conecte-se conosco


Mulher

“Meu marido é apaixonado por mim desde os 7 anos de idade”

Publicados

em


source
Adriana e Sérgio cresceram juntos. Ele sempre foi apaixonado por ela, que só o olhou com outros olhos na adolescência. Os dois estão juntos desde então
Acervo pessoal

Adriana e Sérgio cresceram juntos. Ele sempre foi apaixonado por ela, que só o olhou com outros olhos na adolescência. Os dois estão juntos desde então





“Eu e o Sérgio, meu marido, nos conhecemos desde que a gente se entende por gente. O que acontece: nossas famílias eram vizinhas em um bairro do subúrbio do Rio de Janeiro e se tornaram amigas. Só para ter uma noção de parentesco, os avós do Sérgio foram padrinhos de casamento dos meus pais. Para namorar a minha mãe, meu pai tinha que levar junto a tia do Sérgio, que era pequena, senão meus avós não deixavam minha mãe namorar. Um tomava conta do filho do outro. Até a minha mãe e a dele foram criadas juntas. As nossas mães eram irmãs de criação, por isso a gente se considerava primos.

Eu não consigo nem me lembrar da reação que tive quando vi o Sérgio pela primeira vez, porque ele sempre esteve próximo a minha vida inteira. Até que quando éramos crianças — eu tinha 10 anos e o Sérgio, 7 — eu viajava muito com os pais dele. Na época, o pai dele era funcionário da prefeitura aqui no Rio e tinha uma colônia de férias, que hoje é sede de treinamento do vôlei brasileiro.

Nessa colônia de férias foi onde tudo aconteceu. A gente brincava muito juntos, e naquela época brincadeira de criança era debaixo da piscina, de querer se olhar. E aí o Sérgio vinha para me beijar. Eu falava pra ele: ‘Não, não podemos! Nós somos primos”. Ele sempre foi apaixonado por mim.


Nós temos essa diferença de idade de três anos. Quando se é criança, até mesmo adolescente, isso tem um peso que só se desfaz mesmo quando a gente chega na fase adulta. Naquela época, eu via o Sérgio primeiro como meu primo, segundo como criança. Eu olhava ele e achava um menininho bobo, uma criancinha. Aconteceu várias vezes dele dizer que era apaixonado, dele querer me beijar e eu sempre falava não.

Me recordo agora também de outro fato interessante. Disso eu realmente não me lembro, isso são coisas que a mãe dele me conta. Eu fui a dama de honra do casamento da tia dele. No casamento, a tia Glória só colocou damas, então era eu e outra menininha. O vestido era aquele branco, compridinho, parecido com o da noiva. Então diziam para a mãe dele que eu ia casar e que ele tinha que casar comigo.

Na hora de entrar na igreja para levar as alianças, ele chorava porque dizia que tinha que entrar comigo, que tinha que casar comigo. Ele tinha quatro anos e eu sete, para você ver que esse amor é desde sempre.

No período da adolescência, a gente teve um distanciamento natural. Nós morávamos um pouco distante, ele foi estudar em um colégio, eu fui estudar em outro. Com essa diferença de idade, tivemos amizades com pessoas mais novas.

Nessa época, eu tinha um namorado. O Sérgio, não. Eu fui a única namorada do Sérgio. Ele teve outros outros relacionamentos, mas nada sério. De levar em casa e de dizer que estava namorando, eu fui a única. Eu não. Eu tive um namorado sério que os meus pais conheciam. Esse namorado, inclusive, tinha muitos ciúmes do Sérgio. Muito, muito, muito, muito!

Teve um aniversário do Sérgio e eu fui com esse meu namorado. E aí teve uma briga entre eu e ele porque ele vivia dizendo: ‘Esse seu primo é muito estranho, esse seu primo te olha de uma maneira muito estranha’. E eu falava pra ele: ‘Para de ser bobo, ele é uma criança, não tem nada a ver. Jamais vou olhar pra ele desse jeito’.

A gente só veio a se reencontrar mesmo quando essa tia que eu fui madrinha de casamento adoeceu. Aí a gente ficou naquela de ir visitar lá no hospital e começamos a nos encontrar com frequência. Até que um dia, depois do horário de visita, nós saímos para dar um passeio. Foi quando eu comecei a ver o Sérgio com outros olhos.

Eu estava triste e chateada porque o outro relacionamento tinha acabado. Durou quatro anos. Aí eu comecei a olhar para ele de forma diferente. Ele já não era mais aquele menino bobo, tinha crescido. Ele sempre teve um estilo que eu gostei, de homens que nunca tinham namorado antes. Aquilo nele foi me chamando atenção e ele foi muito cortês, muito gentil, muito carinhoso. Eu só sei que, em frente à praia, a gente acabou se beijando. Dali a gente não se largou nunca mais.

Veja Também:  Nadadora uruguaia realiza sonho olímpico que Segunda Guerra Mundial tirou de avó

A gente escuta uma música do Jorge Vercilo que tem tudo a ver com a nossa vida quando a gente se reencontrou e de quando a gente ficou pela primeira vez. A música se chama Monalisa e retrata exatamente aquilo que nós vivemos naquele momento:

‘Não se prenda a sentimentos antigos / Tudo que se foi vivido me preparou pra você / Não se ofenda / Com meus amores de antes / Todos tornaram-se ponte pra que eu chegasse a você’

No começo, quando a gente começou a ficar muito juntos e sair toda hora. Era engraçado que a mãe do Sérgio ligava para a minha mãe e falava: ‘E aí, Teresa? É namoro ou amizade?’. A família toda ficou meio esperando para ver o que que ia acontecer.

Eu e o Sérgio resolvemos não contar pra ninguém que a gente tava ficando juntos. Para todo mundo que perguntava ou quando ficavam brincando, a gente não falava nada e dizia que éramos amigos, que estávamos saindo como primos. Mas a gente estava junto, sim. Só que a gente tinha medo de, de repente, não dar certo e as famílias criarem aquela expectativa.

Eles sempre apoiaram, até as nossas avós, que são muito amigas. A amizade da família toda começou por elas. Minha avó tem 101 anos e a do Sérgio tem 98. Até hoje elas falam: ‘Quem diria, né? Adriana e Sérgio juntos formando uma família’. Todo mundo fica encantado com a história.

Você viu?

Então desde o dia que nós saímos para passear na Barra da Tijuca, que andamos pela praia e nós demos o primeiro beijo, a gente seguiu a nossa vida. Não teve um pedido formal de namoro. Oito meses depois o Sérgio me pediu em noivado, no Natal. A gente conseguiu reunir toda a nossa família, ele foi e me pediu. Foi a coisa mais linda.

O casamento só se deu depois de oito anos, porque nesse período a gente ainda estava estudando. Nós fazíamos faculdade e fomos juntando dinheiro para comprar o nosso apartamento. Fomos fazendo nosso enxoval. Quando a gente casou foi só no civil, infelizmente, porque é um sonho nosso fazer uma cerimônia religiosa. A gente ainda não teve condições financeiras para isso, mas, um dia, se Deus quiser, a gente vai ter sim um casamento religioso com tudo que tem direito.

Mesmo no civil, o casamento foi uma realização de um grande sonho também, porque nós nos casamos e tínhamos o nosso apartamento comprado. Nós fizemos uma lua de mel maravilhosa, fomos para Natal. A gente ama o Nordeste. Foi tudo muito bacana.

Depois de quatro anos de casados nós tivemos o Pedro, que hoje tem dez anos. Em seguida veio a Maria, que tem cinco. A gente sempre teve um relacionamento harmonioso, mas logo após o nascimento da Maria a gente se distanciou um pouco como casal. A gente era muito focado na criação das crianças, trabalhava muito. Aí houve uma separação.

O Sérgio ficou um tempo na casa dos pais dele e eu na nossa casa, com as crianças. Foi um período muito difícil, não só pra mim mas também para ele. Mas foi de grande valor porque a gente aprendeu muita coisa. Infelizmente o ser humano só aprende e evolui na dor, não tem jeito.

Analisando tudo que Sérgio e eu vivemos, a gente passou momentos felizes, outros nem tanto, alguns perrengues… Hoje a gente dialoga sobre tudo. Tem pessoas que falam em DR, não gosto desse termo, mas ela é importante.

O afastamento que nós tivemos era porque a gente não conversava. Nós somos dois piscianos com características completamente diferentes. O Sérgio é uma pessoa mais racional, é mais comedido, equilibrado e calmo. Eu sou aquela que é emoção pura, no duzentos e vinte, faço mil coisas ao mesmo tempo. Então existe esse equilíbrio na nossa relação, que é muito importante.

Para aparar as arestas é preciso falar para o outro o que incomoda, se colocar no lugar do outro. Se um não está muito bem, o outro deve acolher ou então esperar aquele momentinho passar para depois conversar. E aí vem a pandemia e nós dois ficamos isolados em um apartamento pequeno com duas crianças. Isso fez a gente crescer ainda mais como pessoas, não só como casal.

A gente conversa sobre tudo, não deixa para depois e vai vivendo da melhor maneira possível. É assim que a gente mantém nosso casamento em harmonia. Vamos seguir para nossas bodas de prata, de ouro, diamante… vamos até o final, bem velhinhos, para todo o sempre.


Fama repentina

Eu sou professora, dou aula de Química e Física na rede particular do Rio. Além de trabalhar em duas escolas, eu tenho muitos alunos particulares, principalmente nesta época do ano, em que estão se preparando para o Enem. Eu estava dando aula para um aluno com o meu notebook aberto. Enquanto isso, pipocavam mensagens no cantinho do meu celular. ‘Prof, você está famosa!’, ‘Uau, arrasou!’.

Veja Também:  Conheça Geni Guimarães, homenageada da Olimpíada de Língua Portuguesa deste ano

Aquilo começou a me chamar muita atenção. Eu falei: ‘Gente, o que que tá acontecendo?’. Eu estava doida pra acabar a aula pra poder pegar o meu celular e abrir aquelas mensagens. Eram muitas mensagens através do do Messenger, Facebook, Instagram. Até que me falaram que eu estava famosa no TT, e eu não estava entendendo nada.

Quando acabou a aula eu fui ver o que que estava acontecendo. Chamei uma ex-aluna, que hoje é uma grande amiga, e perguntei primeiro o que era TT, porque eu não sabia nem o que era isso. E ela me disse que era o Twitter. Aí ela falou: ‘Cê não tem noção. Alguém postou lá uma foto sua com o seu marido quando vocês eram crianças e o negócio viralizou’.

No Dia dos Namorados, eu fiz uma homenagem para o Sérgio e aí eu postei aquela foto nossa na infância. Ele tem muita vergonha daquela foto porque ele se acha muito feio nela, só que aquela foto tem um valor sentimental muito grande. Eu acho muito fofa. Eu só tenho Instagram e Facebook e todos os perfis criados pelos meus alunos. Então como minha foto foi parar no Twitter se eu nem tenho um?

Essa aluna foi atrás para mim e falou: ‘Cê tá famosa, cê tem não sei quantos K’. E aí eu até perguntei o que que era um K, porque pensei que fossem risadas. Ela morria de rir e me explicou que K era de mil. Fiquei nervosa, porque a gente é acostumado com o anonimato, não tem muita propriedade em redes sociais e eu vendo tudo aquilo.

Tomou uma proporção imensa. As pessoas vinham até mim e eu estava muito preocupada porque a postagem que eu fiz nas minhas redes sociais era só uma foto da infância, não tinha aquela com os meus filhos. Comecei a ficar com medo por isso. Pedi para ela descobrir quem foi que postou e foi lá que ela descobriu que foi o Renan, um ex-aluno. Ele tinha um codinome e não identificava ele na foto, era um desenho, então eu eu eu não tinha como saber quem era.


Fiquei muito surpresa porque eu dei aula para o Renan há muito anos. Ele foi um aluno que me deu muito trabalho, era rebelde, não queria prestar atenção na aula, era um menino que era desrespeitoso com os professores. Mas eu sempre tive um olhar muito carinhoso para os meus alunos, principalmente para aqueles que dão mais trabalho.

Falava para ele: ‘Renan, não faz isso, faz os trabalhos, vamos lá que eu te ajudo’. E ele negava, tinha problemas de autoestima muito grandes. Eu acolhia o Renan porque eu percebia que faltava esse acolhimento para ele realmente deslanchar, porque ele é inteligente.

Quando descobri que foi ele eu quis entender o motivo, ainda fui querer brigar com ele. ‘Como assim? Você pega uma foto minha, faz uma montagem com meus fillhos e a coisa viraliza’. A justificativa dele me quebrou. Ele falou: ‘Poxa, eu lembro muito de você com carinho. Lembro que você era a única professora que me via com outros olhos, que enxergava potencial em mim, e eu achei linda a sua história’.

Ele falou da questão do preconceito racial. O Sérgio e o Renan são pretos. O Renan lembrou que eu dizia que queria ter um menino bonito que nem ele. Eu não me lembrava disso. Toda aquela coisa de querer brigar com ele passou e fiquei super lisonjeada em ver o quão transformador é o papel do professor. Vai além do conhecimento pedagógico, da Física e da Química. Fiquei muito emocionada.

Essa postagem me trouxe tantas coisas boas, me reconectou com alunos e ex-alunos da época dele, que vieram falando o quanto eu realmente fui maravilhosa na vida, o quanto que eu fiz diferença, o quanto eles lembravam de mim com carinho, até do meu esposo. Até dos meus castigos! Fiquei muito muito lisonjeada e muito feliz com um carinho que deixa o coração bem quentinho.

Os alunos para quem eu dou aula agora estão achando o máximo ter uma professora famosa. Estão fazendo Tik Tok direto, tiram foto comigo. É uma loucura ver pessoas interessadas em saber da nossa história. Estão me procurando até para entrevistas. Em tempos tão difíceis as pessoas precisam saber que o amor existe, sim. Não é utopia, é transformador, faz bem. É isso que move a gente, que move a humanidade e é para o que a gente precisa dar valor.

Eu não me imagino sem o Sérgio na minha vida. Não tem como. Eu tenho certeza que eu fui super assertiva porque ele era um bom filho. Os antigos dizem que quem é bom filho é bom marido e eu sou prova viva de que isso é verdade. É um companheiro, um cara que ajuda muito em todos os sentidos e é o que eu quero pra minha vida.”

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Propaganda

Mulher

Horóscopo do dia: previsões para 30 de julho de 2021

Publicados

em


source
O horóscopo do dia sob a direção de Marcelo Dalla
Marcelo Dalla

O horóscopo do dia sob a direção de Marcelo Dalla


ÁRIES 

Respire fundo para focar a atenção no momento presente e deixar de lado a ansiedade. A Lua desafia Plutão: cuidado com as disputas, a agressividade e a pressa. No fim da tarde a Lua ingressa em Touro e se combina com Marte, invista na autonomia e nos cuidados com a saúde. Vale também se dedicar aos assuntos que já estavam em andamento e já conhece bem. A preferência vai para produtos e serviços que oferecem durabilidade e garantia. O período deve ser de mais prudência, contenção, estratégias e maturidade. Vale reservar tempo para o conforto também!


TOURO 

Procure deixar a vida fluir, sem cobranças. Lembre-se de cultivar gratidão, respirar com consciência, meditar, cuidar do corpo, da mente e das emoções. Estes são antídotos para a desarmonia entre Lua e Plutão. Evite atitudes controladoras, dê prioridade ao que te faz bem. No fim da tarde a Lua ingressa em seu signo, a preferência vai para o conforto, a aquisição de bens duráveis e a finalização de assuntos pendentes. Reserve momentos para ficar sozinho, apaziguar a alma. Atividades físicas também estão favorecidas.

GÊMEOS 

O período dinâmico continua, encaminhe os assuntos possíveis. O período promete ser mais produtivo e criativo, com Sol e Mercúrio em Leão. Porém, cuidado para não acelerar demais e bater de frente com os outros, ou ficar estressado. Invista nas atividades que possa realizar com autonomia. Enquanto isso, a Lua ingressa em Touro no período da tarde para ajudá-lo a apaziguar os ânimos. Vale reservar tempo para refletir e saborear os pequenos prazeres que a vida oferece. Aproveite para cultivar gratidão.

CÂNCER 

Hoje a Lua desafia Plutão: esteja flexível, sem exagerar nas cobranças. Vale promover alterações e correções para que tudo funcione melhor.  Evite decisões impulsivas e ações precipitadas. No fim da tarde a Lua ingressa em Touro, aproveite para finalizar as tarefas com calma, sem pressa. Procure abrir espaço para coisas que trazem prazer, demonstrar seu carinho e retribuir demonstrações de afeto. Você pode encaminhar assuntos e pendências com mais sensibilidade. Praticidade, continuidade e simplicidade ganham destaque. 

Veja Também:  Saiba quais são as alergias mais comuns em crianças!

LEÃO 

Evite forçar situações. A Lua desafia Plutão: cuidado com disputas, manipulações e armadilhas do ego. Aproveite essa energia para libertar-se de situações aprisionadoras e velhos condicionamentos. Se houver conflitos, uma retirada estratégica é recomendada. A Lua  ingressa em Touro no fim da tarde: vale abrir o coração, diminuir o ritmo, desfrutar dos prazeres simples que a vida oferece. Conclusões importantes estão em pauta. Aproveite para libertar-se e deixar para trás algo que tolhe ou atravanca sua caminhada.

VIRGEM 

Você viu?

Prefira finalizar o que está pendente. A Lua ingressa em Touro, os passos podem ser mais lentos, porém firmes e constantes. Vênus segue em seu signo, favorecendo a gentileza e o bom entendimento. A Lua se alinha com Marte, que também segue em seu signo, favorecendo iniciativas. Com bom planejamento você pode cumprir prazos, concluir assuntos e encaminhar questões profissionais. Aproveite para cuidar bem de si mesmo, investir na saúde e em momentos de recolhimento. 

LIBRA  

Lua e Plutão pedem atenção para as disputas de poder. Prefira voltar a atenção para si mesmo, ao invés de tentar mudar ou controlar o outro. Planejamentos e estratégias pedem mais critério e praticidade. Aproveite para administrar melhor o tempo, estabelecendo prioridades e reservando espaço para o descanso. A Lua ingressa em Touro no período da tarde, é importante valorizar a beleza, o prazer e o conforto. Mas tudo isso deve ser equilibrado com o desenvolvimento da maturidade, da responsabilidade, do empenho. 

ESCORPIÃO 

Agora é hora de desacelerar o passo. Quanto mais tranquilidade, melhor. É importante observar as armadilhas do ego para evitar disputas. Ainda bem que a Lua ingressa no pacífico Touro para apaziguar os ânimos. Aproveite para organizar a vida e diminuir os compromissos, priorizando os assuntos mais importantes. Aproveite também para cultivar liberdade e deixar de lado situações aprisionadoras. É melhor cultivar receptividade e deixar tudo fluir, sem muitas expectativas em relação aos outros.

Veja Também:  Após 4 anos se escondendo, jovem conta como conseguiu aceitar a doença de pele

SAGITÁRIO  

É tempo de manter os pés no chão, evitar desperdícios, honrar os compromissos. O crescimento só acontece se houver estrutura, planejamento, organização, dedicação e empenho. Marte desafia Júpiter: não é um bom período para grandes expectativas, muito menos para confrontos. Melhor ganhar tempo para refletir, pesquisar e ponderar. Praticidade, consciência e realismo podem equilibrar o excesso de otimismo. Procure cultivar também um pouco de recolhimento para refletir e avaliar as últimas conquistas. 

CAPRICÓRNIO 

Você pode finalizar pendências, mas procure reservar tempo também para cuidar de si mesmo. Vênus segue em Virgem e a Lua ingressa  em Touro, os prazeres podem ser combinados com a praticidade. É importante deixar de lado as dipsutas de poder para investir em si mesmo. É tempo de movimentar energias estagnadas e deixar para trás o que o incomoda. Não dê margem para posturas pessimistas, controladoras e rígidas, precisa cultivar leveza, compreensão e flexibilidade para não ter prejuízos. 

AQUÁRIO 

Você pode encaminhar o que for possível, mas é importante também reservar momentos para se recolher, cultivar receptividade, descansar mais, reservar momentos para relaxamento e harmonização. Mantenha-se aberto, criativo e flexível. Cuidado com a ansiedade e a agitação. Hoje a Lua desafia Plutão: evite o contato com notícias e pessoas que o puxam para baixo. Pelo contrário, alimente-se com leituras edificantes, pensamentos positivos e artes elevadas. Lua e Marte favorecem iniciativas em nome da saúde e da organização.

PEIXES 

Sol e Mercúrio seguem em Leão, prometendo mais fluidez nos intercâmbios e nas tarefas criativas. Para seguir em direção ao novo, é importante concluir o que foi começado. Mesmo assim, evite compromissos muito extenuantes. Marte confronta Júpiter, pedindo cuidado com exageros e excessos. Cuidado para não exagerar nos gastos e nas expectativas, prefira a segurança e a simplicidade. No fim da tarde, a Lua minguante em Touro, pedindo para desacelerar o passo. Procure mostrar-se afetuoso e solidário.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Relembre os cabelos coloridos das famosas!

Publicados

em


source

Alto Astral

Relembre os cabelos coloridos das famosas!
Reprodução: Alto Astral

Relembre os cabelos coloridos das famosas!

Você já percebeu que a tendência dos cabelos coloridos parece nunca sair de moda? De tempos em tempos, algumas cores ficam mais evidentes do que as outras, mas o famoso rainbow hair continua em alta!

Tanta popularidade, porém, pode ser explicada, viu? Colorir os fios traz um novo visual, mais jovem e alegre. Além disso, atualmente existem muitas opções de produtos disponíveis no mercado, os quais não exigem uma tintura permanente e conseguem colorir de forma temporária. Assim, é possível mudar de cor com regularidade e sem danificar os fios.

Mas ainda mais do que isso, a febre das madeixas de arco-íris se deve muito às famosas! No mundo do pop, principalmente, cantoras costumam arrasar com os cabelos coloridos e acabam influenciando ainda mais essa tendência!

Então, se bateu uma saudade das cores vibrantes e deu vontade de dar uma repaginada na aparência, relembre algumas famosas que se jogaram nessa onda!

Veja Também:  Após 4 anos se escondendo, jovem conta como conseguiu aceitar a doença de pele

Billie Eilish

Reprodução / Instagram @billieeilish

Famosa pelos cabelos verdes na raiz, a cantora é uma das mais lembradas quando o assunto é esse! A cor conversa bastante com o estilo e personalidade de Billie!

Demi Lovato

Reprodução / Instagram @ddlovato

Demi já apresentou muitas versões durante a sua carreira, mas resolveu radicalizar nos últimos tempos e aderiu ao cabelo curtinho. Além disso, para dar ainda mais atitude ao novo visual, coloriu as pontas dos fios de pink.

Avril Lavigne

Reprodução / Instagram @avrillavigne

Você viu?

Talvez tudo tenha começado aqui! Quem não se lembra do cabelão loiro de Avril com as mechas rosas e verdes neon? Marca registrada da cantora, que até hoje aparece com cores vivas nos fios.

Kylie Jenner

Reprodução / Instagram @kyliejenner

A integrante do clã Kardashian é uma verdadeira camaleoa quando o assunto é cabelo! A cada clique a empresária aparece com uma madeixa nova. Kylie é adepta às perucas e apliques na hora de mudar o seu visual e não esconde os fios verdadeiros, morenos.

Luísa Sonza

Reprodução / Instagram @luisasonza

A brasileira da lista ama apostar em um tom rosa pastel, viu? Embora Luísa seja loira, ela mudou o cabelo para alguns de seus clipes e apostou na tendência pink como parte da paleta de cores dos trabalhos.

Veja Também:  Mulheres inspiradoras: coreógrafa ensina sobre autocuidado através da dança

Katy Perry

Reprodução / Instagram @katyperry

Para fechar com chave de ouro: como falar de cabelos coloridos sem citar Katy Perry? A diva do pop coleciona cores marcantes em sua carreira e parece ser fã de mudanças capilares para marcar novas fases de sua vida. Sempre um arraso!

E aí, qual é o seu preferido?

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana