conecte-se conosco


Mato Grosso

Operação Mercadores do Tráfico mira integrantes de organização criminosa e efetua prisões em cinco cidades de MT

Publicados

em


A Polícia Civil, por meio da Delegacia de São Félix do Araguaia (1.200 km a nordeste de Cuiabá) deflagrou nesta terça-feira (20) a Operação Mercadores do Tráfico para cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão domiciliar contra integrantes de uma organização criminosa que atua no estado. As ordens judiciais foram cumpridas em cinco municípios de Mato Grosso.

A operação resultou na prisão, até o presente momento, de sete suspeitos de integrarem a organização criminosa voltada aos crimes de tráfico de entorpecentes e lavagem de dinheiro. Além das prisões, foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão domiciliar.

A investigação da Delegacia de São Félix do Araguaia apurou que o grupo movimentava, em pequena quantidade, um fluxo de drogas e de dinheiro com a ajuda de colaboradores em outros municípios do Mato Grosso, especialmente Barra do Garças e Rondonópolis, responsáveis por receber os valores das operações criminosas.

Conforme levantamentos preliminares realizados pelos policiais civis, possivelmente, o grupo criminoso movimentou durante o ano passado, mais de R$ 300 mil reais. Na região de São Félix do Araguaia, os alvos da operação possuem passagens policiais por diversos crimes, que além do tráfico de drogas, incluem homicídio e tortura.

Veja Também:  Estado conclui obras de adequação de esgoto no final de março

As ordens judiciais foram deferidas pela 7ª Vara Criminal de Cuiabá. A operação segue com cumprimento de outros mandados de prisão e outras diligências estão em andamento.

De acordo com o delegado Artur Andrade Almeida, a investigação iniciou há cerca de um ano, com foco na lavagem de dinheiro do tráfico de drogas e a apuração identificou que existe uma ramificação de uma organização criminosa atuando na região do Araguaia.

Os investigados presos nesta terça-feira foram conduzidos para a Delegacia de São Félix do Araguaia e para as unidades de Rondonópolis e Jaciara, ficando à disposição da Justiça.

A operação contou com apoio da Delegacia Regional de Rondonópolis e das Delegacias de Alto Boa Vista, de Jaciara, de Barra do Garças e da Polícia Militar.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Com 92 testes de alcoolemia realizados, Lei Seca prende 13 pessoas por embriaguez ao volante

Publicados

em


Durante a 28ª edição da Operação Lei Seca, realizada na madrugada deste sábado (24.07), 13 pessoas foram presas por dirigirem veículo sob efeito de álcool, conforme Art. 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A blitz ocorreu na Av. Isaac Póvoas, no centro, em Cuiabá, e foi concluída com 92 testes de alcoolemia.

Foram lavrados 58 Autos de Infração de Trânsito (AITs). Deste total, 23 foram por conduzir veículo sob efeito de álcool; 13 por recusar-se a realizar o teste de alcoolemia; cinco por conduzir veículo sem possuir CNH; nove por conduzir veículo sem registro ou não licenciado; e oito por outros motivos.

A operação resultou ainda em três Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) de motoristas dirigindo sem habilitação. Foram removidos 38 veículos, sendo 35 carros e três motocicletas, além de 39 veículos autuados.

Os agentes de trânsito e de segurança também recolheram 23 documentos, sendo 21 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e dois Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs).

Veja Também:  Procon-MT retoma atendimento presencial mediante agendamento a partir desta quarta-feira (10)

Sob coordenação do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), esta edição da Lei Seca contou com a participação da Polícia Militar (PM-MT), por meio do Batalhão de Trânsito (BPMTRAN); Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), por meio da Delegacia Especializada de Trânsito (Deletran); Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT); Polícia Rodoviária Federal (PRF); Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob); e Sistema Penitenciário.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

“Esse Governo tem um olhar diferente para as pessoas mais carentes”, afirma prefeito de Nova Nazaré”

Publicados

em


“Esse Governo tem um olhar diferente para as pessoas mais carentes”, disse o prefeito de Nova Nazaré, João Filho, ao receber a visita do governador Mauro Mendes nessa sexta-feira (23.07). O governador percorreu 13 municípios da Região Araguaia para entregar e vistoriar diversas obras de infraestrutura entre os dias 22 e 24 de julho. Além dar ordem de serviço para novas obras e promover ações em parceria com os prefeitos, o governador ainda realizou a entrega simbólica de cestas básicas do programa “Vem Ser Mais Solidário”.

No total, serão entregues 84 mil kits de alimentos, de limpeza e de higiene pessoal para todos os municípios mato-grossenses. As cestas são retiradas em Cuiabá, de acordo com cronograma estabelecido pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

“Desde que esse Governo assumiu a gestão do Estado, é possível perceber um olhar diferente para as pessoas mais carentes. Tem assistido bem o município de Nova Nazaré, sob a atenção constante da primeira-dama Virginia Mendes”, acrescentou Filho.  O prefeito de Querência, Fernando Gorgen, destacou a parceira com o Estados nas obras essenciais para o município. “É um Governo que está fazendo melhorias em todas as áreas e para todo o Estado”.

Veja Também:  Governo anuncia suspensão da exportação de carne bovina para a China após caso de 'vaca louca'

A comitiva e o governador também estiveram nos municípios de Água Boa e Cocalinho. “Estamos fazendo o nosso papel enquanto Estado. Na área da Assistência Social, na parceria com os municípios, estamos entregando cestas básicas, cobertores e auxílio financeiro que estão chegando nas mãos de famílias que realmente precisam”, pontuou Mendes.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana