conecte-se conosco


Mato Grosso

“Pensei que seríamos testemunhas de um casal no cartório, mas quando cheguei lá, a noiva era eu”, diz mulher que foi surpreendida com o Casamento Abençoado

Publicados

em


Como nos votos entre noivos “na alegria e na tristeza, na saúde e na doença…” a história da Leidiane Pereira Correa (29) e Jodnir Duarte (54) teve início.  O casal deve se unir em matrimônio na tarde desse domingo (10.10), no Casamento Abençoado, ação do Governo do Estado.

Ela tinha sido abandonada pelo seu ex-marido ao descobrir um câncer de mamãe e gestante, com 22 anos na época. Ao iniciar o tratamento contra a doença, teve o apoio de muitas pessoas, já que a sua história ficou conhecida na internet. “Até fizeram vaquinha porque o meu ex-marido me deixou sem nada”, relata.

Mas foi em meio a este turbilhão que ela encontrou o amor, através do Jodnir. “Ele foi para me ajudar como as outras pessoas e ficou na minha vida. Primeiro como um amigo, uma pessoa prestativa que ficava o tempo todo querendo saber como que eu estava. A gente foi se conhecendo e tendo um carinho um pelo o outro, era somente amizade e nisso minha barriga foi crescendo ao mesmo tempo em que eu fazia o tratamento de câncer”, lembra.

Passado o nascimento do filho, a sua saúde foi piorando e com isso as opiniões médicas não eram favoráveis à sua recuperação, mas que nunca deram espaço para pensamentos negativos. Ela ainda revelou que seu noivo assumiu a figura paterna para o seu primogênito.

“Ele disse que queria cuidar dele e depois de um tempo fui pedida em namoro. De primeira eu não aceitei, pelo fato do outro ter me abandonado daquele jeito, falando que que ele não ia ficar com uma mulher sem seio. Jodnir realmente me amou não pela aparência porque ele me conheceu num momento muito difícil da minha vida. O médico falava dessa semana ela não passa e ele sempre ao meu lado. Nunca desistiu de mim, sempre teve confiança que eu ia sobreviver que a gente ia continuar a nossa história”, recorda.

Mas o tempo passou e já se foram seis anos de relacionamento, com o sonho do casamento ainda presente. Com a ação do Casamento Abençoado, Jodnir fez a maior surpresa para a sua amada: se inscreveu para participar do evento. A inscrição do casal foi em sigilo e a noiva só soube quando precisava comparecer ao cartório.

“A desculpa era de que seríamos testemunhas de um casal no cartório, mas quando cheguei lá, a noiva era eu. Foi muito bonito e emocionante para mim, um dos dias mais bonito da minha vida. E no dia dez eu estarei vestida de noiva e realmente casada com ele. O casamento é a base, a partir do momento que a gente sela os votos naqueles papéis é a demonstração de que um estará ali para o outro para sempre”, recorda Leidiane emocionada.

Para os noivos, a realização desta ação é muito importante, já que muitas pessoas não têm condições financeiras para selar a união. Ressaltam ainda que o Governo do Estado está de parabéns pelo trabalho, pois está fazendo um papel muito bonito e útil para vários casais.

CASAMENTO ABENÇOADO

O Casamento Abençoado é uma ação coordenada pela primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, por meio da Unidade de Ações Sociais e Atenção à Família (UNAF), e execução direta da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setacs) e tem objetivo oportunizar de forma gratuita aos casais, com renda total de até três salários mínimos e cadastrados no CADÚnico, a segurança jurídica por meio da regularização civil matrimonial, além de possibilitar o fortalecimento da união familiar. Mais de 1.150 casais que se uniram em matrimonio no Casamento Abençoado, na tarde desse domingo (10.10).

Fonte: GOV MT

Veja Também:  Delegação de Mato Grosso debate mudanças climáticas em Madri

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Governo de MT paga 50% a mais de auxílio emergencial aos beneficiários do SER Família

Publicados

em


Os beneficiários do programa SER Família Emergencial receberão unicamente no mês de dezembro um adicional de 50% no recurso depositado no cartão. O valor de R$ 300, garantido pela Lei 602/2021, será pago nessa quarta-feira (08.12), conforme anuncio feito pelo governador Mauro Mendes.

O aumento do valor beneficia mais de 100 mil famílias em situação de vulnerabilidade de todo o Estado. O pagamento de R$ 200 é garantido, bimestralmente, até dezembro de 2022. O benefício é destinado exclusivamente para compra de alimentos, sendo proibida a aquisição de bebidas alcoólicas, produtos à base de tabaco, cosméticos e combustíveis.

“Garantimos uma renda maior nesse fim de ano para as famílias que mais precisam de ajuda. É o poder público fazendo a sua parte”, disse o governador. Além disso, Mendes também lembrou que serão distribuídas 100 mil cestas de Natal para as famílias vulneráveis de todo o Estado.

As cestas, de acordo com a secretária de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Rosamaria Carvalho, já estão sendo distribuídas para todos os municípios mato-grossenses. “São esforços da primeira-dama Virginia Mendes, que tem se empenhado para que essas cestas beneficiem diversos públicos vulneráveis”.

Veja Também:  Jogos Abertos Mato-Grossenses começam nesta quinta-feira (12)

O Ser Família é fornecido às famílias com renda mensal per capita de até R$ 89, inscritas no Cadastro Único das Políticas Sociais Brasileiras do Ministério da Cidadania (CadÚnico) e também no Programa Bolsa Família.

Informações pelos telefones: (65) 3613-5701; (65) 3613-5722; (65) 99233-0817; (65) 99339-7468; e (65) 98433-0386.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Beneficiários do SER Família vão receber adicional de 50% no mês de dezembro

Publicados

em


Os beneficiários do programa SER Família Emergencial receberão unicamente no mês de dezembro um adicional de 50% no recurso depositado no cartão. O valor de R$ 300, garantido pela Lei 602/2021, será pago nessa quarta-feira (08.12), conforme anuncio feito pelo governador Mauro Mendes.

O aumento do valor beneficia mais de 100 mil famílias em situação de vulnerabilidade de todo o Estado. O pagamento de R$ 200 é garantido, bimestralmente, até dezembro de 2022. O benefício é destinado exclusivamente para compra de alimentos, sendo proibida a aquisição de bebidas alcoólicas, produtos à base de tabaco, cosméticos e combustíveis.

“Garantimos uma renda maior nesse fim de ano para as famílias que mais precisam de ajuda. É o poder público fazendo a sua parte”, disse o governador. Além disso, Mendes também lembrou que serão distribuídas 100 mil cestas de Natal para as famílias vulneráveis de todo o Estado.

As cestas, de acordo com a secretária de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Rosamaria Carvalho, já estão sendo distribuídas para todos os municípios mato-grossenses. “São esforços da primeira-dama Virginia Mendes, que tem se empenhado para que essas cestas beneficiem diversos públicos vulneráveis”.

Veja Também:  Quinta-feira (09): Mato Grosso registra 526.030 casos e 13.599 óbitos por Covid-19

O Ser Família é fornecido às famílias com renda mensal per capita de até R$ 89, inscritas no Cadastro Único das Políticas Sociais Brasileiras do Ministério da Cidadania (CadÚnico) e também no Programa Bolsa Família.

Informações pelos telefones: (65) 3613-5701; (65) 3613-5722; (65) 99233-0817; (65) 99339-7468; e (65) 98433-0386.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana