conecte-se conosco


Policial

Mulher foragida da Justiça de MS é presa pela Polícia Civil por tráfico de droga

Publicados

em

Uma mulher foragida do Estado de Mato Grosso do Sul e que atuava na venda de entorpecentes em Rondonópolis, região sul de Mato Grosso, foi presa pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), na quarta-feira (22.06).

A suspeita de 23 anos teve o mandado de prisão expedido pela Vara Criminal da Comarca de Coxim (MS), em dezembro de 2021, por tráfico de drogas, o qual foi devidamente cumprido pelos policiais civis da Derf-Rondonópolis.

No momento da abordagem, a jovem estava com um homem de 27 anos, que também possuía uma ordem de prisão decretada pelo crime de roubo. Ambos faziam uso de maconha ao lado dos filhos menores de idade da mulher.

Na ação foi apreendida uma peça grande de maconha, porções da mesma substância, embaladas e prontas para venda, além de balança de precisão.

Durante diligências de combate ao tráfico de drogas, os investigadores identificaram um endereço no bairro Vila Lourdes, onde residia uma mulher atuante no crime, razão pela qual o local passou a ser monitorado.

Veja Também:  Operação contra crimes fazendários mira empresas fictícias e promessa de ganhos astronômicos no agronegócio de MT

Constatou-se movimentação intensa de usuários na casa, principalmente no período noturno. A moradora ficava com uma porção escondida no corpo e assim que vendia, ela entrava para pegar outra trouxa, e voltava a ficar sentada do lado de fora do imóvel aguardando o próximo comprador.

Na terça-feira (22) os policiais civis avistaram a investigada junto com um indivíduo consumindo cigarro de maconha, e em volta haviam crianças menores de 10 anos. Ato contínuo foi feita a abordagem dos dois, sendo com a moça apreendida uma porção da droga.

Na casa foram encontradas 8 porções de maconha, um tablete grande de maconha, além de vários materiais usados para o tráfico. Em seguida foi realizada checagem no sistema e verificado que tanto a jovem quanto o usuário, possuíam prisão em abertas.

Diante dos fatos, os dois envolvidos foram encaminhados até a Derf-Rondonópolis para cumprimento dos respectivos mandados judiciais. A conduzida também foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

Após a confecção dos autos, os dois presos foram apresentados e colocados à disposição da Justiça.

Veja Também:  Polícia Civil e Sema deflagram operação para conservação de reserva extrativista
Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal apreendem caminhão com madeira irregular na fronteira

Publicados

em

Por

Um caminhão carregado de madeira irregular foi apreendido na noite de quinta-feira (30.06), no município de Comodoro, região oeste do Estado, após ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal. Três pessoas foram presas em flagrante pelo crime ambiental.
 
Os policiais civis de Comodoro e os agentes da PRF realizavam barreiras na região de fronteira, visando o combate a extração ilegal de madeira em terras Indígenas, quando na noite de quinta-feira (30), avistaram um caminhão transportando a matéria prima. 
 
A fiscalização policial foi montada na Rodovia BR 174, próximo ao KM 555, entre os municípios de Comodoro e Vilhena, no Estado de Rondônia.  Durante a abordagem foi verificado que o veículo era ocupado pelo motorista e mais dois indivíduos.
 
Na ocasião não foram apresentados os documentos obrigatórios, além da documentação exigida para o transporte de madeiras, como o Documento de Origem Florestal e a Guia Florestal, além disso, o caso do transporte da madeira feito no período noturno, constitui uma agravante ao crime ambiental previsto na Lei Federal  9.695/98.
 
Diante dos fatos, o caminhão com a carga de madeira foi apreendido, e os três suspeitos conduzidos para Delegacia de Comodoro, onde foram interrogados e autuados em flagrante delito.

Fonte: PJC MT

Veja Também:  Ação conjunta das Polícias de MT e PE recupera valor subtraído de vítima em golpe em compra de veículo

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Tio de 62 anos é preso pela Polícia Civil por estupro de vulnerável contra sobrinha

Publicados

em

Por

Um homem investigado pela Polícia Civil pelo estupro de vulnerável contra a própria sobrinha foi preso nesta sexta-feira (01.07). O crime ocorreu na cidade de Denise e é investigado pela Delegacia de Barra do Bugres.

A Polícia Civil apurou que o investigado de 62 anos cometeu os abusos sexuais contra a vítima que atualmente está com 13 anos. Os abusos teriam iniciado quando ela tinha 10 anos.

A vítima procurou ajuda do Conselho Tutelar após assistir a uma palestra na escola sobre violência sexual, na cidade de Denise.

O fato foi registrado na Polícia Civil que deu início à investigação e apurou que, além do suspeito de 62 anos, outro tio da vítima também é investigado por cometer abusos contra a adolescente.

A partir das informações coletadas na investigação, a delegada Renata Evangelista representou pela prisão dos dois envolvidos. As buscas seguem para localizar o segundo envolvido.

O homem preso nesta sexta-feira respondeu anteriormente por outro crime de estupro.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Doze postos fiscalizados em ação conjunta são aprovados na qualidade dos combustíveis
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana