conecte-se conosco


Tecnologia

Papa Francisco apresenta app que permite aos fiéis mais jovens rezarem online

Publicados

em



Reprodução/Vatican Media

“Aqui vou inserir as intenções e pedidos de oração para a missão da Igreja”, explicou Papa Francisco ao iniciar o aplicativo

Com um iPad na mão, o Papa Francisco lançou oficialmente, neste domingo (20), durante a missa no Vaticano, uma nova função do aplicativo “Click to Pray”, que ajuda os fiéis a rezarem e trocarem apoio espiritual (e virtual) entre si. Em virtude da chegada da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Panamá, o app terá uma seção multimídia especial para oração e meditação do Rosário.

Leia também: Papa Francisco pede mais mulheres em cargos de responsabilidade na Igreja

“Aqui vou inserir as intenções e pedidos de oração para a missão da Igreja”, explicou Papa Francisco
ao iniciar o aplicativo ao vivo. O objetivo do app, segundo o Pontífice, é fornecer aos mais jovens um instrumento adequado e tecnológico para acessarem uma grande comunidade de oração. “Convido especialmente os jovens a baixarem o aplicativo Click To Pray
, para continuar a orar comigo o Rosário pela paz”, acrescentou

Veja Também:  Anatel determina bloqueio de chamadas automatizadas

O app tem três seções principais: “Ore com o Papa”, que traz as intenções mensais de Francisco para os desafios da humanidade e a missão da Igreja; “Ore todos os dias”, para facilitar a oração três vezes por dia; e “Ore na rede”, um espaço onde os usuários, incluindo o Papa, podem compartilhar suas orações
e rezar uns pelos outros.

Leia também: Papa Francisco reconhece fracasso da Igreja contra pedofilia em visita à Irlanda

Na seção “Ore na rede”, também é possível ver o perfil pessoal do Pontífice, que pode ser acessado ao clicar na opção “Papa Francisco”. A plataforma já conta com mais de 900 mil usuários e está traduzida para seis línguas: italiano, alemão, inglês, espanhol, francês e, claro, português.

Igreja “conectada”


Durante a missa, Papa Francisco também ressaltou a importância da internet para compartilhar valores entre as pessoas
Reprodução

Durante a missa, Papa Francisco também ressaltou a importância da internet para compartilhar valores entre as pessoas

Antecipando o conteúdo da mensagem para a celebração do Dia das Comunicações Sociais, o Pontífice também ressaltou a importância da internet
para compartilhar valores entre as pessoas.

“A internet e redes sociais são recursos de nosso tempo, uma oportunidade para estar em contato com os outros, para compartilhar valores e projetos, e para expressar o desejo de fazer as comunidades. A rede também pode nos ajudar a fazer comunidade, a rezar juntos”, finalizou.

Veja Também:  Motorola deve lançar 1º celular com câmera de 200 MP em julho

Leia também: Papa exige que padres que cometeram abusos sexuais se rendam à Justiça

Para o diretor internacional do Apostolado da Oração, padre Frederico Fornos, que estava ao lado do Papa Francisco
no momento da apresentação do app, o uso da plataforma não substituirá a prática tradicional da fé, mas irá incentivá-la.


*Com informações da Agência ANSA

Comentários Facebook
Propaganda

Tecnologia

Como transferir suas playlists do Spotify para o Amazon Music

Publicados

em

Veja como transferir as playlists
Tecnoblog

Veja como transferir as playlists

Migrar para outro serviço de streaming não precisa ser tão trabalhoso quanto se pensa. Com ajuda de alguns sites e aplicativos, você pode fazer isso sem ter que criar todas as suas listas de novo. Veja a seguir como transferir suas playlists do Spotify para o Amazon Music sem muito esforço.

Antes de começar, é válido destacar que em qualquer um dos serviços usados para a migração, as músicas de uma plataforma podem não fazer parte do catálogo da outra. Neste caso, estas faixas serão ignoradas e não serão listadas no novo streaming.

Não é possível realizar a migração de playlists entre serviços de streaming de forma nativa, mas com a ajuda de alguns sites, como o TuneMyMusic, você conseguirá fazer de maneira fácil a mudança de plataforma, sem a necessidade de criar manualmente todas as suas listas de novo. Veja como usar:

  1. Acesse o site TuneMyMusic e crie uma conta: Faça seu registro ao clicar no botão de login, no canto superior direito;

  2. Na tela inicial, clique em “vamos começar”;

  3. Selecione a plataforma de origem de suas listas: Aqui, você escolhe a plataforma que usa atualmente, no nosso caso, o Spotify;

  4. Será necessário fazer o login;

  5. Selecione a forma de escolher a playlist: É possível abrir e selecionar diretamente ou copiar a URL da playlist;

  6. Escolha quais músicas serão migradas: Você pode escolher a playlist inteira ou apenas algumas faixas;

  7. Selecione a plataforma de destino: Escolha o serviço para o qual você irá migrar, neste caso, o Amazon Music;

  8. Também será necessário confirmar o login na nova plataforma;

  9. Clique em começar: As músicas serão transferidas e o tempo do processo depende da quantidade de músicas selecionadas.

Veja Também:  Kindles antigos vão perder acesso à loja de e-books da Amazon

O plano gratuito permite que você transfira 500 músicas por vez. No plano Premium, que custa US$ 2 por mês no pagamento anual, é possível fazer toda a transferência de uma vez. De qualquer forma, é uma bela ajuda não precisar criar e configurar todas as listas manualmente.

Soundiiz

O Soundiiz é um site com plano gratuito para transferir suas playlists do Spotify para o Amazon Music, assim como no Tune My Music. Neste caso, a modalidade free permite que seja migrada uma lista por vez. Após fazer o login no Spotify através do site, basta selecionar uma para começar e escolher a plataforma de destino. Repita o processo para todas as suas playlists. Este serviço ainda conta com aplicativo para Android.

SongShift

O SongShift é um aplicativo para iOS que permite a migração de playlists do Spotify para o Amazon Music entre outros serviços de streaming. Para usar, basta fazer o login no serviço de origem, escolher aquela que deseja converter (assim como nos casos anteriores, o plano gratuito permite uma lista por vez), fazer o login na plataforma de destino e iniciar a transferência.

Veja Também:  Motorola deve lançar 1º celular com câmera de 200 MP em julho

Como revogar as permissões de acesso na sua conta

Se você desistiu da ideia de transferir playlists do Spotify para o Amazon Music ou simplesmente não quer mais manter os serviços conectados, há como revogar o acesso.

Para o Tune My Music, ao entrar na sua conta, clique no canto superior direito, e então selecione “Configurações de conta”. Basta escolher os serviços conectados e clicar em “Desconectar”. Para os aplicativos, é necessário cancelar as permissões na área de permissão do aplicativo dentro do sistema operacional.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Como transferir suas playlists do Spotify para o YouTube Music

Publicados

em

Veja como transferir suas músicas
Tecnoblog

Veja como transferir suas músicas

Se você está migrando para outro serviço de streaming e não quer ter todo aquele trabalho de criar ou configurar suas músicas preferidas novamente, não se preocupe! É possível transferir suas playlists do Spotify para o Youtube Music com a ajuda de alguns sites e apps.

Infelizmente, não há um processo nativo que permita a migração de playlists entre serviços de streaming, mas com a ajuda de alguns sites, como o TuneMyMusic, você conseguirá fazer de maneira fácil a mudança de plataforma, pois não será preciso realizar toda a configuração e montagem das listas novamente. Veja como usar:

  1. Acesse o site TuneMyMusic e crie uma conta: Faça seu registro ao clicar no botão de login, no canto superior direito;

  2. Na tela inicial, clique em “vamos começar”;

  3. Selecione a plataforma de origem de suas listas: Aqui, você escolhe a plataforma que usa atualmente, no nosso caso, o Spotify;

  4. Será necessário fazer o login;

  5. Selecione a forma de escolher a playlist: É possível abrir e selecionar diretamente ou copiar a URL da playlist;

  6. Escolha quais músicas serão migradas: Você pode escolher a playlist inteira ou apenas algumas faixas;

  7. Selecione a plataforma de destino: Escolha o serviço para o qual você irá migrar, neste caso, o YouTube Music;

  8. Também será necessário confirmar o login na nova plataforma;

  9. Clique em começar: As músicas serão transferidas e o tempo do processo depende da quantidade de músicas selecionadas.

Importante ressaltar que no plano gratuito há o limite de 500 músicas por sincronização. No plano Premium, que custa US$ 2 por mês no pagamento anual, é possível fazer toda a transferência de uma vez. De qualquer forma, é mais fácil migrar algumas playlists de cada vez ao invés de precisar configurar manualmente cada lista sua, não é mesmo?

Veja Também:  Motorola deve lançar 1º celular com câmera de 200 MP em julho

Soundiiz

O Soundiiz é um site com plano gratuito para transferir suas playlists do Spotify para o YouTube, assim como no Tune My Music. Neste caso, a modalidade free permite que seja migrada uma lista por vez. Após fazer o login no Spotify através do site, basta selecionar uma para começar e escolher a plataforma de destino. Repita o processo para todas as suas playlists. Este serviço ainda conta com aplicativo para Android.

SongShift

O SongShift é um aplicativo para iOS que permite a migração de playlists do Spotify para YouTube entre outros serviços de streaming. Para usar, basta fazer o login no serviço de origem, escolher a playlist (assim como nos casos anteriores, o plano gratuito permite uma lista por vez), fazer o login na plataforma de destino e iniciar a transferência.

É válido destacar que em qualquer um dos serviços usados para a migração, as músicas de uma plataforma podem não fazer parte do catálogo da outra. Neste caso, estas faixas serão ignoradas e não serão listadas no novo streaming.

Veja Também:  Vírus invade computadores e rouba dados através do Roblox

Como revogar as permissões de acesso na sua conta

Se você desistiu da ideia de transferir playlists do Spotify para o Youtube Music ou simplesmente não quer mais manter os serviços conectados, há como revogar o acesso.

Para o Tune My Music, ao entrar na sua conta, clique no canto superior direito, e então selecione “Configurações de conta”. Basta escolher os serviços conectados e clicar em “Desconectar”. Para os aplicativos, é necessário cancelar as permissões na área de permissão do aplicativo dentro do sistema operacional.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana