conecte-se conosco


Carros e Motos

Nova geração do esportivo Audi RS3 pode ser 100% elétrica

Publicados

em

Quarta Geração (batizada de 8Y) será a última com motores a combustão interna
Divulgação

Quarta Geração (batizada de 8Y) será a última com motores a combustão interna

A eletrificação é um caminho sem volta para muitas fabricantes. Enquanto não surgem alternativas como os combustíveis sintéticos, muitas delas irão recorrer aos carros elétricos para alcançar as metas de emissões, principalmente da União Europeia.

Um modelo que, segundo a imprensa da Europa, vai se tornar elétrico é o Audi RS3 , o hot-hatch alemão que hoje em dia é equipado com um motor de 5 cilindros, mas motores elétricos em toda sua linha, em meados de 2027.

A Audi já havia confirmado que a geração futura de seu compacto se tornaria elétrica, agora, segundo a mídia britânica, a versão esportivada S3 e a esportiva RS3 serão 100% elétricas.

A reportagem da revista Autocar, informa que fontes dentro da Audi confirmaram que a nova geração do A3 chegará em 2027 e sem motorização a combustão.

Veja Também:  Andamos na nova Yamaha Crosser 2023

A futura geração do RS3 manterá a tração integral e a aceleração de 0 a 100 km/h abaixo dos 4 segundos, na versão elétrica, a tração virá de dois motores elétricos, posicionado acima de cada eixo do compacto.

Audi RS3 é oferecido em carroceria sedã ou hatch, chamada de Sportback pela fabricante alemã
Divulgação

Audi RS3 é oferecido em carroceria sedã ou hatch, chamada de Sportback pela fabricante alemã

Atualmente, o RS3 é equipado com um motor 2.5 litros turbo, alimentado de cinco cilindros, que gera 406 cv e 50,9 kgfm de torque, e aliado à tração integral Quattro, acelera de 0 a 100 km/h em 3.6 segundos.

As versões de entrada do A3 oferecem tração dianteira, o que deverá ser diferente nos modelos elétricos , que irão tracionar as rodas traseiras, mas com opção de tração integral em modelos mais caros. O novo A3 será fabricado na plataforma SSP (Plataforma de sistemas escaláveis, em inglês) que promete facilitar uma arquitetura elétrica de 800 V, o que permite recargas rápidas como 130 km de autonomia em 10 minutos.

Atualmente, a Audi oferece dois modelos 100% elétricos, o SUV E-Tron e o sedã esportivo com ares de cupê E-tron GT . São modelos com propostas e carrocerias completamente diferentes.

Veja Também:  Citroën amplia rede de concessionários antes da chegada do novo C3

O SUV possui dois motores elétricos que combinam para 408 cv e 67,7 kgfm de torque e é abastecido por baterias de 95 kWh, suficientes para 436 km de autonomia.

O sedã esportivo E-Tron GT  utiliza a mesma plataforma do Porsche Taycan e é equipado com dois motores elétricos que somam 598 cv de potência e 84,6 kgfm de torque, e baterias de 93,4 kWh, suficientes para rodar 433 km.

Apesar de não haver mais informações, é capaz a autonomia do E-tron atual seja similar ao que será encontrada na linha A3 daqui meia década, caso o desenvolvimento de baterias se mantenha no ritmo atual.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Propaganda

Carros e Motos

TBForte mostra seu primeiro carro-forte elétrico feito junto com a JAC

Publicados

em

Modelo é baseado no JAC iEV 1.200 T e tem custo de rodagem 50% menor que o a combustão
Divulgação

Modelo é baseado no JAC iEV 1.200 T e tem custo de rodagem 50% menor que o a combustão

O mundo corporativo busca cada vez mais aliar suas práticas operacionais com medidas de preservação do meio ambiente. Pensando nisso, a TBForte, empresa de transporte de valores do grupo TecBan, criou seu primeiro carro-forte elétrico.

O modelo é um JAC Motors iEV 1.200T Plus , que vem equipado com um motor elétrico de 170 cv de potência e 122 kgfm de torque, força entregue de maneira instantânea.

Para Gabriel Damasceno, Superintendente da TBForte , a empresa possui interesse em investir em um projeto repleto de atenção ao meio ambiente.

“Mesmo diante dos obstáculos iniciais a serem enfrentados, especialmente o custo dos veículos elétricos em relação aos tradicionais, a TBForte quer colaborar e mostrar consciência ambiental diante da tendência global”, declarou o executivo.

Veja Também:  Citroën amplia rede de concessionários antes da chegada do novo C3

A autonomia declarada do modelo é de 240 km. Segundo a TBForte, é suficiente para as atividades diárias do carro-forte . Além de não emitir gases poluentes, o veículo elétrico aumenta o custo-benefício por ter uma mecânica mais simples.

JAC iEV 1200T é o caminhão 100% elétrico no qual foi baseado o carro-forte elétrico
Divulgação

JAC iEV 1200T é o caminhão 100% elétrico no qual foi baseado o carro-forte elétrico

O iEV 1.200T Plus não é o único modelo da JAC que a TBForte adiciona à sua frota, a companhia também adquiriu o compacto E-JS1 , para escolta  e atendimento técnico em caixas eletrônicos.

“Além de serem veículos menos agressivos ao meio ambiente, por conta da emissão zero de CO², o carro leve elétrico é isento de rodízio, o que permite otimizar a operação diária de nossas equipes”, completa Gabriel.

Alexandre Ventura, Gerente Executivo de Operações da TBForte, afirmou que o carro-forte elétrico faz parte do programa de renovação de frota da empresa, e que mais veículos serão adquiridos conforme a necessidade da TecBan em renovar sua frota.

No caso do iEV 1.200T Plus, a TBForte afirma que contou com o apoio da JAC para a realização de mudanças na posição do plug de carregamento, para uma operação mais simples.

Veja Também:  Lexus CT200h:  o Priusde luxo precisa evoluir

Segundo a empresa, o carro-forte elétrico apresentará um custo de rodagem entre 40 e 50% mais em conta que um a diesel tradicional.

A TecBan afirma que está trabalhando com sua equipe de infraestrutura para proporcionar recargas elétricas vindas de energia solar para seu carro-forte elétrico, mas atualmente, o modelo será recarregado em um wallbox convencional da JAC , mas com energia vindo da rede tradicional.

A TBForte estará presente no Lat.Bus, que é o maior evento de mobilidade urbana da América Latina, o carro-forte elétrico será a principal estrela da empresa no evento, que acontece no São Paulo Expo entre os dia 9 e 11 de agosto, das 13 às 22h.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Lamborghini Urus “Evo” quebra recorde em subida na montanha Pikes Peak

Publicados

em


Lamborghini Urus ”Evo” quebra recorde em subida na montanha Pikes Peak, em 10 minutos e 32,064 segundos
Divulgação

Lamborghini Urus ”Evo” quebra recorde em subida na montanha Pikes Peak, em 10 minutos e 32,064 segundos

O Lamborghini Urus de 2023 remodelado estabeleceu um novo recorde na pista de escalada de Pikes Peak nos EUA, antes da revelação completa do carro na próxima semana. 

O mais novo recordista destronou o modelo anterior, um Bentley Bentayga 2018 , que registrou um tempo de 10 minutos e 49,902 segundos. De acordo com os organizadores da façanha, o Urus completou a prova em 10 minutos e 32,064 segundos , um novo recorde para um SUV de produção.

A subida de Pikes Peak, no Colorado, EUA possui  156 curvas e tem 1.439 m de mudança de altitude, com a linha de chegada 4.302 m acima do nível do mar, o que exige muita habilidade e resistência para qualquer veículo.

Veja Também:  Chevrolet Cruze sai de linha nos EUA, conforme o previsto

Poucos detalhes da nova variante Urus foram revelados, no entanto, servirá como um facelift de meia-idade para o SUV de estreia da Lamborghini, lançado pela primeira vez no final de 2017.

Outros rumores apontam que o novo “Urus Evo” ou “Urus Sport”, será definido como a última nova variante Urus com energia pura a gasolina, e está programado para ser vendido por menos de dois anos antes de ser sucedido pela variante híbrida plug-in em 2024, e com isso, toda a gama Lamborghini passará a ser apenas híbrida.

Ele será alimentado por um motor V8 biturbo, conforme o Urus convencional. Seja como for, as mudanças não se concentrarão apenas no aumento de potência, mas também à uma revisão do setup do chassis, com vista a um aumento da eficácia.

Com o piloto de corrida, Simone Faggioli – que detém recordes adicionais em Pikes Peak – no comando, o recordista Urus foi equipado com uma gaiola de proteção, um assento de corrida com cinto de seis pontos e um sistema de extinção de incêndio para atender aos regulamentos de segurança.

Veja Também:  Carros com freios automáticos serão obrigatórios em 40 países a partir de 2020

O novo Lamborghini Urus 2023 deve ser revelado na íntegra no evento Pebble Beach Concours d’Elegance, na Califórnia, como parte da Monterey Car Week, nos dias 12 a 21 de agosto.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana