conecte-se conosco


Geral

O Rio Cuiabá está protegido!

Publicados

em

Uma das belezas naturais imensuráveis de Mato Grosso, com certeza é o Rio Cuiabá, que leva o nome da nossa Capital e tem uma diversidade de fauna e flora, da qual devemos proteger. Nesse sentido, autorizar instalações de usinas hidrelétricas em suas águas, como tentam fazer, seria um crime indiscriminável.

 

Para se ter uma ideia da relevância que o assunto requer um estudo de pós-graduação em Ecologia e Conservação da Biodiversidade, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), apontou que 10% das áreas disponíveis para pesca na sub-bacia do Rio Cuiabá são bloqueadas por hidrelétricas em operação. Aliado a isso, a pesquisa chegou à conclusão de que efeitos negativos das mudanças climáticas sobre os recursos pesqueiros neotropicais podem ser exacerbados por hidrelétricas.

 

Diante da iminência de novas instalações e em defesa de nossa terra, conseguimos aprovar na Câmara de Vereadores o projeto de lei de minha autoria, que proíbe a construção de Usinas Hidrelétricas (UHE) e Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) em toda a extensão do rio Cuiabá, compreendida nos limites do território cuiabano.

Veja Também:  IPVA de placas com finais 4, 5, 6 e 7 têm nova data de vencimento

 

Foi um dia histórico no Legislativo Municipal, já que houve o primeiro projeto dessa natureza aprovado em uma Capital e que abriu uma nova discussão sobre a competência de os municípios legislarem em assuntos de interesse local.

 

Essa pauta também foi discutida no Plenário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso recentemente. Muito nos orgulhamos de saber que os nossos deputados estaduais ratificaram a nossa defesa pelo Rio Cuiabá, com a aprovação de projeto de lei estadual também proibindo a construção de usinas hidrelétricas (UHE) e pequenas centrais hidrelétricas (PCH) em toda a extensão do Rio Cuiabá.

 

É claro que não temos como questionarmos a importância das usinas hidrelétricas no processo de desenvolvimento do Brasil e de Mato Grosso, pois elas são a matriz energética mais utilizada em nosso país, porém é de conhecimento de todos, que a água é um bem finito, essencial para a existência humana e por ter tamanha relevância deve ser conservada e protegida, assim como nosso Rio Cuiabá!

Veja Também:  SESI e Instituto Augusto Cury disponibilizam curso de gestão emocional para ajudar trabalhadores durante pandemia

 

Por Eduardo Magalhães

Eduardo Magalhães é vereador por Cuiabá e presidente do Republicanos na capital mato-grossense.

Comentários Facebook
Propaganda

Geral

Deputado professor Allan Kardec investe emenda parlamentar na agricultura familiar

Publicados

em

Recurso foi destinado em parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SEAF)

Deputado Professor Allan Kardec (PSB-MT) fez entrega de 60 kits tecnológicos para a agricultura familiar para assentamentos, associações e comunidades indígenas. São recursos investidos de emenda parlamentar em parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SEAF) por meio do projeto Semear Inovação e Tecnologia, um fomento ao setor. A entrega foi feita nesta quarta-feira (29/6), na Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM).

 

Foram entregues no kit tecnológico conjunto de pulverizador costal, uma bateria elétrica placa solar, perfurador de solo, mini motosserra portátil de poda recarregável, roçadeira e adubadeira costal com bateria recarregável 20 litros. O kit vai fomentar a agricultura familiar para que o produtor tenha como produzir com mais qualidade, menos esforço e mais tempo. E desenvolver mais a cadeia produtiva.

 

“Nossa agricultura familiar é feita de gente que produz para próprio consumo e também como fonte de renda. Essas pessoas precisam muito do poder público. Por isso nossa atenção com investimentos com esses mato-grossenses. Estamos felizes por auxiliar a vida dessas comunidades e associações”, observou o deputado.

Veja Também:  IPVA de placas com finais 4, 5, 6 e 7 têm nova data de vencimento

 

“São equipamentos de primeira qualidade que contribuirão na dinamização da pequena produção agrícola de Mato Grosso. É investimento em inovação e tecnologia para garantir melhores condições de trabalho a quem coloca a comida em nossa mesa”, afirmou Professor Allan.

 

O presidente da Associação Mato-grossense de Inclusão Sociocultural (Amiscim), José Paulo Traven, afirma que há milhares de famílias que atuam no setor e têm a subsistência a partir da pequena propriedade. “Nós da Amiscim estamos à disposição para atender essa cadeia produtiva e são essas pessoas que produzem alimentos a todos nós. Estamos prontos para fazer projetos e parcerias. Esse é nosso objetivo”, destaca.

 

“Tenho gratidão especial ao deputado Allan Kardec por incluir povos indígenas Xavante de Campinápolis com esse kit. Que nos contempla de forma real”, afirma Saturnino Da Ro’oredzá ‘odzé. “Eu vou levar algo palpável”, acrescentou.

 

O vereador de Poxoreu, professor Adriano Maia também ressaltou a qualidade do material e agradeceu ao deputado.

 

Receberam os kits associações dos municípios de Nossa Senhora do Livramento, Acorizal, Poconé, Jangada, Pontes e Lacerda, Poxoreu, Barra do Bugres, Santo Antônio de Leverger,  Nova Lacerda, Comodoro, Vila Bela da Santíssima Trindade, Juruena, Brasnorte, Juína, Porto Alegre do Norte, Confresa, Bom Jesus do Araguaia, Serra Nova Dourada, Santa Cruz do Xingu, Canarana, Cuiabá, Luciara, Colniza, Cotriguaçu, Aripuanã.

Veja Também:  Quem tem medo das dívidas? Advogado afirma que dever não é o fim do mundo e explica o que fazer nesta situação

 

 

Assessoria – JONAS DA SILVA

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres

Grupo Barralcool se destaca no setor sucroalcoleiro com tecnologia de indústria 4.0

Publicados

em

Priorizando sempre a qualidade dos nossos produtos, o Grupo Barralcool investe cada vez mais em tecnologia, capacitação e inovação para todas as áreas da empresa.

 

Na safra 2020, a Barralcool investiu na tecnologia de Indústria 4.0 comprando o analisador NIRS DS2500 da empresa FOSS para o setor de Laboratório Industrial, oferecendo uma forma rápida e confiável de medir e monitorar o processo da matéria-prima e garantindo a qualidade e especificação dos produtos finais. O equipamento realiza análises não destrutivas em menos de 1 minuto, sem a utilização de reagentes ou produtos químicos. Com apenas uma leitura, em produtos sólidos, semissólidos ou líquidos, é possível obter os resultados de diversos parâmetros importantes para o laboratório. Com análises rápidas e confiáveis torna a tomada de decisão possível em tempo real, evitando perdas e aumentando o controle industrial do processo e desempenho analítico do laboratório. Tudo isso com economia de tempo e com simplicidade para todos operarem.

 

Após verificar o grande desempenho da aplicação da inteligência artificial no Laboratório Industrial, o Grupo Barralcool investiu em mais um equipamento NIR para a safra 2022/2023, para o processo de Pagamento de Cana pelo Teor de Sacarose (PCTS), onde o equipamento mostrou ser versátil, uma vez que a partir da leitura da cana desfibrada in natura, pode avaliar praticamente todos os parâmetros de qualidade da cana em 1 minuto e meio.

Veja Também:  SESI e Instituto Augusto Cury disponibilizam curso de gestão emocional para ajudar trabalhadores durante pandemia

 

Tipos de Amostras que o NIR analisa: Cana desfibrada, Caldos, Bagaço, Torta, Xarope, Massas, Méis, Magma, Açúcar Cristal, Açúcar, Mosto, Cana Desfibrada, Vinhaça, Água CO2, Água Residuais, Caldo PCTS, Fermento, Vinho Bruto e Levedura Seca.

 

Fonte: Assessoria.

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana