conecte-se conosco


Tecnologia

O curioso caso do Freedom Phone, celular para conservadores contra “censura”

Publicados

em


source

Tecnoblog

Freedom Phone
Reprodução

Freedom Phone

O que é o Freedom Phone ? Para alguns, é a promessa de ter uma vida online sem censura, longe das estruturas de poder erguidas pelo Google , Apple , Facebook e outras empresas. Para outros, é só um celular Android chinês de US$ 120 sendo revendido por US$ 500 para se aproveitar de conservadores que não entendem muito de tecnologia. Vamos tentar entender isso melhor.

O que é o Freedom Phone?

O Freedom Phone se encaixa em um contexto no qual conservadores famosos alegam que redes sociais como Facebook e Twitter reduzem o alcance de suas postagens. Essas empresas não teriam medo de apagar posts de um presidente – caso de Jair Bolsonaronem mesmo de banir totalmente o perfil, como foi com Donald Trump . Por isso, algumas pessoas tentam buscar maior “liberdade de expressão” recorrendo a serviços alternativos como Parler e Gettr .

Na última quarta-feira (14), o Freedom Phone começou a chamar bastante atenção – é quando Erik Finman passou a divulgar o aparelho no Twitter. Ele alega ter se tornado um milionário por ter comprado US$ 1 mil em bitcoin em 2012; a criptomoeda se valorizou fortemente desde então.

“Os chefões da big tech estão violando sua privacidade, censurando sua voz, e acho que isso é muito errado”, diz Erik no vídeo de divulgação. A resposta a tudo isso, claro, é o Freedom Phone, que teria estes diferenciais:

  • o FreedomOS , sistema operacional que seria “o primeiro baseado em liberdade de expressão”;
  • o Trust , que promete proteger a privacidade do usuário;
  • a PatriApp Store , loja de apps “sem censura”;
  • apps pré-instalados como a rede social Parler, os canais de TV conservadores OAN e Newsmax, além do navegador Brave, Signal e Telegram.

Freedom Phone roda LineageOS?

O site oficial dá a entender que o FreedomOS é um sistema operacional novo, mas o Tecnoblog encontrou vários sinais indicando que esta é uma leve modificação do LineageOS – sistema livre e de código aberto baseado no Android.

Um desses sinais é o ícone da câmera, que aparece nas imagens de divulgação do Freedom Phone – ele é idêntico ao que o LineageOS usa. Esse símbolo é diferente da Google Camera, assim como dos apps de câmera presentes em distribuições do Android focadas em privacidade (como o GrapheneOS ou CalyxOS).

O mesmo vale para outros ícones: Mensagens, Calculadora, Agenda, E-mail, Contatos, Arquivos, Música – todos são os mesmos símbolos utilizados pelo LineageOS.

Há até mesmo um aplicativo, o AudioFX, que é feito especificamente para essa versão do Android. Ele não aparece nas imagens de divulgação do Freedom Phone, mas consta em um vídeo de Anna Khait, comentarista conservadora que divulgou o celular numa live do YouTube.

Veja Também:  Jeff Bezos agradece clientes da Amazon por ter ido ao espaço: "vocês pagaram"

Outro sinal é o Trust, listado como um dos diferenciais no Freedom Phone. Um recurso de segurança com o mesmo nome foi lançado no LineageOS em 2018, com o objetivo de melhorar a privacidade e segurança dos usuários. Ele avisa se o sistema está atualizado, facilita ativar a criptografia, e permite desativar acesso a novos dispositivos USB quando o celular está bloqueado (para impedir invasões).

Vale notar que existem algumas diferenças bem pequenas entre o “FreedomOS” e o LineageOS: por exemplo, a tela de boot mostra o logotipo do próprio Freedom Phone. Fora isso, ambos os sistemas parecem idênticos – inclusive, eles não vêm com aplicativos do Google por padrão, nem mesmo a Play Store. (É possível adicionar a loja durante a instalação do LineageOS.)

Freedom Phone parece celular chinês barato

OK, então o Freedom Phone talvez esteja rodando o LineageOS – mas o sistema é bem bacana, e leva versões atuais do Android para diversos celulares antigos. Esse aparelho para conservadores talvez valha o preço?

Aí está outro problema: o site oficial do Freedom Phone conta com dez botões “Compre agora”, mas não revela a ficha técnica do aparelho. Por que alguém deveria pagar US$ 500 por um celular misterioso?

Algumas especificações foram divulgadas em um post patrocinado no site Gateway Pundit , mas elas também carecem de informações mais detalhadas:

  • tela HD de 6,3 polegadas
  • processador octa-core
  • 64 GB de memória com armazenamento expansível
  • câmera traseira de 32 MP
  • câmeras frontais e traseiras “impressionantes”
  • bateria de 4.150 mAh
  • porta USB-C
  • dual-chip (entrada para dois SIM cards)

O problema é que… essa ficha técnica deve estar errada. No vídeo de Anna Khait, é possível ver a inscrição “48MP AI Camera” na parte de trás do aparelho, então a câmera não teria 32 MP como diz a lista acima.

Usuários no Twitter repararam que o Freedom Phone tem um design terrivelmente semelhante ao de celulares da chinesa Umidigi. Ela tem dois modelos com a inscrição “48MP AI Camera” na traseira: o Umidigi A9 Pro e A9 Pro 2021.

Eles são basicamente o mesmo smartphone no que se trata de design, dimensões, peso, tela (Full-HD+ de 6,3 polegadas), processador (MediaTek Helio P60) e bateria (4.150 mAh).

A diferença é que o modelo mais recente roda Android 11 e vem só na versão 8 GB + 128 GB; enquanto o A9 Pro do ano passado roda Android 10 e começa em 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento.

Tanto o Umidigi A9 Pro como o A9 Pro 2021 podem ser encontrados por cerca de US$ 120 no Alibaba; os preços dependem do vendedor, e são mais baixos para quem compra por atacado para revender.

Como loja do Freedom Phone vai evitar malware?

Tá, algumas pessoas vão pagar US$ 500 por um celular que poderia ser adquirido direto da China por muito menos. Mas o Freedom Phone tem a PatriApp Store, que promete não banir nenhum app. No início do ano, a rede social Parler foi removida pela Apple e pelo Google de suas lojas para iPhone e Android após a invasão ao Capitólio dos EUA.

Veja Também:  772 milhões de emails expostos em vazamento: descubra se você foi afetado

A questão é que, como estamos falando de Android, (quase) sempre há uma forma de baixar apps fora da Play Store. É o caso do próprio Parler, que segue banido pelo Google mas pode ser obtido via APK pelo site da rede social.

E, se a loja do Freedom Phone não proíbe nenhum app, como ela vai proteger os usuários contra software malicioso? “As lojas do Google e da Apple implementam um processo rigoroso de inspeção de código antes de disponibilizar os aplicativos”, explica Matthew Hickey, especialista em cibersegurança, ao Daily Dot . “E embora não seja à prova de falhas, isso ajuda a evitar que uma ampla gama de malware infecte os dispositivos.”

Um dos argumentos de venda para o Freedom Phone é evitar a “tirania” de gigantes como o Facebook. No entanto, como mostra um vídeo da comentarista Candace Owens, o Facebook e o Instagram estão disponíveis para download na PatriApp Store.

Freedom Phone rende comissão para quem divulga

Então, para resumir, o Freedom Phone provavelmente:

  • é um celular chinês sendo revendido com uma enorme margem de lucro;
  • roda LineageOS baseado no Android , não um sistema “baseado em liberdade de expressão”;
  • tem uma loja de apps que pode representar um risco à segurança dos usuários.

Com tudo isso, para que comprar o Freedom Phone? Ele serve para qual objetivo? Bem, o aparelho pode não beneficiar exatamente quem compra, e sim quem vende. Vários comentaristas conservadores ganham dinheiro através de produtos próprios, como camisetas, canecas, suplementos alimentícios – e, possivelmente, uma comissão na venda desse celular.

Sim, o Freedom Phone tem um programa de afiliados. Funciona assim: eles divulgam o aparelho para seus seguidores junto a um código de desconto, e recebem uma comissão que pode chegar a US$ 50 em cada venda realizada.

Veículos conservadores da mídia nos EUA, como Gateway Pundit e Just The News , estão divulgando o Freedom Phone e oferecendo um cupom de desconto; comentaristas como Jack Posobiec, Candace Owens e Anna Khait fizeram o mesmo. Um deles, Saul Anuzis, até posou em uma foto junto a Erik Finman, que teria começado todo o projeto.

Em 2019, Finman lançou uma startup chamada CoinBits, que permite investir valores baixos em bitcoin. Mais recentemente, ele estava investindo na Metal Pay, que prometia criar uma alternativa à criptomoeda Libra (hoje Diem) do Facebook. O rapaz de 22 anos disse ao Business Insider em junho que não está mais envolvido com essa empresa.

O que aconteceu para Finman – que diz ser milionário de bitcoin – apoiar um produto tão suspeito como o Freedom Phone? Por que ele está bloqueando usuários e escondendo dezenas de respostas no Twitter que apontam os problemas desse projeto? O Tecnoblog entrou em contato, mas não obteve resposta.

Comentários Facebook
Propaganda

Tecnologia

Lançamento do iPhone 13: o que esperar de ficha técnica e preço no Brasil

Publicados

em


source

Tecnoblog

Veja os detalhes do iPhone 13
Unsplash/Mihai Moisa

Veja os detalhes do iPhone 13



O iPhone 13 ainda não foi lançado oficialmente, mas as pistas sobre os próximos celulares da Apple começaram a aparecer desde o último ano. À medida que setembro de 2021 se aproxima, a lista com as possíveis novidades vai ficando maior e mais promissora: tela always-on , display ProMotion com taxa de atualização de 120 Hz e a volta do Touch ID são algumas delas.

Se você não conseguiu acompanhar os rumores sobre a próxima geração de iPhones ao longo dos últimos meses, veja nas linhas a seguir tudo o que sabemos sobre os planos da gigante de Cupertino.

iPhone 13, 13 Mini, 13 Pro e 13 Pro Max

Assim como na linha iPhone 12 , o iPhone 13 deve chegar em quatro modelos: iPhone 13, iPhone 13 Mini, iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max.

Alguns rumores até especularam que a Apple poderia abandonar a versão menor do telefone, que não teria feito o sucesso esperado na geração atual . Entretanto, não é improvável que a empresa opte por insistir no modelo Mini por mais um ano.

Como vai ser o iPhone 13?

  • Design com novas cores e “cooktop” maior

Não espere grandes mudanças visuais na carcaça do iPhone 13 e suas variantes. Na última geração, a Apple já mudou as bordas dos aparelhos para trazer de volta um visual “retrô”, e tudo indica que os próximos celulares seguirão essa tendência.

Entretanto, como tem acontecido todo ano, podemos esperar novas opções de cores: os boatos indicam que o iPhone 13 Pro será vendido em uma nova cor Matte Black e também em uma espécie de bronze alaranjado.

Veja Também:  Lembra dele? Clipe de papel da Microsoft está de volta como emoji

O Touch ID é um recurso que muitos usuários esperam ter de volta — e ele pode chegar com a nova geração em forma de um sensor de digitais óptico sob a tela , semelhante ao que é visto em celulares Android . Já o notch retangular que acompanha os iPhones desde o lançamento do iPhone X deve ficar menor antes de efetivamente sumir (o que está previsto para 2022). A porta USB-C, porém, deve ficar para o iPhone 14. Além disso, o módulo de câmera , que lembra um cooktop, deve ficar ainda mais destacado no iPhone 13.

Você viu?

  • iPhone 13 pode ter tela always-on mais econômica

Um recurso presente há tempos em celulares com Android também pode finalmente encontrar seu caminho para o iPhone — estou falando do always-on display , que mostra a hora e data e notificações sem precisar acender todo o display.

O iPhone 13 Pro e o Pro Max devem ter telas LTPO de 120 Hz, que inclusive já estariam sendo fabricadas pela Samsung . Os painéis tendem a ser mais econômicos, adaptando a taxa de atualização de acordo com a exigência da tarefa em execução. Boatos indicam que a LG também começou a preparar os painéis OLED com tecnologia LTPS para as versões mais simples da linha iPhone 13. Os tamanhos seriam os mesmos: 5,4 polegadas (Mini), 6,1 polegadas (iPhone 13), 6,1 polegadas (iPhone 13 Pro) e 6,7 polegadas (iPhone 13 Pro Max).

  • Câmera do iPhone 13 deve ganhar updates pontuais

A câmera do iPhone 13 e do iPhone 13 Mini deve permanecer com lente dupla na traseira, enquanto as versões mais caras teriam câmera tripla , como já acontece com o iPhone 12. Entretanto, o iPhone 13 Pro Max deve contar com maior abertura de lente (f/1,5) para capturar ainda mais luz e fazer fotos melhores em ambientes escuros.

Além disso, espera-se que os modelos da linha iPhone 13 tenham uma capacidade melhor de zoom . Aparentemente, a Apple estaria planejando incluir uma câmera periscópica em versões mais avançadas — contudo, esse recurso ainda pode ser atrasado até o próximo ano.

Rumores recentes afirmam que o sensor LiDAR ainda não deve chegar ao iPhone 13 e 13 Mini — estaria atrelado somente ao iPhone 13 Pro e 13 Pro Max, contrariando as previsões do DigiTimes .

  • Bateria de maior duração e iOS 15

Quem tem iPhone sabe que maior duração de bateria nunca é demais. E parece que a Apple vai colocar componentes com maiores capacidades em seus smartphones na próxima geração. A expectativa é de que o aumento seja de até 18% em relação à linha iPhone 12. A linha iPhone 13 ainda deve chegar a outros países com suporte ao 5G de ondas milimétricas (mmWave).

Por fim, uma certeza é o iOS 15 , já anunciado pela Apple em junho na WWDC 2021. O sistema, que já está disponível em versão beta, traz melhorias no iMessage, incluindo a filtragem de spam no Brasil, e no gerenciamento de notificações; um modo Foco, que ajuda a evitar distrações durante um período determinado pelo usuário; e novidades para o FaceTime, entre outros recursos.

Preço do iPhone 13 e lançamento no Brasil

O preço do iPhone 13, especialmente no Brasil, deve vir mais salgado do que nunca. A julgar pelo lançamento do iPad Pro , AirTags e do iMac colorido , o “dólar Apple” está nas alturas: R$ 13, segundo os cálculos do nosso editor, Felipe Ventura. Portanto, se você está pensando em comprar um novo iPhone, já pode ir preparando o bolso e o psicológico para a “facada” que está por vir.

Os iPhones 13, 13 Mini, 13 Pro e 13 Pro Max devem ser anunciados no segundo semestre de 2021. No último ano, a produção teve um atraso por conta da pandemia , e o evento ficou para outubro. Mas, contando que essa situação não deve se repetir este ano, o calendário tradicional da Apple tem boas chances de ser mantido. Portanto, podemos esperar a próxima geração em meados de setembro.

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Netflix: confira os lançamentos para aproveitar no final de semana

Publicados

em


source
Veja os lançamentos da semana na Netflix
Unsplash

Veja os lançamentos da semana na Netflix

Pelos poderes de Greyskull! As crianças com mais de 30 anos estarão em polvorosa com a estreia na Netflix de Mestres do Universo: Salvando Eternia , a continuação do clássico desenho dos anos 1980, He-Man . A produção tem direção de Kevin Smith e é animada pelo mesmo estúdio de Castlevania.

Na série, a terrível batalha entre He-Man e Esqueleto deixou Eternia dividida, e os Guardiões de Grayskull se separaram. Agora, muitas décadas depois, Teela precisa reunir esse grupo de heróis e decifrar o misterioso sumiço da Espada do Poder, em uma corrida contra o tempo para recuperar Eternia e evitar a destruição do universo.

A semana da Netflix ainda teve a estreia de dois realities shows sobre relacionamentos. Too Hot To Handle ganha uma versão nacional em Brincando com Fogo: Brasil , o programa em que homens e mulheres com beleza demais e responsabilidade de menos, juntos em uma praia paradisíaca, disputam meio milhão de reais com um desafio: controlar seus desejos. Já em Sexy Beasts: Amor Desmascarado , os solteiros vão aos encontros com máscaras e fantasias elaboradas para focar na personalidade e deixar a aparência de lado.

As sinopses abaixo são fornecidas pela Netflix . Confira a lista organizada por data dos lançamentos da plataforma de  streaming .

Terça-feira (20/07)

  • Okupas

Em 2000, um grupo de jovens ocupa ilegalmente uma casa em Buenos Aires, enquanto luta pela sobrevivência em uma cidade cada vez mais violenta e hostil.

Quarta-feira (21/07)

  • Brincando com Fogo: Brasil

Solteiros atraentes em um paraíso tropical. Parece perfeito! O problema é que, para ter a chance de embolsar o prêmio de R$500.000, eles vão ter que dizer não ao sexo.

  • Sexy Beasts: Amor Desmascarado

Cansados de relacionamentos superficiais, solteiros da vida real são transformados em animais e outras criaturas míticas para testar a química em encontros às cegas.

  • Caçadores de Trolls: A Ascensão dos Titãs

Os heróis de ‘Caçadores de Trolls’, ‘Os 3 Lá Embaixo’ e ‘Magos’ unem forças para enfrentar um misterioso inimigo que ameaça dominar o universo e reiniciar a Terra.

  • Jogo Limpo

Dois policiais interrogam os moradores de um prédio onde aconteceu um crime. Só que eles precisam correr contra o tempo antes que as provas sejam eliminadas.

Quinta-feira (22/07)

  • Palavras Que Borbulham Como Refrigerante

Um garoto tímido que escreve poemas haikai e uma garota alegre se conhecem e passam um verão mágico juntos.

  • Boy Erased: Uma Verdade Anulada

Um jovem enviado pelos pais à terapia de conversão luta para conciliar sua orientação sexual e os valores religiosos da família.

Você viu?

Sexta-feira (23/07)

  • Sky Rojo (Temporada 2)

Três mulheres assombradas pelo passado fogem de um cafetão e seus capangas após uma briga num bordel acabar mal.

  • Mestres do Universo: Salvando Eternia

Veja Também:  Apple e Samsung são acusadas de dificultar acesso a peças para conserto

Depois que uma batalha catastrófica divide Eternia, Teela e uma aliança improvável precisam evitar o fim do Universo nesta sequência do clássico dos anos 80.

  • A Última Carta de Amor

Depois de encontrar uma série de cartas de amor de 1965, uma repórter decide resolver o mistério de um romance secreto – e, quem sabe, se apaixonar também?

  • Kingdom: Ashin of the North

Tragédia, traição e uma misteriosa descoberta levam uma mulher a vingar a destruição da sua tribo e da própria família neste episódio especial de Kingdom.

  • Céu Vermelho-Sangue

Depois que um grupo de terroristas sequestra um avião, uma mulher com uma doença misteriosa precisa revelar um segredo terrível para proteger o filho.

  • Filmes que Marcam Época (Temporada 2)

Esses blockbusters uniram e divertiram gerações. Conheça os atores, diretores e outros profissionais do cinema que tornaram tudo possível.

  • Será que é amor?

Estes curtas-metragens retratam o turbilhão de emoções que os jovens experimentam ao se depararem com o amor em lugares inesperados.

  • APPortados

Dois jovens sem rumo ficam doidões, inventam um aplicativo de justiça social e ganham milhões. Só que agora eles precisam realmente entregar o produto.

  • Segunda Chance: Rivais

Quando jovem, ela não se classificou para as Olimpíadas. Mas, hoje, Maddy Cornell tem um novo propósito: treinar jovens ginastas para enfrentar um time rival.

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana