conecte-se conosco


Mato Grosso

Nova carteira de habilitação começa a ser emitida a partir de junho

Publicados

em

O Governo de Mato Grosso, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), começa a emitir, a partir de 1º de junho, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com a nova identidade visual. A nova versão foi determinada pela Resolução nº 886 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e será impressa para os condutores que forem renovar o documento, emitir a segunda via, alterar dados ou tirar a CNH pela primeira vez a partir de junho.

“O novo modelo da CNH vai evitar fraudes, pois traz novos itens de segurança em relação à anterior e não sofrerá alteração na taxa, permanecendo o mesmo valor”, destacou o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

Devido à necessidade de ajustes no sistema das gráficas para a impressão do novo modelo da Carteira Nacional de Habilitação, a emissão das CNHs estará suspensa do dia 27 de maio a 1º de junho em todo Estado, conforme já deliberado com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). 

O que vai mudar

A nova versão da CNH terá as cores em verde e amarelo, identificação das categorias com equivalência internacional e, no verso, texto em português, inglês e espanhol facilitando a identificação dos condutores brasileiros em solo estrangeiro. No verso da CNH, além do QR Code o documento também terá um código de leitura internacional de dados.

Veja Também:  Governo de MT lamenta falecimento do desembargador do TRT, Nicanor Fávero Filho

A categoria da CNH ficará visível na primeira coluna junto a imagem do tipo de veículo o qual o condutor está habilitado. No canto superior direito do documento terá uma indicação por meio da letra P (se o condutor tiver apenas permissão para dirigir) e a letra D (se a CNH for definitiva).

O documento também terá um campo para indicar se o condutor exerce atividade remunerada e outro campo para anotação de possíveis restrições médicas. A nova CNH contará com mais dispositivos de segurança como tinta especial fluorescente que brilha no escuro, itens visíveis apenas com luz ultravioleta e holograma na parte inferior do documento, dificultando falsificações.

O Detran-MT reforça aos condutores que possuem o documento na versão antiga e dentro do prazo de validade, que não precisam se preocupar, pois o mesmo continuará válido até a sua data de vencimento para renovação. 

Documento obrigatório

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é um documento obrigatório para todas as pessoas que desejam dirigir em território nacional e também serve como documento individual de identificação em todo País. Atualmente em Mato Grosso, cerca de 1,5 milhão de condutores são habilitados em todas as categorias.

Veja Também:  Empaer promove Dia Especial da Piscicultura em Araputanga

O diretor de Habilitação do Detran-MT, Alessandro de Andrade, reforça que, por mais que a nova versão da CNH tenha informações em português, inglês e espanhol, para dirigir nos mais de 150 países que assinaram a Convenção de Viena, ainda é obrigatório o porte da Permissão Internacional para Dirigir (PID), se o condutor for permanecer por mais de 180 dias.

“A nova CNH pode ser utilizada nos países que não participaram da convenção, mas que possuem acordo bilateral com o Brasil, como o acordo Mercosul. Para trafegar nos demais países é obrigatório o porte da PID, caso o condutor fique viajando por mais de 180 dias”, ressaltou.

A CNH está disponível na versão física e digital. O acesso à versão eletrônica é somente pelo aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), que pode ser baixado em aparelhos celulares com tecnologias Android e IOS.  

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Itaúba está com expediente suspenso nesta quarta-feira

Publicados

em

Por

A Comarca de Itaúba (distante 577 km de Cuiabá) não terá expediente forense nesta quarta-feira (29), em virtude do feriado municipal de comemoração ao padroeiro da cidade, São Pedro.

A determinação atende a Portaria n 1121/2021, que estabelece o calendário forense oficial para o exercício de 2022 no âmbito do Poder Judiciário de Mato Grosso.

Os prazos processuais que se encerram no dia ficam prorrogados para o próximo dia útil subsequente.

 
 
 
 
Alcione dos Anjos
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT 

 
 

Fonte: Tribunal de Justiça de MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Encontro do Café reunirá produtores da região de Tangará da Serra na próxima terça-feira (08)
Continue lendo

Mato Grosso

Mato Grosso conquista bicampeonato nacional de jiu-jitsu

Publicados

em

Por

A equipe mato-grossense de jiu-jitsu conquistou o bicampeonato nacional na modalidade esportiva, trazendo para Mato Grosso 26 medalhas de ouro. O Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu Esportivo 2022 ocorreu esta semana em São Paulo, no Ginásio do Ibirapuera.

Formada por atletas de Várzea Grande, Rondonópolis, Tangará da Serra, Barra do Bugres, São José do Rio Claro, Lucas do Rio Verde, Cáceres, Primavera do Leste, Sapezal e Itiquira, Cuiabá, Porto Seguro, Nova Xavantina, a equipe contou com 203 inscritos. Além das medalhas de ouro, os atletas conquistaram também 35 medalhas de prata e 48 de bronze, totalizando 506 pontos.

A delegação mato-grossense contou com o apoio do Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

De acordo com o presidente da Federação de Jiu-Jitsu Esportivo de Mato Grosso, professor Paulo Cesar Venâncio, esse resultado é fruto de uma união de forças entre os atletas.

“Parabéns professores, instrutores e atletas guerreiros que lutaram tanto. Vi de perto cada suor, cada lágrima, não foi fácil. Gladiaram até o fim, pois estávamos em segundo lugar na classificação geral e na última luta viramos o placar e conquistamos o título”, destaca.

Veja Também:  Período proibitivo para exploração do manejo sustentável vai até 1º de abril

Venâncio também ressalta o apoio que a delegação recebeu do Governo de Mato Grosso, importante para que a equipe se sentisse amparada e obtivesse bons resultados no tatame, destacando o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Jefferson Neves, além do secretário adjunto de Esporte da Secel-MT, David Moura, que garantiram três ônibus para o transporte dos atletas por meio de convênio firmado com a Federação.

“Os esforços foram muitos, tanto da parte dos atletas para trazerem medalhas quanto pelos secretários que visualizaram a projeção nacional desse esporte que levou o nome de Mato Grosso para o Brasil mais uma vez. O jiu-jitsu é uma arte marcial completa, trabalha, além é claro, do condicionamento físico como força, resistência e técnica, os princípios de moral e ética, transformando um atleta em um cidadão melhor”, conclui Venâncio.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana