conecte-se conosco


Policial

Parceria entre PRF, MP e judiciário busca reduzir crimes de trânsito em Rondonópolis

Publicados

em

Motoristas participam de palestras com a PRF para tentar suspensão do processo e penas alternativas

Tentar reduzir os crimes de trânsito em Rondonópolis e região, especialmente os relacionados à embriaguez ao volante. Esse é o objetivo de uma parceria desenvolvida entre Polícia Rodoviária Federal (PRF), Poder Judiciário e Ministério Público.

Motoristas envolvidos em crimes de trânsito menos graves têm a possibilidade de cumprir pena alternativa e o processo suspenso, desde que cumpram alguns requisitos, entre eles, participar de palestras educativas com a PRF.

O foco da palestra é o trânsito seguro. Os agentes repassam informações sobre as infrações de trânsito que mais causam acidentes, como o não uso do cinto de segurança, excesso de velocidade, ultrapassagens indevidas e embriaguez ao volante. Vídeos e notícias de acidentes reais são apresentados aos condutores e a forma correta de agir no trânsito para evitar as tragédias.

Duas edições da palestra já foram realizadas e 36 pessoas atendidas. A última ação ocorreu na terça-feira (12), no auditório do Tribunal do Júri.

Veja Também:  PM prende suspeito com pistola e pacotes de entorpecentes em Primavera do Leste

A ideia surgiu diante do número de delitos de trânsito, especialmente relacionados à embriaguez ao volante, que tramitam na 2a Vara Criminal de Rondonópolis e Ministério Público. A juíza Aline Luciane Ribeiro Viana Quinto Bissoni colocou a participação nas palestras como uma das condições para suspensão condicional do processo em alguns casos. A intenção é conscientizar os condutores sobre a importância de seguir as normas de trânsito a fim de evitar os acidentes.

“A participação de pessoas denunciadas por crimes de trânsito de médio potencial ofensivo nas palestras ministradas pela Polícia Rodoviária Federal tem ensejado real sensibilização dos atores do trânsito, no sentido de transformar seu comportamento e, com isso, minorar a violência e os acidentes nesse âmbito. Criar um ambiente em que sejam apresentados dados e informações, de forma interativa e dinâmica, certamente contribui – e muito – para uma verdadeira reflexão daqueles que conduzem veículos, primeiro passo para que haja uma real transformação e redução das lesões e mortes no nosso trânsito. Agradecemos a disponibilidade da PRF, por meio do policial Jeferson Conturbia Neves, que permite que seja atendida essa importante condição proposta pelo Ministério Público nas suspensões condicionais do processo”, destaca a juíza.

Veja Também:  Homem é preso por violência doméstica e mulher tem mandado de prisão cumprido em ações distintas em Rondonópolis

Para a suspensão condicional do processo é preciso não ter outro registro criminal (ação penal em andamento ou condenação). No prazo de dois anos, também é necessário cumprir outras condições estabelecidas pelo juízo, que então verificará a possibilidade de extinguir a punibilidade.

Texto: Neocleciana Gonçalves – Nucom PRF/MT

(Reprodução mediante citação: Agência PRF)

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Polícia Civil identifica suspeitos e apreende armas de fogo em investigação de homicídio contra mulher em Comodoro

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Os autores do bárbaro homicídio que vitimou uma mulher em Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá) foram identificados e duas armas de fogo foram apreendidas pela Polícia Civil, na sexta-feira (30.07), durante diligências para apuração do crime.

Entre os envolvidos está um casal, formado por uma mulher de 31 anos e um menor de 16, apontados como autores da execução da vítima. Um segundo casal teria presenciado os fatos, não interferindo na ação dos executores.

O homicídio que vitimou Lázara Izabel Souza da Silva, de 35, ocorreu na quinta-feira (29), ocasião em que a vítima foi com a tia buscar garrafas pet na residência vizinha. Havia dois casais na casa, e a tia decidiu ficar no local, onde ficou ingerindo bebida alcoólica com a suspeita e o marido dela.

Em determinado momento o casal entrou para a casa, ocasião em o suspeito saiu com uma arma de fogo atirando contra a vítima, que saiu correndo, porém foi alcançada pelo casal. Vendo que a vítima ainda estava com vida, a suspeita a esfaqueou, assim como o marido dela deu várias coronhadas na cabeça da vitima.

Veja Também:  Suspeitos de furto de motocicletas em pátio de delegacia são detidos em Rondonópolis

O outro casal não se envolveu na situação, porém ficou o tempo todo observando com uma espingarda calibre 28. Após o crime, os dois casais esconderam as armas e fugiram do local.  A vítima foi socorrida, porém não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã de sexta-feira (30).

Assim que foi acionada do crime, a equipe da Polícia Civil foi até o local, onde localizaram uma das armas escondida na mata. Em continuidade as diligencias, os policiais localizaram o casal, dono da residência. Questionados sobre a outra arma, eles confessaram que também estava escondida na região de mata próxima a casa.

O suspeito apontado como dono da arma, de apenas 18 anos, e casado com um menor de 15, foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e liberado após pagamento de fiança. O menor que atirou contra a vítima se apresentou na Delegacia na presença de advogado na sexta-feira (30), sendo ouvido e liberado.

A companheira dele, suspeita de esfaquear a vítima, continua foragida. Segundo as informações, o crime foi motivado por uma briga ocorrida em um bar no ano de 2018, ocasião em que a vítima o irmão da suspeita (casada com o menor).

Veja Também:  Polícia apreende 16 Kg de drogas na Zona Rural de Nova Olímpia

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Suspeito com passagens por roubo é preso com arma e munições em Sinop

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito de envolvimento em crimes de roubo foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na sexta-feira (31.07), durante ação realizada pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Sinop (500 km ao sul de Cuiabá).

A ação deflagrada para cumprimento de mandado de busca e apreensão domiciliar expedido pela 4ª Vara Criminal de Sinop, decretado, com base nas investigações da Derf. O suspeito, de 28 anos, possui passagens anteriores por roubo.

Durante as buscas na residência no bairro Terra Rica, os policiais apreenderam uma arma de fogo calibre 38, com numeração suprimida e sete munições do mesmo calibre, além de produtos de origem duvidosa.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à Derf, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e munições.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Após denúncia, Homem é preso por aliciar e ameaçar a enteada
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana