conecte-se conosco


Entretenimento

Na corrida pelo sucesso, Iza e Anitta competem pelo reinado pop

Publicados

em

Anitta estourou em 2013 depois de lançar Meiga e Abusada
, que foi direto para o topo das paradas. Desde então, ela tem uma carreira estabelecida, batalha para fazer sucesso fora do Brasil e já se firmou com uma das maiores artistas do Brasil. Iza ficou conhecida depois de Pesadão em 2017, e em 2018 lançou seu primeiro álbum.


Anitta x Iza
Reprodução/Instagram

Anitta x Iza

As duas cariocas têm trajetórias similares, mas com o sucesso de Anitta, a chegada de Iza ao estrelato foi mais rápida. Apesar disso, eles seguem caminhos diferentes e cada uma, da sua maneira, busca seu lugar no mundo da música. Embora tenha menos tempo de carreira que Anitta
, Iza
teve uma ascensão meteórica. Por isso, comparamos as duas carreiras a seguir:

Leia também: Iza, Marcelo D2 e os 10 melhores discos nacionais de 2018

  • Hits

Anitta x Iza
Reprodução/Instagram

Anitta x Iza

Anitta vem somando hits
desde 2013. Deixa Ele Sofrer
, Essa Mina é Louca
e Bang
, que dá nome a seu terceiro e mais bem sucedido álbum. É também seu último já que, desde então, ela apostou na divulgação de singles e continuou emendando sucessos: Sim ou Não
ao lado do colombiano Maluma, Loka
, com Simone Simaria, Você Partiu Meu Coração
com Nego do Borel e Sua Cara
com Pabllo Vittar e Major Lazer.

Embora todos tenham sido bem sucedidos, seus principais hits viriam depois: Paradinha
e Vai Malandra
. A primeira entrou nas paradas de Portugal e México, além de entrar no top três das paradas da Billboard Brasil. Vai malandra
levou a cantora para suas origens do funk.

Iza ainda não tem o mesmo repertório, mas o hit Pesadão
, ao lado de Marcelo Falcão, também foi um sucesso em 2017. Foi seu primeiro hit depois de assinar com a Warner Music, e deu um panorama do que seria seu primeiro álbum. “ Dona de Mim
”, foi lançado em 2018 com Ginga
como principal single.

Leia também: Anitta se alia a Netflix por projeção global e se deixa observar em depressão

  • Parcerias

Anitta x Iza
Divulgação

Anitta x Iza

Anitta ganha esse embate, mas sua caminhada foi árdua. Antes de se unir a J. Balvin, Diplo ou Iggy Azalea, ela era MC Larissa e fazia parte do Furacão 2000. Mas, desde que começou a fazer sucesso, ela acumulou parcerias nacionais e internacionais: Wesley Safadão, Poo Bear, DJ Alesso, Matheus & Kauan, Silva, Harmonia do Samba, Luan Santana e Jota Quest. Ela também jpa se apresentou ao lado de Caetano Veloso e Gilberto Gil, além do Andrea Bocelli.

Iza já subiu ao palco ao lado de Ceelo Green e recentemente participou do projeto “Nós, Voz, Eles” de Sandy. Em seu primeiro álbum, ela canta com Rincon Sapiência, Ivete Sangalo, Carlinhos Brown, Glória Groove e Tiaguinho.

  • Ao vivo e na TV

Anitta x Iza
Reprodução/Instagram

Anitta x Iza

Anitta conhecidamente nunca participou do Rock in Rio. O organizador do evento, Roberto Medina já chegou a dizer no passado que ela não se encaixava no perfil do Festival. Mas, com a sempre crescente fama e fan base de Anitta, ficou impossível ignorá-la. Em 2018 ela se apresentou no Rock in Rio Lisboa, e já está confirmada este ano no Rio de Janeiro.

Veja Também:  Xuxa e Sonia Abrão fazem pódio e reforçam favoritismo do quarto Grunge

Enquanto isso, Iza já estreou no evento, mesmo que não tenha sido em show solo. Ela participou do set de Ceelo Green, onde cantou duas músicas, incluindo Earth Song, de Michael Jakcson. O fato é notável pois ela não havia nem lançado seu primeiro disco na época. Sua estreia aconteceria apenas no ano seguinte.

Em compensação, Anitta foi uma das estrelas da abertura das Olimpíadas do Rio, e não fez feio ao cantar Isto aqui, o que é?
ao lado de Caetano Veloso e Gilberto Gil.

Já na televisão, Iza foi, literalmente a sucessora de Anitta e herdou o “Música Boa Ao Vivo” no Multishow
. Já Anitta ganhou outra atração no mesmo canal, o “Anitta Entrou no Grupo” e no segundo semestre de 2018 foi uma das juradas da versão mexicana do “The Voice”.

  • Premiações

Anitta x Iza
Reprodução/Instagram

Anitta x Iza

Anitta conquistou alguns prêmios como o MTV Europe Music Awards, na qual competiu como Melhor Artista Latina ou Melhor Artista Brasileira. Ao Latin Grammy ela tem indicações por músicas como Downtown
e Sua Cara
. Já Iza conseguiu um feito mais admirável: recebeu uma indicação pelo seu álbum de estreia.

“Dona de Mim” foi indicado como Melhor Álbum Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa, mas perdeu para a cantora Anaadi.

  • Marketing

Anitta x Iza
Reprodução/Instagram

Anitta x Iza

Enquanto Iza dá seus primeiros (e bem sucedidos) passos na música, Anitta tem condição de ir além. Hoje ela é a própria empresária, agencia outros artistas, toma todas as decisões burocráticas envolvendo sue trabalho e dá as cartas em relação a sua carreira. O que talvez seja um dos motivos para a cantora mostrar a cara constantemente.

Boa de marketing, ela sabe como usar marcas para patrocinar e apoiar seus projetos e já teve, por exemplo, uma rede de fast-fashion apoiando seus videoclipes.

Leia também: Anitta se alia a Netflix por projeção global e se deixa observar em depressão

Iza ainda não tem essa expertise (e nada diz que ela precisa ter), e deixa a carreira a cargo de outras pessoas. Não que ela não tenha a palavra final, mas Anitta tem mais a perder caso sua carreira sofra com críticas negativas.

  • Na internet

Anitta x Iza
Reprodução/Instagram

Anitta x Iza

Iza tem mais de quatro milhões de seguidores no Instagram, enquanto Anitta chega próxima aos 35 milhões. A diferença é grande, mas ambas são muito engajadas nas redes. Figuras públicas, elas utilizam suas plataformas on-line para divulgar seus trabalhos, mostrar bastidores de shows e momentos de suas vidas pessoais.

Mas também as utilizam para dar voz a causas sociais que defendem. Iza, por exemplo, só nas últimas semanas postou uma imagem em apoio a criminalização da homofobia, que está em processo de votação no STF, e em apoio a Maju Coutinho, primeira jornalista negra a ocupar a bancada do “Jornal Nacional”.

Veja Também:  Wesley Safadão recebe alta e comemora: 'Dores controladas'

Anitta também defendeu causas na web, incluindo a LGBT+, porém as crises dos últimos tempos fizeram com que a cantora tenha evitado militar de qualquer forma que seja. Enquanto Iza fez uma publicação no Twitter aderindo a campanha “Ele Não”, que surgiu em outubro contra o então candidato à presidência Jair Bolsonaro.

A campanha, que pregava principalmente direitos às mulheres e a causa LGBT+ não foi inicialmente aderida pro Anitta, que se viu pressionada pelos fãs a seu pronunciar sobre o assunto. Ela, então,  participou da campanha
a contra gosto.

  • Polêmicas

Anitta x Iza
Reprodução/Instagram

Anitta x Iza

Iza não tem grandes polêmicas envolvendo seu nome, e não costuma virar notícia por conta de desafetos no mundo dos famosos. O caso que mais chamou atenção foi quando uma parte de Ginga
foi censurada pela Record no “Programa da Sabrina”. Uma rede filiada a Igreja Evangélica, eles suprimiram os versos “fé na mandinga”, que fazem alusão ao Candomblé.

Anitta, por outro lado, tem uma longa lista de desafetos e polêmicas. A cantora foi muito criticada em março de 2018 ao não se pronunciar sobre a morte da deputada Marielle Franco. Constantemente se referindo a sua origem como “da favela”, ela não prestou nenhum tipo de homenagem à política que dedicou sua carreira justamente aos menos favorecidos das favelas cariocas.

Mas, mais do que isso, ela acumula inimigos. A primeira e mais notável é Kamilla Fialho, sua ex-empresária, que há anos movia um processo contra ela. O caso se resolveu no final de 2018, mas passou longe de ser amigável. Outra antiga amiga era Pabllo Vittar. Elas dividiram os vocais de Sua Cara
e estavam sempre juntas. Por algum motivo desconhecido, elas pararam de se falar.

O mesmo aconteceu com Simaria e Simone. Com Anitta elas lançaram o single Loka
, outro hit de sucesso, mas a relação das três ficou estremecida. Recentemente Anitta apareceu com Simone no Instagram, mas nada indica que a relação com Simaria também esteja retomada. As irmãs do sertanejo chegaram a dizer no passado que o motivo da briga seria a recusa de Anitta em aceitar um conselho das duas.

  • Combate

Anitta x Iza
Reprodução/Instagram

Anitta x Iza

Anitta é mais conhecida e, consequentemente mais cobrada. Tudo o que ela fala, canta ou o que seja tem um preço maior e ela é mais pressionada como artistas. Mas ela também parece atrair confusões para si e está sempre em crise com alguém. Ainda assim, desde 2013 sua trajetória não é nada menos que admirável. Singles de sucesso, carreira internacional, uma série documental, desenhos infantis, premiações, shows lotados, hits nas rádios.

Entre trancos e barrancos, a cantora mostra que está fazendo seu melhor e é dedicada a sua profissão. Iza ainda não tem o mesmo status de estrela, e talvez nem tenha, mas ela segue num caminho parecido.

Leia também: Crise sem fim? Anitta coleciona momentos de estresse com seus fãs

A comparação com as duas, embora pareça uma “disputa”, na verdade serve para mostrar que o Brasil não está nada carente de divas pop. Anitta
e Iza, juntas ou separadas, acumulam hits, arrastam multidões, e abrem caminhos para novos nomes se destacarem na cena pop nacional.

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Inimigos declarados: Edmundo afirma que tratava Romário com falsidade

Publicados

em

Por

Edmundo e Romário eram falsos um com o outro
Divulgação

Edmundo e Romário eram falsos um com o outro

O ex-jogador de futebol Edmundo revelou que sua relação com o ex-futebolista Romário era falsa e que depois de uma briga entre os dois, eles nunca mais se falaram. “Ele foi no podcast do Rica Perrone e falou um monte de besteira. Mas tem males que vêm para o bem. A gente se tratava com falsidade nos últimos anos. Depois dessa treta, cada um para o seu lado, para mim ficou melhor”, afirmou para o apresentador Danilo Gentili.

“Eu sou, também, vaidoso e egocêntrico. Acho que a gente é muito parecido nesse sentido. Ele era melhor (em campo) do que eu. Sou verdadeiro”, completou.

O apresentador do talk show The Noite, no SBT, brincou com a possibilidade dos dois jogadores resolverem a briga em um ringue e Edmundo retrucou dizendo que iria pelo dinheiro: “Dizem que o Popó e o Whindersson ganharam uma nota. Se tiver a ‘nota’, eu tô dentro”.

Veja Também:  Wesley Safadão recebe alta e comemora: 'Dores controladas'

Edmundo comanda o podcast Mundo Ed, ao lado de Guilherme Camarda, ex-apresentador da Gazeta, e também estava presente na entrevista. “O detalhe é que a gente se conheceu pessoalmente hoje. A gente se falou muitas vezes, estamos há mais de um mês trabalhando juntos, pela internet”, explicou o ex-jogador de futebol. 

O ex-jogador que possui a fama de bravo, afirma que não liga para isso: “Não sou (esquentado). Eu revido muito e revido mal. Acabei tomando um rótulo negativo, para vender jornal. Nunca fui santo, mas nunca provoquei brigas”. 

A entrevista irá ao ar hoje à noite, segunda-feira (4), no The Noite com Danilo Gentili, no SBT. 

*Com a colaboração de Gabriela Ramos.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Lázaro Ramos critica Bolsonaro: ‘Celebração da ignorância’

Publicados

em

Por

Lázaro Ramos
Isabela Frasinelli

Lázaro Ramos


Lázaro Ramos chegou emocionado na 26ª Bienal do Livro de São Paulo nesta segunda-feira (4). Com um sorriso no rosto que exibia a felicidade por poder falar de tantos assuntos que cercam a carreira como escritor de obras infantis e adultas, o artista destacou a importância de debater livros em um ano eleitoral e foi ovacionado após deixar claro o posicionamento político nas eleições.

A fala ocorreu no início da conversa com os fãs na Arena Cultural do Expo Center Norte, mediada por Pétala Souza. Ao ser questionado do motivo de escrever livros para crianças, Lázaro foi aplaudido de pé. “Porque é uma maneira da gente recriar a história da nossa nação. Eu escrevo para criança para isso. E já para começar colocando fogo no parquinho, em ano eleitoral, é interessante ver fundação, reconstrução, novos diálogos, novos valores. Aí a gente escreve para as crianças, para as crianças já irem colocando na cabeça o ‘fora, Bolsonaro'”, disse.


Ramos seguiu destacando como o objetivo de escrever tais histórias mudou ao longo do tempo. “Escrevia muito no passado para a criança que eu fui. Para falar dos assuntos que eu sentia falta na literatura infantil e não tive acesso. Fui uma criança que não teve acesso a livros por lazer. Depois, penso que escrevo hoje em dia para os adultos que eu quero que meus filhos sejam. Os livros infantis que escrevo são sempre para plantar sementes, para sermos pessoas mais dignas, adultos mais completos e plenos”, explicou.

Lázaro ainda pontuou como é preciso “trocar de presidente” para enxergar mudanças na sociedade. “Não tem como a gente, nesse espaço tão importante, não debater isso. A gente está vivendo em um período onde tem uma celebração da ignorância, uma desvalorização da educação, da figura dos professores e professoras e do poder da importância do livro. Inclusive, taxando mais os livros. E é preciso falar. Para reconstruir esse país, a gente vai precisar voltar a valorizar a educação, a literatura, a cultura e o acesso ao livro. Não existe conhecimento possível quando a gente ceçebra a ignorância, fake news e desinformação”, analisou entre mais aplausos.

Além da emoção declarada no início do debate, Lázaro também se emocionou ao dizer que está “cansado” da constante luta que a população enfrenta para reconstruir o país: “Não tem outra alternativa. Essa é a nossa alternativa e a nossa história. Eu falo isso aqui muito na vontade que a gente consiga ter um descanso, porque essa é uma vida de sobressalto. Eu gostaria de ser uma pessoa muito mais tranquila e falar de outras coisas com vocês, mas a gente vive em sobressalto. Não tem um dia que a gente não pensa sobre isso, não tem um dia que a gente não tem que ter alguma estratégia para combater isso. E cansa para caramba. Está difícil”.

Veja Também:  Pega na mentira: Fontenelle se contradiz ao expor Klara Castanho

“Mas a solução não virá de um indivíduo, virá do coletivo. Quanto mais unidos nós estivermos, mais fortes seremos”, completou o artista, que ainda foi questionado por uma fã se ele seria candidato em algum cargo político.

“Convite tem muito, mas não sei… Eu queria ser presidente do Brasil”, disse entre risadas, enquanto algumas pessoas gritavam entre o público “eu voto em você” e “seu voto está garantido”. Lázaro complementou o comentário falando da esposa: “Já pensou Taís [Araújo] de primeira dama?”, finalizou.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana