conecte-se conosco


Regional

Morre aos 76 anos o ex-prefeito e ex-deputado Saturnino Masson, pai do atual prefeito Vander Masson

Publicados

em

Foto: Reprodução

Morreu no final da manhã desta quinta-feira, dia 07/01, o ex-prefeito de Tangará da Serra, Saturnino Masson, 76 anos, pai do atual prefeito, Vander Masson. Ele estava em casa, em Tangará, se recuperando de uma cirurgia, quando sofreu um infarto agudo do miocárdio, indo a óbito.

Saturnino passou, no dia 25 de dezembro, por uma cirurgia de vídeo para retirada de uma diverticulite, que é uma inflamação na parede interna do intestino, permanecendo hospitalizado até o início do ano, em Cuiabá. Após receber alta médica, ele se recuperava em casa, onde teve o infarto nesta manhã. Ele deixa filhos, netos e bisnetos.

Muito abalado, o filho, Vander Masson, prefeito municipal, decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do pai. “Fica declarado Luto Oficial no Município de Tangará da Serra, por 03 (três) dias, em decorrência do falecimento do ex-prefeito e ex-deputado estadual do Senhor SATURNINO MASSON, ocorrido na manhã”, diz o decreto 008/2021, divulgado no início da tarde.

Veja Também:  Morre soldado da Força Tática que lutava contra câncer

Velório e sepultamento

O corpo de Saturnino Masson será velado na tarde desta quinta-feira, 07, entre as 15h e as 20h, e amanhã, entre as 6h e as 9h, no Centro Municipal de Ensino José Nodari, na Avenida Ismael José do Nascimento (Rua 01). O sepultamento será às 9h da manhã no Cemitério Municipal Jardim da Paz, em Tangará da Serra, obedecendo às normas sanitárias.

Expediente da Prefeitura

Devido ao falecimento de Saturnino Masson, o expediente na Prefeitura Municipal será facultativo na tarde desta quinta-feira, 07.

História

Saturnino Masson, que faleceu aos 76 anos, é paulista de nascimento, mas morador de Tangará da Serra desde 1970. Empresário do setor agrícola, ele entrou para a política pública há mais de 30 anos. Desde então, já exerceu os cargos de vice-prefeito (1989-1992), prefeito (1993-1996/2011-2012), suplente de deputado federal (2007-2011), e deputado estadual (2015-2018) pelo Partido da Social da Democracia Brasileira (PSDB). Atualmente, Saturnino era suplente de deputado estadual.

Como prefeito municipal por duas vezes, em sua administração Saturnino construiu o primeiro hospital público do Município, além de postos de saúde e rede de esgoto. Os primeiros 20 quilômetros de esgotamento da cidade foram construídos, durante a atuação dele como administrador, na década de 1990, e quando reassumiu como prefeito, por mais dois anos, também em Tangará da Serra, completou os 70% da atual rede de esgoto da cidade.

Veja Também:  COVID-19: Prefeito Eugênio Pelachim edita novo decreto e endurece as medidas de isolamento em Porto Estrela

Saturnino assumiu, como suplente, o mandato de deputado federal, na Legislatura 2007-2011, de 13 de março a 11 de julho de 2008, em virtude do afastamento da então deputada Thelma de Oliveira.

Alexandre Rolim/Assessoria de Imprensa

 

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Propaganda

Regional

Ex-secretário vai pagar R$ 18 mil por descumprir Plano de Imunização em Juína

Publicados

em

 Em Juína, município distante 740 Km de Cuiabá, o ex-secretário de Saúde, José Márcio de Arruda Sá, firmou Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público do Estado de Mato Grosso comprometendo-se a efetuar o pagamento de R$ 18 mil por ter descumprido o Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19. Os valores serão repassados em 18 parcelas mensais de R$ 1.000,00 e serão depositados em uma conta municipal destinada ao enfrentamento à pandemia.

De acordo com o TAC, servidores públicos do município de Juína que não atuavam na linha de frente contra o novo coronavírus se vacinaram antes do grupo prioritário dos idosos. “A imunização irregular violou não só a legalidade, mas ainda foi imoral ao sobrepor servidores que não atuavam na linha de frente ao Covid-19 em prejuízo dos idosos, que são grupos prioritários, sobretudo pela notória escassez de vacinas que torna cada dose crucial para os mais necessitados”, afirmou o promotor de Justiça Marcelo Linhares.

Veja Também:  Condutor mata pedestre atropelada e foge sem prestar socorro em Nova Olímpia

Segundo ele, a Promotoria de Justiça chegou a expedir notificação recomendatória ao município alertando sobre a irregularidade e externando repúdio à imunização de servidores administrativos na frente dos idosos, mas a fiscalização e controle dos serviços de saúde não foram efetivados.

MP – Assessoria de Imprensa

Comentários Facebook
Continue lendo

Regional

No aniversário de Tangará da Serra, governador define construção de Hospital Regional

Publicados

em

Lucas Rodrigues e Carol Sanford | Secom-MT

Governador Mauro Mendes define local da construção de Hospital Regional, em Tangará da Serra – Foto por: Mayke Toscano

O governador Mauro Mendes definiu a construção do hospital regional no município de Tangará da Serra (244 km de Cuiabá). A população acompanhou a definição da área e comemorou.

O comerciante Ozeni Rocha destacou que a construção de um hospital na região era um sonho antigo dos moradores, não apenas de Tangará, mas das cidades próximas.

“Passamos muito tempo ouvindo apenas promessas. Faz 20 anos que moro em Tangará e já escuto promessa e agora esse sonho antigo vai se tornar realidade. Para todos nós da região será muito importante. Tenho certeza que agora vai sair do papel e será muito bom para Tangará”, afirmou o comerciante.

A definição ocorreu na manhã desta quinta-feira (13.05), data em que o município completa 45 anos, após Mauro Mendes vistoriar a área para construção, localizada próxima do bairro Alto Boa Vista com o Anel Viário.

“Escolhemos essa área, após olhar duas opções. A localização foi aprovada por todos, prefeito do município, prefeitos vizinhos, vereadores, deputados e senadores, todos aqueles que representam a sociedade de Tangará e da região, pois vai ser um hospital regional para atender essa grande demanda. A partir de agora vamos tocar os projetos definitivos e em breve daremos início à construção desta unidade que vai ser toda a região”, destacou o governador.

Veja Também:  Denise tem contas reprovadas pelo TCE pelo segundo ano seguido

O deputado estadual Dr. João afirmou que o novo hospital regional em Tangará da Serra será muito importante para melhorar o atendimento de saúde para toda a população local e dos municípios do entorno.

“É um dia histórico para o município. A escolha do local do hospital vai beneficiar também todos os municípios da região. Em nome da população de Tangará, quero agradecer ao governador por nos dar como presente essa obra maravilhosa”, disse o parlamentar.

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, destacou que a obra seguirá o padrão de qualidade do Governo de Mato Grosso, para oferecer toda a estrutura necessária e garantir atendimento digno à população, bem como os equipamentos e qualidade de trabalho aos profissionais.

“Esse cuidado com a qualidade é uma prioridade da gestão Mauro Mendes e temos seguido à risca. O hospital será uma unidade moderna, com espaços que garantam o bom atendimento à população. Tangará da Serra pode ter certeza de que iremos nos empenhar ao máximo para entregar esse hospital o mais breve possível”, pontuou Gilberto.

Veja Também:  SÃO JOSÉ DO RIO CLARO: Alunos recebem Kit Alimentação durante período de suspensão das aulas

Também acompanharam o ato os senadores Carlos Fávaro e Jayme Campos; os deputados federais Carlos Bezerra e Juarez Costa; o presidente da Assembleia Legislativa, Max Russi; os deputados estaduais Dilmar Dal Bosco, Dr. João, Elizeu Nascimento, Nininho, Romoaldo Jr., Paulo Araújo e Wilson Santos; o prefeito Vander Masson; os secretários de Estado, Rogério Gallo (Fazenda), Marcelo de Oliveira (Infraestrutura) e Alan Porto (Educação); o presidente do MT Par, Wener Santos; o presidente da Famato, Normando Corral; e o ex-senador Cidinho Santos, além de lideranças do município.

O hospital

O hospital projetado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) contará com 141 leitos de enfermaria e 40 UTIs, entre adultas, pediátricas, neonatal e unidade semi-intensiva neonatal, para atendimento na média e alta complexidade.

A unidade de Saúde também contará com 10 consultórios médicos, 2 consultórios para atendimento a gestantes, 6 salas de centro cirúrgico, além de espaços para banco de sangue, banco de leite materno e realização de exames, como tomografia e colonoscopia.

A previsão é que após a licitação e a definição da empresa que irá tocar a obra, o hospital seja entregue em até 24 meses.

Fonte: Assessoria

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres – MT 

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana