conecte-se conosco


Policial

Operação Mercadores do Tráfico mira integrantes de organização criminosa e realzia prisões em cinco cidades de MT

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de São Félix do Araguaia (1.200 km a nordeste de Cuiabá) deflagrou nesta terça-feira (20) a Operação Mercadores do Tráfico para cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão domiciliar cujos alvos integram uma organização criminosa que atua no estado. As ordens judiciais foram cumpridas em cinco municípios de Mato Grosso.

A operação resultou na prisão, até o presente momento, de sete suspeitos de integrarem a organização criminosa voltada aos crimes de tráfico de entorpecentes e lavagem de dinheiro. Além das prisões, houve foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão domiciliar.

A investigação da Delegacia de São Félix do Araguaia apurou que o grupo movimentava, em pequena quantidade, um fluxo de drogas e de dinheiro com a ajuda de colaboradores em outros municípios do Mato Grosso, especialmente Barra do Garças e Rondonópolis, responsáveis por receber os valores das operações criminosas.

Conforme levantamentos preliminares realizados pelos policiais civis, possivelmente, o grupo criminoso movimentou durante o ano passado, mais de R$ 300 mil reais. Na região de São Félix do Araguaia, os alvos da operação possuem passagens policiais por diversos crimes, que além do tráfico de drogas, incluem homicídio e tortura.

Veja Também:  Madrasta é presa suspeita de matar criança envenenada para ter herança

As ordens judiciais foram deferidas pela 7ª Vara Criminal de Cuiabá. A operação segue com cumprimento de outros mandados de prisão e outras diligências estão em andamento.

De acordo com o delegado Artur Andrade Almeida, a investigação iniciou há cerca de um ano, com foco na lavagem de dinheiro do tráfico de drogas e a apuração identificou que existe uma ramificação de uma organização criminosa atuando na região do Araguaia.

Os investigados presos nesta terça-feira foram conduzidos para a Delegacia de São Félix do Araguaia e para as unidades de Rondonópolis e Jaciara, ficando à disposição da Justiça.

A operação contou com apoio da Delegacia Regional de Rondonópolis e das Delegacias de Alto Boa Vista, de Jaciara, de Barra do Garças e da Polícia Militar.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Polícia Civil incinera entorpecentes apreendidos em Paranaíta

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil em Paranaíta (851 km ao norte de Cuiabá) incinerou nesta quinta-feira, 29 de julho, 3,300 quilos de entorpecentes apreendidos no município.

De acordo com o delegado Antenor Pimentel Marcondes, a droga foi encaminhada para incineração após autorização do juiz da Comarca de Paranaíta, Tibério de Lucena Batista.

Conforme exigência legal, o ato contou com a presença de representantes do Ministério Público, promotora Daniele Baumgarten; da Vigilância Sanitária, Antônio da Silva e da Politec, Alan Vinicius de Figueiredo Lugli. Também acompanharam o ato delegada regional de Alta Floresta, Ana Paula Reveles de Carvalho e a escrivã, Iraci Zeczkoski.

“A dependência química degrada vidas, desestrutura famílias, fomenta crimes e financia organizações criminosas. Por isso, o ato simboliza também o combate às drogas”, pontuou o delegado Antenor.

A incineração foi realizada em uma indústria cerâmica de Paranaíta, com apoio do empresário Valmir Mumbach.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Acadepol elabora projeto de aperfeiçoamento no combate ao trabalho escravo
Continue lendo

Policial

Dois são presos após manterem família refém em Poconé

Publicados

em


Na tarde desta quinta-feira (29.07) policiais militares frustraram um roubo a residência, em Poconé. Dois homens foram presos em flagrante após manterem uma família refém, na região central do município. Na ação, a Polícia Militar recuperou dinheiro, joias, celulares e apreendeu duas armas de fogo.  

Por volta das 13 horas, a equipe da PM recebeu informação sobre um roubo em andamento em frente a uma livraria, localizada na Rua Barão de Poconé. De imediato, os policiais foram até o local, e foram informados de que dois homens haviam invadido uma residência, anunciando o roubo e quem mantinham a família de refém dentro do imóvel. 

A PM fez o cerco policial na região quando perceberam que os suspeitos estavam tentando fugir pelo muro dos fundos da casa. Os policiais verbalizaram com os suspeitos para que se entregassem, mas um dos homens com arma de fogo em mãos saiu e correndo e apontou o armamento na direção da equipe de policiais.  Diante da ameaça, os militares realizaram disparos contra o suspeito, com intuito inibir a ação.  

Veja Também:  Madrasta é presa suspeita de matar criança envenenada para ter herança

Um dos suspeitos entrou e outro homem se escondeu dentro da casa. Depois o suspeito tentou fugir novamente pela frente da residência e foi preso pela PM. Os policiais identificaram que um dos indivíduos presos reside em Cuiabá e o outro comparsa é do Estado da Paraíba.  

Na ação, a Polícia Militar recuperou celulares, joias, cédulas de dólares e apreendeu duas pistolas marca Jericho 941 F. Israel calibre 9 mm com 18 munições e uma pistola marca Imbel calibre 380 com uma munição e carregador de arma de fogo. A moto utilizada pela dupla presa foi apreendida.  Os suspeitos foram conduzidos à Delegacia. 

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana