conecte-se conosco


Mato Grosso

Mato Grosso segue na mira de expansão da maior franquia de educação do país

Publicados

em

Em Mato Grosso são 28 unidades do Kumon, mas várias cidades estão sendo analisadas, pois apresentam grande potencial para instalação da franquia e captação de novos alunos.

Aparecida Donizeti Freddi, franqueada de Mirassol D’Oeste desde 2003, diz que a maior motivação para seguir no negócio é ver o desenvolvimento dos alunos diariamente. “Principalmente aqueles que chegam com dificuldade de aprendizado. O avanço deles é nítido e os benefícios do método na vida deles são maravilhosos. Os depoimentos dos pais são sempre cheios de gratidão”. Hoje a unidade tem aproximadamente 150 alunos e oferece as disciplinas de matemática, português e inglês.

Unidade Kumon_Divulgação

Aparecida já conhecia o método de estudo, pois os dois filhos frequentavam as aulas desde antes do interesse dela em empreender na franquia. “Meus filhos já estudavam no Kumon, mas eu não via como uma possibilidade de negócio. Eu sabia da efetividade do método, pois eles se desenvolveram em pouco tempo de aula, mas o modelo de negócio ainda era desconhecido.

Veja Também:  Com apoio de Russi, 'Ser Família' entra em vigor em Mato Grosso

“O processo para abertura de franquia leva, em média, 9 meses, e o investimento inicial pode variar de R$ 35 mil a R$ 65 mil. O futuro franqueado não precisa ter experiência com educação, mas é essencial identificar-se com a área, ter o desejo de trabalhar com o desenvolvimento de pessoas e identificação com a filosofia do método Kumon”, diz Ednaldo Ribeiro, gerente de expansão da rede.

Ana Velasco – agênciamam

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Presidente da Fecomércio-MT participa de reunião com governador de MT que traz novas medidas de combate à disseminação da Covid-19

Publicados

em

Entendendo às necessidades de não fechamento do comércio (lockdown) como forma de combate à disseminação da Covid-19, o governador do Estado de Mato Grosso, Mauro Mendes, atendeu parcialmente as recomendações de entidades representativas das atividades comerciais, industriais e de serviços, e estipulou novas regras e restrições que visam frear o contágio da doença em Mato Grosso.

O anúncio foi feito nesta segunda-feira (01.03), em reunião por videoconferência onde o presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, também participou. Foi anunciado, pelo Gabinete de Situação Covid-19 do governo do estado, que 88% dos leitos de UTIs estão ocupados e que Mato Grosso é o segundo estado que mais faz testagem de Covid-19 no país, atrás apenas de Roraima.

“O comércio tem feito a sua parte, cuidando de seus colaboradores dentro das lojas e, assim, evitando que eles fiquem ociosos em casa e saiam para eventualmente se aglomerar”, disse Wenceslau Júnior ao afirmar, ainda, que a manutenção do trabalho ajuda a manter a economia ativa, com a manutenção do emprego e da renda das famílias.

As novas exigências devem ser importas via decreto, que será publicado ainda nesta segunda, com validação a partir de terça-feira (02) e terá duração de 15 dias, podendo ser prorrogado por mais quinze, visto que o isolamento no país e em Mato Grosso está abaixo de 40%.

A principal (exigência imposta) trata, novamente, do toque de recolher, que será das 21h às 5h, além de delimitar o horário de funcionamento do comércio e atividades em geral em dias de semana (das 5h às 19h), aos sábados (das 5h às 12h) e domingos (tudo fechado). As exceções ficam para farmácias, serviços de saúde, funerárias, postos de combustível (exceto conveniência) e indústrias.

Está previsto a elaboração de um projeto de lei que que prevê multa às pessoas físicas e às empresas que descumprirem as normas, bem como notificação à Polícia Civil e Ministério Público. A Polícia Militar estará autorizada a dispersar aglomerações, incluindo em bares.

Confira outras exigências do governo estadual

Supermercados: apenas 01 pessoa por família;

Delivery: até 22h todos os dias (governo vai avaliar os questionamentos solicitando extensão desse horário);

Transporte coletivo: autorizado, bem como uber e táxi;

Escolas: dado o compromisso geral das escolas na adoção de protocolos de segurança, a autorização para o funcionamento permanece, dentro das limitações de horário impostas às demais atividades.

Fonte: Gustavo Ourique 

 

Veja Também:  Homem é preso após tentar estuprar enteada

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres – MT 

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Vereador Bruno Rios é eleito à presidência da UCMMAT

Publicados

em

O vereador por Várzea Grande Bruno Rios (PSB) foi eleito para presidir a União das Câmaras de Vereadores de Mato Grosso (UCMMAT), nesta quarta-feira (24). O saldo de votos a favor do parlamentar foi de 311 votos, contra 298 do vereador de Vila Bela da Santíssima Trindade (a 521 km de Cuiabá) Edicley Coelho (SD). Bruno Rios comandará a entidade durante o biênio 2021-2022.

Participaram da eleição vereadores de 79 municípios matogrossenses. Somente no período da manhã, mais de 500 parlamentares depositaram votos nas urnas. O pleito teve início às 8h e se estendeu até as 17h.

O vereador Edicley Coelho (SD), de Vila Bela da Santíssima Trindade, tentava se reeleger com o apoio de lideranças fortes, sobretudo no MDB.

Estavam na campanha pelo parlamentar a deputada estadual Janaína Riva (MDB), o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) e o presidente da Câmara de Vereadores da Capital, Juca do Guaraná Filho (MDB).

Já o vereador por Várzea Grande, Bruno Rios (PSB) tinha a candidatura articulada pelo recém-eleito presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Max Russi (PSB) e do líder do governo no Legislativo, o deputado Dilmar Dal Bosco (DEM).

Leia Também:  Treze municípios estão com alto risco de contaminação pela Covid-19

UCMMAT

A UCMMAT foi registrada sob o no. 3.205, com Protocolo no. 155.950, em 18/02/1991 e era, na época, denominada UVEMAT- União das Câmaras e Vereadores do Estado de Mato Grosso. Em 15/02/1995, alterou-se sua denominação para União das Câmaras Municipais do Estado de Mato Grosso- UCMAT; e no dia 15/10/2001 alterou-se a sigla da Entidade para UCMMAT, que é a sigla utilizada atualmente.

A UCMMAT está instalada em uma nova sede, que foi inaugurada em 12/04/2004, na cidade de Cuiabá – MT, situada à rua Joaquim Murtinho, 1713 – Centro Sul. A antiga sede, também em Cuiabá, localizava-se na av. João Gomes Sobrinho, 1299 – Bairro Lixeira.

A missão do site da UCMMAT é divulgar seus serviços, auxiliando a ação do Legislador Municipal. Seu campo de atuação está voltada às questões de administração pública, finanças municipais e Processo Legislativo Municipal no Estado de Mato Grosso e legislação.

Fonte: Hipernoticias (Com Assessoria)

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres – MT 

Comentários Facebook
Veja Também:  Detran-MT alerta usuários sobre site falso de leilões de veículos
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana