conecte-se conosco


Policial

Operação Lake cumpre mandados judiciais contra alvos investigados pela morte de engenheiro de Juscimeira

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil em Juscimeira deflagrou nesta semana a Operação Lake para cumprimento de mandados judiciais dentro da investigação que apura o homicídio do engenheiro Edllyn da Silva Mascarenhas Sales, 35 anos, ocorrido em abril deste ano, no município.

Foram cumpridos em Rondonópolis três mandados de busca e apreensão em endereços residenciais de alvos investigados. Outras duas prisões também foram efetuadas dentro da operação coordenada pelo delegado de Juscimeira, Ricardo de Oliveira Franco.

Edllyn Sales, que tinha o apelido de ‘Buda’, foi morto no dia 3 de abril deste ano, durante uma briga generalizada em uma propriedade rural, às margens de um lago do rio São Lourenço. A vítima, bastante conhecida na cidade, foi atingida com três disparos de arma de fogo e morreu a caminho de uma unidade de saúde.

O crime ocorreu em um rancho que dá acesso ao lago, onde há várias propriedades. Na ocasião, havia várias pessoas no local, em desacordo com medidas sanitárias decretadas do município de combate à disseminação da covid. Ocorreu uma colisão entre duas embarcações que estavam no lago, um jet ski e um barco, e uma discussão entre as partes envolvidas. 

Veja Também:  Mãe de jovem morto atropelado em Tangará aciona motorista e quer indenização

Quando os ocupantes das embarcações retornaram para a margem do rio, houve uma briga envolvendo diversas pessoas, com lesão corporal e disparos de arma de fogo. A vítima, que estava no local como convidada, foi tentar apartar a discussão e acabou atingida por três disparos, sendo dois na cabeça e um no tórax. O engenheiro foi socorrido, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do Hospital de Rondonópolis.

A equipe da Delegacia da Polícia Civil de Juscimeira iniciou as investigações e apurou informações sobre a arma utilizada no crime, que em princípio e também realizou diversas oitivas com diversas pessoas, entre elas possíveis suspeitos, testemunhas e parentes da vítima que estavam no local. 

A operação contou com apoio do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Rondonópolis e da Delegacia de Jaciara.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Suspeito de homicídio quando menor de idade tem mandado cumprido em Sinop

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um mandado de busca e apreensão de menor envolvido em ato infracional de homicídio foi cumprido pela Polícia Civil, nesta sexta-feira (30.07), pela equipe da Divisão de Ato Infracional da Delegacia de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá).

O suspeito de 19 anos responde a procedimento junto à Vara Especializada da Infância e Juventude por ato infracional análogo ao crime de homicídio qualificado enquanto ainda era menor de idade.

Após ser localizado pelos policiais da Divisão de Ato Infracional, o jovem foi conduzido à delegacia de polícia de Sinop, onde aguarda a disponibilização de vaga para ser internado em algum dos Centros de Atendimento Socioeducativo de Mato Grosso.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Batalhão Ambiental e Sema resgatam tartarugas encontradas em sacolas no Rio das Mortes
Continue lendo

Policial

Secretario nacional de Segurança Pública visita sede da Polícia Civil de MT

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso recebeu na manhã de sexta-feira (30.07), na sede da Diretoria Geral em Cuiabá, a visita do secretário nacional de Segurança Pública (Senasp), Carlos Renato Machado Paim, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O encontro reuniu os chefes de cinco diretorias da Polícia Civil, que apresentaram ao membro do Poder Executivo Federal, as demandas e ações desenvolvidas pela instituição mato-grossense, tanto na questão investigativa, operacional, como no âmbito administrativo.

Na visita os diretores falaram sobre as particularidades da região de fronteira, das investigações complexas e de qualidade, realizadas pelas delegacias atuantes em diversas frentes como o combate a corrupção, lavagem de dinheiro, defesa do meio ambiente, enfrentamento aos crimes de estelionato, tráfico de drogas, entre outros assuntos.

Na ocasião, o secretário Paim destacou a relevância do trabalho de planejamento governamental, das políticas públicas e seus instrumentos de implantação, programas e projetos de segurança pública, além das ações objetivando a prevenção social e controle da violência e da criminalidade.

Veja Também:  Homem que agrediu mulher em Arenápolis já está solto

Conforme Carlos Paim, o cenário atual reforça a necessidade dos gestores em pensar como “empresa pública”, buscar pelo empreendedorismo visando desonerar os Estados. Para tanto, o secretário colocou a estrutura da Senasp à disposição para orientar e sugerir oportunidades pelo alcance de recursos.

“Hoje o olhar da Secretária Nacional é ter a exata compreensão que as nossas instituições precisam receber um direcionamento como se fossem empresas públicas, melhorar sua capacidade de gestão de seus recursos orçamentário e financeiro, e buscarem outras fontes de oportunidades, e assim possam trazer um reflexo de imediato para a valorização de seus profissionais e o fortalecimento de sua própria instituição”, finalizou Carlos Paim.

A diretora de Execução Estratégica da Polícia Civil, Daniela Maidel, pontuou questões como a importância da independência institucional, a busca por recursos por meio de parcerias visando investimentos estruturais, avanços tecnológicos e em especial a valorização dos servidores e implementação no número de efetivo.

Para Daniela Maidel, o encontro com o secretário Nacional de Segurança Pública (Senasp), foi uma grande oportunidade em termos estratégicos.  “É uma satisfação receber o secretário e certamente esse diálogo estreitará e facilitará os trabalhos que vem sendo desenvolvidos pela nossa instituição”, disse Daniela Maidel.

Veja Também:  Polícia Militar apreende mais 250 kg de drogas e prende quatro pessoas por tráfico em MT

Também estiveram presentes na visita oficial os diretores da Polícia Civil, Juliano de Carvalho, Walfrido do Nascimento, Fernando Vasco Spinelli e Rodrigo Basto.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana