinante para a cultura da mandioca em todas as regiões, uma vez que tem afetado o plantio (que está atrasado) e a colheita. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a precipitação acumulada nos últimos 10 dias nas regiões produtoras de mandioca ficou abaixo dos 10 mm. Neste cenário e com a menor disponibilidade de lavouras de segundo ciclo, a oferta de raízes diminuiu. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Veja Também:  Está disponível no site do Cepea o relatório de Custos de Produção de Leite
Propaganda

Agronegócio

AÇÚCAR/CEPEA: Indicador oscila, mas patamar segue elevado

Publicados

em


Cepea, 21/09/2021 – Os preços do açúcar cristal oscilaram nos últimos dias no mercado spot do estado de São Paulo, mas ainda estão em patamares elevados. Entre 13 e 20 de setembro, o Indicador de Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ operou entre as casas de R$ 140,00 e R$ 144,00 por saca de 50 kg. Segundo pesquisadores do Cepea, esse patamar elevado de preços está atrelado à oferta limitada de açúcar, devido à crise hídrica que continua prejudicando a produção de cana-de-açúcar no estado paulista. E as consequências negativas da falta de chuvas não se limitam à produtividade dos canaviais e na produção do açúcar da presente safra, afetando possivelmente os resultados da próxima temporada. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Veja Também:  CITROS/CEPEA: Oferta reduzida deve sustentar preço da laranja em setembro
Continue lendo

Agronegócio

ETANOL/CEPEA: Preço do hidratado sobe; anidro se desvaloriza

Publicados

em


Cepea, 21/09/2021 – As cotações do etanol hidratado subiram por mais uma semana no estado de São Paulo. Entre 13 e 17 de setembro, o Indicador CEPEA/ESALQ do hidratado fechou em R$ 3,2635/litro, alta de 0,83% frente ao período anterior. De acordo com informações do Cepea, a menor oferta do biocombustível e a proximidade da finalização da moagem de cana-de-açúcar nas usinas da região Centro-Sul do País resultaram em novos avanços nos valores. Já no caso do etanol anidro, o movimento de alta nos preços, que era verificado desde a primeira semana de julho, foi interrompido.  Assim, de 13 a 17 de setembro, o Indicador CEPEA/ESALQ fechou a R$ 3,8026/litro, queda de 0,59% em relação ao da semana anterior. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Veja Também:  Sicredi disponibiliza R$ 6,9 bilhões para pré-custeio da próxima safra
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana